Salladhor Saan

De Gelo e Fogo wiki
Ir para: navegação, pesquisa
Salladhor Saan
Salladhor Saan Amoka.jpg
Salladhor Saan por Amok©
Apelido(s) Salla
Título Príncipe do Mar Estreito
Senhor da Baía da Águanegra
Lealdade Casa Baratheon de Pedra do Dragão
Raça Valíriano
Cultura Lysenense
Aparece
Aparece
Mencionado
Mencionado

GoT Logo.jpg
Salladhor-Saan-HBO.png
Interpretado(a) por Lucian Msamati[1]
Aparições 2ª Temporada | 3ª Temporada | 4ª Temporada
Apareceu em 3 episódios (ver seção)

Salladhor Saan, conhecido apenas como Salla por seus amigos,[2] é um notório pirata, contrabandista e bancário de Lys. Ele se auto proclama Príncipe do Mar Estreito[3] e é um descendente da família Saan. Ele não tem esposa, mas sim concubinas.

Na série de televisão da HBO, Game of Thrones, Salladhor é representado como um cidadão lysenense das Ilhas do Verão e é interpretado pelo ator Lucian Msamati.

Aparência e personalidade

Veja também: Imagens de Salladhor Saan
Salladhor Saan, por Тхе Мичо ©

Salladhor é magro e amigável,[3] com um humor negro como o de Prendos (um antigo famoso pirata).[4] Ele usa roupas incrivelmente ornamentadas e chiques, com uma grande túnica prateada e botões feitos de jade e seu belo chapel é ornado com penas de um pavão.[3]

Além de sua galé chamada Valiriana, Salladhor comanda uma frota de pelo menos 24 galés de guerra.[5]

História

A família Saan tem uma longa e distinta história como lordes-piratas que remonta a pelo menos três séculos antes do nascimento do rei Aegon I Targaryen.[6] Samarro Saan foi um infame pirada do Bando dos Nove.[7][8]

Antes de se tornar um cavaleiro durante a Rebelião de Robert, o contrabandista Sor Davos Seaworth frequentemente fazia negócios com Salladhor.[3]

Eventos recentes

Info Aviso: Esta seção contém revelações sobre o enredo (spoilers).

A Fúria dos Reis

Sor Davos Seaworth navega para Lys para recrutar Salladhor para a causa de Stannis Baratheon, que está reivindicando o Trono de Ferro para si.[3] Salla é um dos mercenários que se aliam a Stannis na luta que está por vir.[5] Sua galé, o Valiriana, é vista navegando perto de Pedra do Dragão. Outro de seus navios, o Ave de Mil Cores, traz notícias de Porto Real. Salladhor diz a Davos a respeito da lenda da Luminífera.[3]

Durante a Batalha da Água Negra, Salladhor e sua frota navegam pela Baía da Água Negra pelo lado de fora da torrente para rastrear qualquer navio da Frota Real do rei Joffrey I que esteja escondido na região. Davos acredita que isso é um desperdício das habilidades de Salla.[9] Quando o exército de Stannis é destroçada por uma tropa combinada Lannister-Tyrell, Salladhor ordena que seus navios tentem pegar o máximo de sobreviventes das praias que poder, incluindo o próprio Stannis[10] e Devan Seaworth.[2]

A Tormenta de Espadas

Salladhor é feito Senhor da Baía da Águanegra pelo Senhor Alester Florent, que serve como Mão do Rei de Stannis.[2] Ele manda seus navios interceptar qualquer embarcação comercial que navegue para a Baía da Água Negra para cobrar impostos delas.[2]

A galé de Salla, o Dança de Shayala, resgata Davos e o leva para longe da Água Negra. Salladhor aconselha Davos quando ele retorna para Pedra do Dragão para não se encontrar com Melisandre mas ele não escuta.[2]

Alester depois tenta trair Stannis e manda um dos homens de Salladhor levar uma carta com seus termos de paz para Lorde Tywin Lannister, mas o complô de Alester é descoberto e ele é preso.[11] Salladhor e Sor Axell Florent planejam atacar Ilha da Garra pois o lorde Ardrian Celtigar se ajoelhou para o rei Joffrey I Baratheon, mas Davos dissuade Stannis desse plano.[12]

Salladhor informa Pedra do Dragão a respeito do Casamento Vermelho.[10] Um dos navios de Salla, o Prendos Louco, transporta Edric Storm para Lys sem o conhecimento de Stannis.[4][13]

A frota de Salladhor ajuda Stannis a transportar seu exército até o Norte, em direção da Muralha.[14]

O Festim dos Corvos

Com Stannis em Castelo Negro, Salladhor é deixado em Atalaialeste do Mar.[15]

A Dança dos Dragões

A rainha Selyse Florent janta com Salladhor em Atalaialeste.[16] Sua frota de 29 navios parte para Porto Branco para levar Davos como um enviado de Stannis para Lorde Wyman Manderly. Contudo, quando boa parte de sua frota é destruída numa tempestade, Salladhor decide desertar a causa de Stannis, cansado de esperar o pagamento do rei. Ele se recusa a levar Davos até Porto Branco mas, apesar de ameças, não o joga para fora do navio e o deixa ir num pequeno navio.[14] Sallador então parte para a região de Passopedra para voltar a suas atividades de pirata.[14]

Na série de televisão

Veja também: Imagens de Salladhor Saan em Game of Thrones

Aparições

Aparições na 2ª Temporada de Game of Thrones
The North Remembers What is Dead May Never Die Garden of Bones The Ghost of Harrenhal
The Old Gods and the New A Man Without Honor The Prince of Winterfell Blackwater Valar Morghulis
Aparições na 3ª Temporada de Game of Thrones
Dark Wings, Dark Words Walk of Punishment And Now His Watch Is Ended Kissed by Fire
The Climb The Bear and the Maiden Fair Second Sons The Rains of Castamere Mhysa
Aparições na 4ª Temporada de Game of Thrones
Two Swords The Lion and the Rose Breaker of Chains Oathkeeper First of His Name
Mockingbird The Mountain and the Viper The Watchers on the Wall The Children

Referências