Cerco de Pyke

De Gelo e Fogo wiki
Ir para: navegação, pesquisa
Cerco de Pyke
Conflito Rebelião Greyjoy
Data 289 d.C.
Local Pyke
Resultado Vitória lealista Baratheon
Beligerantes
Casa Greyjoy e juramentados Forças do Trono de Ferro
Comandantes
Balon Greyjoy
Maron Greyjoy
Robert I Baratheon
Eddard Stark
Forças
Pesadas
Maron Greyjoy
Pesadas

O Cerco de Pyke foi a última grande batalha da Rebelião Greyjoy.

A batalha

Com a frota de ferro esmagada pelos navios de Stannis Baratheon na Batalha de Ilha Bela, o caminho estava aberto para que as tropas reais do Trono de Ferro atacassem as principais ilhas dos homens de ferro e assim encerrasse a Rebelião Greyjoy. Pyke, o coração das Ilhas de Ferro, foi o alvo principal.

As forças do Trono de Ferro foram rápidas em desembarcar seus soldados nas praias da ilha de Pyke. A invasão foi liderada pelo rei Robert Baratheon em pessoa, apoiado por seu amigo, o lorde Eddard Stark. O exército lealista era composto por milhares de soldados, fazendo com que a desvantagem numérica dos Greyjoy fosse demasiada grande. O castelo dos Botley nas proximidades foi rapidamente tomado e destruído, assim como foi a cidade de Fidalporto. Logo em seguida, começou o ataque principal contra o grande castelo de Pyke.

As forças do rei Robert atacaram as muralhas de Pyke pelo sul com máquinas de cercos, finalmente destruindo a principal torre de defesa por lá e também danificando seriamente os muros adjacentes.[1] Maron Greyjoy, o segundo filho homem de Balon, foi morto logo no combate inicial.[2] Thoros de Myr foi o primeiro a avançar pela brecha na muralha, utilizando sua famosa espada incandescente com fogovivo.[3] Jorah Mormont estava logo atrás dele e lutou com grande bravura, o que lhe rendeu o título de cavaleiro no fim daquele dia.[4] Um dos netos da Velha Ama de Winterfell foi morto na luta.[5] O combate dentro de Pyke foi igualmente feroz aos das praias, mas eventualmente o castelo foi tomado.

Consequências

Lorde Balon Greyjoy foi forçado a dobrar o joelho e jurar novamente lealdade ao Trono de Ferro. Ele teve de mandar seu único filho homem sobrevivente, o jovem Theon, de apenas nove anos, para os cuidados de Lorde Stark em Winterfell como refém, para garantir a lealdade e bom comportamento de Balon. Robert celebrou sua vitória com um grande torneio em Lannisporto.[4]

Muitos nobres guerreiros se destacaram nesta batalha. Além de Jorah Mormont, Sor Jacelyn Bywater também foi feito cavaleiro em Pyke após perder sua mão em combate.[6]

Referências