Goren Greyjoy

De Gelo e Fogo wiki
Ir para: navegação, pesquisa
Greyjoy.png
Goren Greyjoy
Greyjoy.png
Título Senhor das Ilhas de Ferro
Lorde Ceifeiro de Pyke
Lealdade Casa Greyjoy
Cultura Nascido do ferro
Livro(s) O Mundo de Gelo e Fogo (mencionado)
Os Filhos do Dragão (mencionado)

Lorde Goren Greyjoy de Pyke foi o Senhor das Ilhas de Ferro e Lorde Ceifeiro de Pyke durante o final do reinado de Aegon I Targaryen e o começo do governo de Aenys I.

História

Em 33 d.C., Goren sucedeu seu pai, Lorde Vickon Greyjoy. Pouco tempo depois, ele conseguiu liquidar uma desajeitada conspiração para coroar o filho de Qhorin Volmark no lugar de Goren.[1]

Em 37 d.C., o rei Aenys I Targaryen sucedeu Aegon I no trono. Entre as várias rebeliões que irromperam pelo reino, uma aconteceu nas Ilhas de Ferro, quando um homem afirmando ser o Lodos, o rei-sacerdote, que afirmava ter retornado dos salões aguados do Deus Afogado, incitando os homens afogados a se revoltar. Goren não teve muitos problemas em destruí-los. Ele caiu sobre Velha Wyk e Grande Wyk, onde a maioria dos seguidores de Lodos estavam, com uma força de cem navios e executou milhares de homens. Depois, ele mandou a cabeça de Lodos para o rei Aenys em Porto Real. Em retorno, Aenys afirmou que concederia um desejo para Goren. Tentando se provar um filho digno do Deus Afogado (apesar de ter reprimido uma rebelião de seus sacerdotes), Goren pediu permissão para expulsar os septões e septas, da Fé dos Sete, que haviam sido trazidos a Ilha de Ferro logo após a Guerra da Conquista. Aenys aceitou o seu pedido.[2][3]

Referências

  1. O Mundo de Gelo e Fogo, Referência errada.
  2. O Mundo de Gelo e Fogo, Referência errada.
  3. Bad reference param1.