Loucura Targaryen

De Gelo e Fogo wiki
Ir para: navegação, pesquisa
Assim como alguns de seus antepassados, Aerys Targaryen, o Rei Louco, também sucumbiu à loucura Targaryen por Тхе Мичо ©

A Casa Targaryen carrega uma inclinação para a insanidade em sua linhagem, frequentemente referida como loucura. Tal traço pode ter sido passado para a Casa Blackfyre.

Sobre

Alguns Targaryen parecem nascer loucos. Outros podem não exibir a loucura na infância mas desenvolvê-la no decorrer dos anos, especialmente quando há circunstâncias que a encorajam. Esse foi o caso de Aerys II Targaryen, profundamente afetado pelo Desafio de Valdocaso. A loucura pode pular gerações.

O irmão de Daenerys, Viserys Targaryen, parece ter herdado a inclinação para a loucura de seu pai. Illyrio Mopatis comenta isso com Tyrion Lannister uma vez:

Viserys era filho de Aerys, o Louco, apenas isso.

Sor Barristan Selmy estava bem ciente dessa inclinação, e por isso optou por observar Daenerys com seu disfarce de Arstan Barba-Branca para se certificar de que ela não era louca antes de jurar-lhe sua espada.

Ele comentou que não viu a mácula na Targaryen, e tentou explicar a Daenerys de forma sutil ao que se referia:

Não sou um meistre para lhe citar história, Vossa Graça, Minha vida foram as espadas, não os livros. Mas qualquer criança sabe que os Targaryen sempre dançaram demasiado perto da loucura. Seu pai não foi o primeiro. O Rei Jaehaerys disse-me um dia que a loucura e a grandeza eram dois lados da mesma moeda. "Sempre que um novo Targaryen nasce" disse ele, "os deuses atiram uma moeda ao ar e o mundo segura a respiração para ver de que lado cairá".

Daenerys sabia que seu pai era chamado de o Rei Louco, mas pensava que era mentira. Ela não tinha ideia do grau da insanidade de seu pai, ou que isso era um traço da Casa Targaryen.

O conhecimento da loucura em sua linhagem a preocupou. Depois de ter uma visão de Quaithe em sua pirâmide, ela pensou sobre o aviso de Sor Barristan acerca da mácula no sangue do dragão. Ela se perguntou momentaneamente se não estaria ficando louca.

A propensão à insanidade dos Targaryen é conhecida até mesmo em Essos. Quando a guerra assola a Baía dos Escravos, os yunkaitas espalham boatos sobre atrocidades que Daenerys teria cometido, acusando-a de assassina e louca assim como seu pai:

Corre no sangue dela.

Esse comentário preocupou o Príncipe Quentyn Martell. Quentyn sabia que Aerys havia sido louco, assim como todo Westeros sabia. Ele exilara duas de suas Mãos e queimara viva uma terceira. O dornês acaba ficando apreensivo quanto à possível loucura de Daenerys:

Se Daenerys for louca como o pai, ainda terei de me casar com ela?

O Príncipe Doran Martell nunca havia comentado sobre essa possibilidade com Quentyn.

Em Westeros, durante uma sessão do pequeno conselho na Fortaleza Vermelha sobre os pretendentes Targaryen, Sor Kevan Lannister mencionou que o suposto Aegon não era o único que com quem deviam se preocupar, e que havia uma segunda Targaryen, uma cuja identidade não podia ser questionada: Daenerys Nascida da Tormenta. Mace Tyrell imediatamente declarou:

Louca como o pai.

Sor Kevan respondeu a isso dizendo que ela até poderia ser louca, mas com tanta fumaça soprando pro oeste, claro que devia haver algum fogo queimando no leste (uma referência ao crescimento do poderio de Daenerys e a seus dragões).

Depois, Arianne Martell fez suas considerações sobre a distante Rainha Daenerys Targaryen - a Targaryen em que seu pai estava depositando as esperanças. A mulher cujo irmão morrera sob o seu olhar, assassinado por seu marido dothraki que o coroou com um pote de ouro derretido enquanto Daenerys assistia, sendo a ela tudo o que restava de seu próprio sangue. Arianne perguntou a Sor Daemon Sand:

Ela é filha do Rei Louco... Como podemos saber...

E Sor Daemon deu a Arianne uma resposta honeste.

Não podemos saber. Podemos apenas ter esperanças. - (De que Daenerys não seja louca.)

Sonhos e dragões

Os sonhos de dragão dos Targaryen também podem afetar a sanidade do sonhador. A busca por trazer os dragões de volta à vida também. Aerion Targaryen morreu após beber um copo de fogovivo, crente de que isso o transformaria num dragão.

Targaryen conhecidos por sua loucura

Loucura questionável

  • Rainha Helaena Targaryen, teria enlouquecido após ver o filho ser assassinado na sua frente. O mais provável é que Helaena estivesse sofrendo de depressão clínica pós-traumática, o que resultou em seu posterior suicídio.

Considerações finais

Deve ser observado que de todos os reis Targaryen que governaram Westeros por quase 300 anos, apenas Aerys II pode ser considerado realmente louco. Alguns príncipes e bastardos de sangue Targaryen cometeram atos insanos por uma razão ou outra, e às vezes isso não era "loucura real" mas atos nascidos do desespero ou arrogância que resultaram em tragédias, como a de Solarestival. Há poder mágico no sangue da Antiga Valíria, e isso deve resultar em certa instabilidade na personalidade Targaryen; a loucura pode ser uma consequência da perda de controle dessa magia ocorrida com a extinção dos dragões e o enfraquecimento da magia no mundo em geral.


Nota: Esta página utiliza conteúdo da A Wiki Of Ice And Fire. O conteúdo original está aqui em Targaryen madness. A lista de autores pode ser vista no histórico da página.