Primeira Batalha do Bosque Profundo

De Gelo e Fogo wiki
Ir para: navegação, pesquisa
Tomada de Bosque Profundo
Igor Kieryluk Ours for the Taking.png
Asha pronta para o ataque © Fantasy Flight Games
Conflito Guerra dos Cinco Reis
Data 299 d.C.
Local Bosque Profundo, no Norte
Resultado Vitória da Greyjoy
Beligerantes
Casa Glover Casa Greyjoy
Comandantes
Desconhecido Asha Greyjoy
Forças
Desconhecido (muito poucos) 1 000 homens
30 navios
Baixas
mínimas mínimas

A Tomada de Bosque Profundo[1][2][3] foi uma pequena batalha travada durante a Guerra dos Cinco Reis. O ataque contra Bosque Profundo, o assento ancestral da Casa Glover, foi ordenado por Balon Greyjoy, rei das Ilhas de Ferro. Essa vitória garantiu aos homens de ferro o controle da costa oeste do Norte.[4]

Prelúdio

Robb Stark, em busca de aliados na Guerra dos Cinco Reis, mandou Theon Greyjoy como um enviado para negociar apoio com as Ilhas de Ferro. Balon Greyjoy rejeita o apelo e decide, na verdade, lançar uma invasão em larga escala do Norte que estava esparsamente defendido já que a maioria dos soldados nortenhos haviam marchado para o sul. Balon envia seu filho Theon, seu irmão Aeron e o comandante Dagmer Boca-Rachada para assolar a Costa Pedregosa para atrair os senhores nortenhos remanescentes a sair dos seus castelos e lutar. O rei das Ilhas de Ferro então enviou sua filha Asha para tomar a fortaleza de Bosque Profundo e então ordena que Victarion leve seus homens e tomem Fosso Cailin, assim impedindo que o exército nortenho que estava lutando no sul retornasse incontestado para o norte quando soubesse dos ataques as suas casas.[4]

A batalha

Galbart Glover, senhor de Bosque Profundo, e seu irmão, Robett Glover, levaram a maioria dos homens juramentados a sua casa para lutar no sul ao lado do Rei do Norte, Robb Stark.

Asha Greyjoy lidera então 30 navios cheios de soldados e navegam pela costa da Ponta do Mar do Dragão. Ela aporta ali perto e toma Bosque Profundo de assalto em uma noite de luta.[4][1]

Asha toma como refém vários membros da família de Robett, incluindo sua esposa, a senhora Sybelle Glover, e os filhos, Gawen e Erena, além de Larence Snow, o bastardo Hornwood.[5]

Consequências

Após a batalha, ao invés de seguir as ordens do rei Balon de continuar a saquear a região da Costa Pedregosa, Theon Greyjoy leva seus homens para o coração do Norte e toma Winterfell, em uma tentativa de competir com o sucesso de Asha. Tendo poucos homens para segurar o castelo, Theon ordena que Stygg, um soldado sob seu comando, cavalgue até Bosque Profundo para pedir reforços a Asha.[6] Ela decide visitar Theon em Winterfell e tenta convence-lo a deixar aquela posição indefensável. Ele se recusa e Asha parte, deixando apenas dez homens para atrás com ele como reforços.[1] Todos esses dez homens abandonam Theon quando Rodrik Cassel se aproxima de Winterfell comandando uma grande tropa. Theon é eventualmente capturado por homens da Casa Bolton durante o Saque de Winterfell.[7]

Após a batalha da Água Negra, o lorde Roose Bolton ordena que Robett Glover ataque Valdocaso, mas Robett acaba sendo derrotado por lá. Roose então informa o rei Robb Stark que Robett lançou aquele ataque durante seu pesar ao saber da queda de Bosque Profundo.[3]

Bosque Profundo seria eventualmente retomado por forças leais a Stannis Baratheon. Asha acaba sendo capturada e a família Glover é libertada.[8][9]

Referências