A Dança dos Dragões - Capítulo 2

De Gelo e Fogo wiki
Ir para: navegação, pesquisa


Daenerys I
Capítulo de A Dança dos Dragões
A Dança dos Dragões.jpg
PDVDaenerys Targaryen
LocalMeereen
Página22 PT-BR Leya (Outras versões)
Cronologia dos capítulos (Todos)
Tyrion I ← Daenerys I → Jon I

Daenerys II

Sinopse

Rainha Daenerys Targaryen em seu trono, recebendo seus requerentes. - arte de Marc Simonetti para Leya Brasil©
O pai de Hazzea mostrando os ossos de sua filha para Daenerys Targaryen - arte de James Brady para Fantasy Flight Games ©

Daenerys se senta em sua sala do trono, aguardando a chegada de Verme Cinzento e alguns outros conselheiros. Já estão presentes Sor Barristan Selmy, o senescal Reznak mo Reznak e o "Cabeça Raspada" Skahaz mo Kandaq. Os Cabeças Raspada são um novo movimento em Meereen, onde seus colaboradores se anunciam em público raspando suas cabeças, em vez de produzir os penteados enormes que o povo de Meereen costuma exibir. Ficamos sabendo que um corpo foi encontrado à noite, um dos Imaculados, assassinado por agressores desconhecidos, pelo menos seis deles. Escudo Robusto foi morto enquanto visitava um bordel. Seu corpo foi encontrado com genitais de uma cabra entalado em sua garganta, o sinal da harpia. Então, sabemos também que um grupo terrorista chamado Filhos da Harpia desafia as regras de Daenerys causando o caos pela cidade, e esse movimento tem sua raiz na nobreza meereenesa.

Daenerys discute a situação com Barristan e Skahaz, enquanto Ben Mulato Plumm está ao norte do país, defendendo a cidade contra os ataques de Yunkai. Daario Naharis, a quem ela ama secretamente, e os Corvos Tormentosos estão no leste, tentando garantir passagem para o lhazarenos, a fim de obter uma rota de comércio para as importações de alimentos.

Os Imaculados claramente encontraram dificuldades na tarefa de proteger a cidade, mas o Dothraki são piores (e, portanto, usados para proteger o interior da cidade). Então, no momento, todo mundo precisa conviver com a situação de terror constante, e as precauções têm de ser intensificadas. Dany então lança uma recompensa em ouro para quem tiver pistas sobre os terroristas, mas ninguém realmente acredita que isso irá funcionar, já que os Filhos da Harpia consistem em comerciantes ricos e membros da nobreza.

Após decidir isso e deixar para trás o corpo de Escudo Robusto, ela observa e conversa com Viserion, notando que seus três dragões estão ainda maiores e mais selvagens. Ela então retorna aos seus aposentos, veste seu tokar e desce para a corte, abrindo os trabalhos para que os peticionários se apresentem.

Dany fica muito desconfortável em seu trono duro e sua pesada coroa, e lentamente tenta se acostumar e eles. O primeiro peticionário é o Lorde Ghael, um embaixador de Astapor. Rei Cleon, o Açougueiro, envia presentes, e ficamos sabendo que Cleon tentou aproximar-se dela várias vezes com um casamento, pedidos que ela rejeitou. O embaixador a informa que Cleon pretende marchar contra Yunkai, que prepara para a guerra (supostamente contra Meereen, mas não se pode saber). Dany então diz que ela não irá se casar com ele, e que deseja que Cleon alimente o povo em Astapor antes de pensar em guerra.

O segundo peticionário é o rico comerciante Hizdahr zo Loraq, que pede a ela para reabrir as arenas de luta, lugar onde os escravos mais velhos lutaram suas batalhas sangrentas, mas Dany rejeita o pedido, para o grande descontentamento da meereeneses que amam seu "esporte". Hizdahr é descrito como bonito, se não fosse por seu estilo de cabelo extravagante.

Depois disso, Dany decreta que o restante dos petições deverão se revezar entre a nobreza e os libertos. Digno de menção é um jovem nobre que implora por justiça pelo assassinato de seus familiares no ataque Meereen. Dany rejeita sua súplica como punição, já que seus pais eram antigos donos de escravos que costumavam estuprar seus servos. Isso não deixa ninguém contente, é claro. Dany também aliena o parente de um de seus aliados mais próximos: Galare zo Grazdan, o primo da Graça Verde, a sacerdotiza suprema de Meereen, figura de paz. O nobre Grazdan pediu por uma indenização pela perda de seus escravos, e Daenerys ordena que ele pague as ex-escravas pelo tempo de trabalho.

Quando o salão se esvazia, à noite, apenas alguns peticionários sobram, alegando que ficaram porque perderam parte de seu rebanho para os dragões. À todos é prometido pagamento por suas perdas, e claramente alguns entre eles estão cometendo fraude. Dany decide pagar tudo no entanto, mas a partir de agora os peticionários terão de fazer um voto sagrado para desencorajar a fraude.

O última requerente restante é um agricultor. O homem está com medo de se apresentar. Andando lentamente, ele apresenta alguns ossos queimados como prova do que aconteceu e, para o horror de Daenerys, são os ossos da filha do homem que Drogon matou durante uma caça.

Aparecem:

Mencionados:

Mencionados:

Lugares e Termos Mencionados

Lugares:

Lugares:

Termos:

Termos:

Termos:

Notas e Referências

Nota: A sinopse foi adaptada do roteiro original usado nas gravações do Podcasteros.