Julgamento por combate

De Gelo e Fogo wiki
Ir para: navegação, pesquisa
Sor Duncan, o Alto, enfrentando o Lorde Lyonel Baratheon em um julgamento por combate.

Julgamento por combate, ou julgamento por batalha, é um método de se acertar acusações entre as partes através de um combate individual, possivelmente até a morte. Uma variação é o julgamento de sete. A essência do julgamento para os participantes é que são os deuses que julgarão o acusado inocente, dando forças para ele vencer, ou culpado, deixando ele morrer.[1]

Prática

O julgamento por combate:

  • Pode ser requisitado em qualquer momento antes ou durante o julgamento.
  • Pode-se questionar a necessidade, mas até mesmo lordes e membros de Casas Reais raramente consideram impedir um julgamento por combate.[1]
  • Pode ser convertido em Julgamento de Sete se o acusador (ou, presumidamente, o acusado) assim exigir. Evidências sugerem que este combate, também, não pode ser negado sem consequências políticas. Em qualquer caso, julgamento de sete são bem raros, acontecendo apenas uma no último século.[1]
  • Pode ser travado pelas próprias partes envolvidas, mas não é incomum que um dos lados (ou ambos) podem escolher um campeão para lutar no lugar deles.[2]
  • Termina quando uma das partes ajoelha (desistindo) ou é morto; ou quando o acusador retira suas acusações; ou (presumidamente) quando o acusado se declara culpado.

História

Durante o Levante da Fé Militante, Sor Damon Morrigen dos Filhos do Guerreiro desafiaram o rei Maegor Targaryen a um julgamento de sete, que foi aceito pelo Maegor. Sor Damon e outros seis guerreiros lutaram contra o rei e seus seis campeões. Foi uma luta decisiva no conflito. No final, apenas o rei Maegor saiu vivo, com os outros treze morrendo.[3]

Durante o reinado de Aegon IV Targaryen, a rainha Naerys foi acusada de adultério e traição pelo cavaleiro Sor Morgil Hastwyck, o príncipe Aemon, o Cavaleiro do Dragão defendeu a honra da irmão no julgamento por combate e matou Sor Morgil.[4] Este evento se tornou famoso e inspirou várias canções, histórias e fábulas pelos bardos, aumentando o renome do príncipe Aemon, para a irritação do rei Aegon.[5]

Devido a uma série de circunstâncias infelizes, o Torneio de Vaufreixo se tornou uma arena para um julgamento de sete, com resultados trágicos.[1]

Durante a curta rebelião de Lorde Lyonel Baratheon contra o Trono de Ferro do rei Aegon V, a questão foi resolvida eventualmente em um julgamento por combate entre Lyonel e o campeão do rei, Sor Duncan o Alto, comandante da Guarda Real.[6]

Pouco antes do começo da Rebelião de Robert, Lorde Rickard Stark exigiu um julgamento por combate quando foi convocado para Porto Real para responder pelos supostos crimes do filho Brandon. O rei Aerys II Targaryen aceitou e declarou que o campeão da Targaryen era o fogo e Rickard acabou queimado.[7]

Eventos recentes

Info Aviso: Esta seção contém revelações sobre o enredo (spoilers).

Príncipe Oberyn Martell e Sor Gregor Clegane no julgamento por combate de Tyrion Lannister, por Magali Villeneuve ©.

A Guerra dos Tronos

Quando a senhora Lysa Arryn acusa Tyrion Lannister de assassinar seu marido, o lorde Jon Arryn, e de tentar matar o menino Bran Stark. Tyrion exige um julgamento por combate no Ninho da Águia. O mercenário Bronn luta por Tyrion Lannister e Sor Vardis Egen, capitão da guarda Arryn, defende a causa da senhora Lysa.[2] Bronn vence e Tyrion é libertado.[8]

A Fúria dos Reis

O rei Joffrey Baratheon diz que a maioria das disputas deveriam ser disputadas por julgamentos por combate, de preferência até a morte.[9][10][11]

A Tormenta doe Espadas

Sandor Clegane é acusado de assassinar o garoto Mycah. Sor Beric Dondarrion decide julga-lo em um combate e acaba perdendo,[12] decretando assim a inocência do crime de Sandor.

Quando Tyrion Lannister é acusado de assassinar o rei Joffrey Baratheon, o príncipe Oberyn Martell de Dorne se oferece para ser seu campeão num julgamento por combate. Seu oponente, representando Cersei Lannister, é Sor Gregor Clegane (que vence a luta).[13]

O Festim dos Corvos

As acusações feitas contra Margaery Tyrell e Cersei Lannister faz ambas considerarem pedir um julgamento por combate. O status delas de rainhas obriga elas a ter que escolher um membro da Guarda Real para defende-las, embora a guarda esteja bem desfalcada. Cersei escreve para seu irmão, Sor Jaime Lannister, pedindo para que ele seja o campeão dela.[14]

A Dança dos Dragões

Após saber do desaparecimento de Jaime, Cersei deve escolher um novo campeão da Guarda Real para seu julgamento por combate.[15] Sor Robert Strong é eventualmente escolhido.[16][17]

Referências