Lyonel Tyrell (lorde)

De Gelo e Fogo wiki
Ir para: navegação, pesquisa
Tyrell de Jardim de Cima.png
Lyonel Tyrell
Tyrell de Jardim de Cima.png
Título Senhor Supremo do Vago
Lorde de Jardim de Cima
Defensor das Marcas
Supremo Marechal da Campina
Protetor do Sul
Lealdade Casa Tyrell
Cultura Campina
Morte Em 159 d.C. ou 160 d.C., em Arenito
Livro(s) O Mundo de Gelo e Fogo (mencionado)
A Princesa e a Rainha (mencionado)

Lyonel Tyrell foi o Lorde de Jardim de Cima e chefe da Casa Tyrell durante a Dança dos Dragões e a Conquista de Dorne.

História

A Dança dos Dragões

Lorde Lyonel era uma criança quando a Dança dos Dragões (129-131 d.C.), com sua mãe servindo como regente e governando a Campina em seu nome. Ele decidiu aliar sua casa com seus juramentados mais fortes, os Hightower, e apoiaram os Verdes, mas acabaram Jardim de Cima neutro durante o conflito. Conforme a guerra civil em Westeros prosseguia, os vassalos da Casa Tyrell se dividiram, com homens da campina lutando por ambos os lados.[1][2]

Ulf o Branco disse que Lyonel deveria ser considerado um traidor, já que ele não tomou parte no conflito. Ulf queria, na verdade, Jardim de Cima para si.[3]

Conquista de Dorne

Lorde Lyonel lutou pelos Targaryens quando o Jovem Dragão, o rei Daeron I Targaryen, lançou uma campanha militar para conquistar Dorne. Após sua ascensão ao trono em 157 d.C., Daeron marchou para o sul com seus homens e derrotou os dorneses, se tornando o primeiro rei Targaryen a conquistar Dorne e, de facto, unir os Sete Reinos sob uma única bandeira.

Lyonel era extremante leal ao seu rei, se não ousado demais, e comandou a vanguarda que invadiu Dorne pelo Passo do Príncipe. Após a vitória inicial do Trono de Ferro, Daeron I apontou o Lorde Lyonel como governador de Dorne. Os dorneses, contudo, se provaram difícil de se submeter. Lyonel movia sua caravana de uma fortaleza para outra, perseguindo rebeldes, queimando vilas que apoiavam "foras-da-lei", mantendo os dorneses sob pressão. Era costume dele exigir a cama dos lordes locais em suas casas e trata-los. Em uma noite, no Arenito e encontrava-se em uma cama com um dossel de veludo pesado, ele foi morto quando cem escorpiões vermelhos escondidos caíram sobre ele. Após sua morte, a rebelião dornesa começou a todo o vapor e em duas semanas quase todo o trabalho do Jovem Dragão foi desfeito, eventualmente levando a morte do próprio rei Daeron I em batalha.[4]

Referências

  1. Mrs.Grumpy, (17 de dezembro de 2013). Spoilers, the Princess and the Queen 1. Acessado em 9 de dezembro de 2016.
  2. Spoilers, the Princess and the Queen 2. Acessado em 9 de dezembro de 2016.
  3. A Princesa e a Rainha.
  4. O Mundo de Gelo e Fogo, Referência errada.