A Dança dos Dragões - Capítulo 1

De Gelo e Fogo wiki
Ir para: navegação, pesquisa


Tyrion I
Capítulo de A Dança dos Dragões
A Dança dos Dragões.jpg
PDVTyrion Lannister
LocalMar Estreito e Pentos
Página22 PT-BR Leya (Outras versões)
Cronologia dos capítulos (Todos)
Prólogo ← Tyrion I → Daenerys I

Tyrion II

Sinopse

Tyrion chegando a Pentos de barril - arte por [kethryn] ©
Illyrio Mopatis servindo cogumelos - arte por Tiziano Baracchi. © Fantasy Flight Games ©

Tyrion Lannister viaja em uma apertada cabine de navio. Mantendo-se bêbado por todas as semanas de viagem e assombrado pelas memórias, ele tenta afogar todos os seus sentimentos no vinho, mas falha miseravelmente. Seus pensamentos alternam entre Tysha, a morte de seu pai, e suas últimas palavras: "Para onde quer que as putas vão". Sua mente vagueia, entre fortes dores de cabeça e um constante enjôo do mar. Em certo ponto, ele se lembra de como deixou seu pai na latrina para se juntar Varys, que o trouxe para o porto em que o navio estava. Ele reflete sobre não ter matado Varys, não obtendo uma resposta satisfatória.

Em seu estado de embriaguez, Tyrion tenta pesar suas opções, percebendo com dificuldades que não tenho nenhuma. Seu navio tem como destino as Cidades Livres, e ele está impossibilitado de verificar o seu destino, por estar escondido. Ele começa a sonhar alto sobre estar indo para Dorne, e a possibilidade de coroar Myrcella Baratheon como havia planejado com Oberyn Martell, ou ir para o Norte e se juntar a Patrulha da Noite. Mais do que tudo, no entanto, o pensamento de Tysha o persegue, e ele desesperadamente tenta descobrir "para onde as putas vão", para que possa ir para lá, encontrá-la.

Quando o navio finalmente chega ao porto de destino, ele é colocado dentro de um barril e jogado para fora do barco como mercadoria. Depois de uma viagem dentro do barril, é revelado então o seu destino: A mansão do Magíster Illyrio Mopatis. Illyrio o cumprimenta, mas Tyrion não está em condições de falar, e é rapidamente levado a seus novos aposentos, onde pode finalmente encontrar um pouco de sono. No dia seguinte, ele é banhado por empregados - que são escravos em tudo, menos no nome - e alimentado na cozinha, onde ele pensa sobre levar para a cama a cozinheira, que ele considera velha e feia. Então ele encontra a adega de Illyrio, fica bêbado nos luxuosos jardins da mansão, e fala bobagens sobre Dorne com a lavadeira, propondo casar-se com ela. Ela não entende uma palavra do que ele fala e o deixa sozinho. Tyrion é informado por uma bonita empregada que fala a Língua Comum que Illyrio quer jantar com ele, e que ela está a seu serviço.

Vemos Tyrion completamente possuído pelo vinho, assustando as empregadas, ameaçando estrangulá-las, sentindo uma estranha satisfação com o medo que elas sentem. Ele passa boa parte do tempo ressentido pelos crimes que cometeu, as traições que sofreu, e tentando pensar em maneiras de fugir da mansão. Em certo momento, ele descobre pelos jardins várias plantações de cogumelos venenosos e fica tentado a experimentá-los. Eventualmente, ele se levanta para ter com Illyrio.

Os dois homens conversam, dando voltas e apresentando jogos com as palavras. Quando o primeiro prato é servido - cogumelos na manteiga e alho - Tyrion suspeita que estejam envenenados, um pensamento que Illyrio inclusive sugere primeiro, mas que os dois acabam comendo assim mesmo. Illyrio desaprova a condição de Tyrion com o álcool e o ameaça levemente, e o vemos finalmente começar a levar o magíster a sério e ouvi-lo. No final da conversa, Tyrion admite para si mesmo que tentar coroar Myrcella apenas levaria alguém a matar a menina e ele mesmo no processo, e que essa não é uma estratégia viável.

Astuciosamente, Illyrio usar o fio condutor deste pensamento e lhe propõe uma aliança, mas sem revelar a identidade do novo pretendente, apenas insinuando que "o dragão tem três cabeças".

Lista de personagens que aparecem ou são mencionados


Lugares e termos mencionados


Notas e Referências

Nota: A sinopse foi adaptada do roteiro original usado nas gravações do Podcasteros.