A Guerra dos Tronos - Capítulo 41

De Gelo e Fogo wiki
Ir para: navegação, pesquisa


Jon VI
Capítulo de A Guerra dos Tronos
A Guerra dos Tronos.jpg
PDVJon Snow
LocalCastelo Negro, Muralha no Norte, Westeros
PáginaPT-BR Leya (Outras versões)
Cronologia dos capítulos (Todos)
Jon IV
Catelyn VII ← Jon V → Tyrion VI

Jon VI

Sor Alliser anuncia que ele está passando oito recrutas, incluindo Jon. Há uma celebração, mas Jon percebe que Samwell Tarly não sobreviverá sem os outros para protegê-lo. Jon recorre ao Meistre Aemon para permitir que Sam se torne seu intendente pessoal, pois ele pode ler, escrever e fazer somas.

Sinopse

Arte extraída de 'A Guerra dos Tronos - Edição Ilustrada', por Arantza Sestayo ©.

Cinco novos recrutas estão sendo conduzidos pela Estrada do Rei, então Sor Alliser está passando oito recrutas para o Senhor Comandante: Todder , Halder, Grenn, Dareon, Albett, Pypar, Matthar e Jon. Ele então diz aos garotos que alguns vão chamá-los de homens, mas eles serão tolos se acreditar e quando o inverno chegar eles morrerão como moscas. Então Sor Alliser sai.

Os recrutas se reúnem e dão parabéns aos que serão promovidos. Enquanto os garotos passam um odre de vinho em comemoração, Jon percebe Sam está em pé sozinho e vai até ele. Sam diz que Jon será o primeiro patrulheiro algum dia, como seu tio “foi”. Jon corrige para “é”. Halder interrompe ambos para perguntar se Jon vai beber o vinho que ele está carregando. Então Pyp agarra o odre e esguicha no rosto de Jon. Logo os garotos em êxtase começam uma luta de bolas de neve e quando Jon consegue se libertar, Sam desapareceu.

Os meninos promovidos são recepcionados com uma festa de comemoração naquela noite. O grupo discute e brinca sobre suas atribuições: patrulheiro, construtor ou intendente. Eles estão todos convencidos de que Jon, como o melhor espadachim e cavaleiro, será um patrulheiro e, como seu tio “era”, o Primeiro Patrulheiro. Jon corrige eles para “é” mais uma vez antes de empurrar sua comida e sair. Pyp segue e pergunta qual o problema. Jon explica que é porque Sam não está com eles. Sem eles para protegê-lo, Sam ficará à mercê de Sor Alliser. Pyp garante a Jon que eles fizeram tudo o que podiam para Sam, mas isso não é bom o suficiente para Jon que deixa o local. Jon faz um longo passeio sozinho.

Enquanto cavalga ele pensa no mundo fora da Patrulha da Noite e lembra a si mesmo que ainda não fez seu juramento. Ele pensa em todos os lugares que ele queria viajar e nunca visitará. Ele deseja voltar a Winterfell para estar com seus meio-irmãos, mas se lembra da Senhora Catelyn, que não o receberá. Jon decide que não há lugar para ele em Winterfell ou Porto Real, e lembra que nem sua mãe tinha um lugar para ele. Quem quer que ela fosse, sua mãe devia ter algo desonroso, caso contrário, por que o Lorde Eddard ficaria com vergonha de falar dela? Na volta, Jon pensa no que deveria fazer com Sam.

Jon visita Meistre Aemon, mesmo sendo tão tarde. Os intendentes de Aemon, Chett e Clydas, considerados os homens mais feios da Patrulha da Noite, vão encontrá-lo na porta. Chett insiste que o meistre está dormindo e ordena que Jon volte de manhã. Jon põe o pé na porta para impedir que feche, e se recusa a sair, pois amanhã será tarde demais. Chett vai buscar o meistre, enquanto Jon vai à biblioteca.

Quando o Meistre Aemon chega, ele se senta perto do fogo e garante a Jon que um visitante da madrugada é uma algo bem-vindo em relação à insônia da velhice. Jon pede que Sam seja aceito como um irmão juramentado com os outros. Chett reclama que não é uma preocupação do Meistre e o Aemon concorda que o treinamento é de responsabilidade de Sor Alliser. Jon explica sobre tudo o que ele e os outros fizeram para proteger Sam.

Chett está convencido de que Sor Alliser vai fazer de Sam um homem ou matá-lo tentando. Jon responde que a Patrulha tem necessidade de todo homem e matar um homem em treinamento fútil seria idiota. Recordando as palavras de Meistre Luwin sobre o porquê de uma corrente de Meistre ser feita de vários tipos de metal, Jon declara que a Patrulha da Noite (como um reino) precisa de todos os tipos de habilidades e conhecimentos. Então Jon pergunta por que Sam não poderia ser um intendente. Como intendente, Chett objetou que não é tarefa fácil para covardes: eles mantêm a Patrulha viva ao caçar, cultivar, reunir lenha, fazer roupas e trazer suprimentos. O Meistre Aemon calmamente nomeia um número de deveres de intendente e Jon tem que admitir que nenhum deles serve para Sam. Então Jon declara que há uma coisa que Sam pode fazer melhor do que qualquer outra pessoa: ajudar o Meistre Aemon, já que ele pode fazer somas, ler, escrever e é bom com animais como os corvos. O meistre considera isso por um tempo e depois diz a Jon que ele vai pensar sobre isso.

Sobre a página

Esta página utiliza conteúdo baseado em A Game of Thrones – Chapter 41, um artigo de A Wiki Of Ice And Fire.