Bronn

De Gelo e Fogo wiki
Ir para: navegação, pesquisa
Bronn.png
Bronn
Stokeworth.png
Bronn Amoka.jpg
Bronn, por Amoka ©
Apelido(s) Sor Bronn da Água Negra
Lorde Stokeworth
Título Sor
Lorde Protetor de Stokeworth
Lealdade Casa Stokeworth
Esposa(o) Lollys Stokeworth
Nascimento Em Entre 264 d.C. e 268 d.C.
Aparece
Aparece
Aparece
Mencionado
Mencionado

Bronn da Água Negra.png

GoT Logo.jpg
Bronn.jpg
Interpretado(a) por Jerome Flynn
Aparições 1ª Temporada | 2ª Temporada | 3ª Temporada | 4ª Temporada | 5ª Temporada | 6ª Temporada | 7ª Temporada
Apareceu em 34 episódios (ver seção)

Bronn é um mercenário de baixo-nascimento com grande habilidade e astúcia. Seu símbolo pessoal é uma corrente flamejante, verde sobre cinza-fumo, uma referência a Batalha da Água Negra.[1] Na série de televisão é interpretado pelo ator Jerome Flynn.

Aparência e características

Veja também: Imagens de Bronn
Bronn, por Тхе Мичо ©

Bronn é um homem de aproximadamente trinta e poucos anos,[2] magro e duro como osso.[3] Ele é moreno[4] e mais alto que Sor Vardis Egen e quinze anos mais novo que ele.[5] Bronn possui uma cascata de cabelos[6] negros[3][7] como carvão.[1] Bronn tem um rosto de traços duros,[1] olhos negros,[3] e um sorriso lupino,[1] insolente[8][4] e sombrio,[4] mas com um dente a menos, devido sua batalha contra Sor Vardis Egen;[6] Ele tem uma barba negra e rude que cobre-lhe o maxilar e as bochechas[5] quando deixa-a por fazer,[3] mas eventualmente ele apara-a.[7] Bronn tem um senso de humor negro.[9]

Bronn possui coragem e força, mas não há bondade ou lealdade nele.[10] Bronn é um homem esperto,[6] grosseiro,[11] insolente,[12][11] blasfemo[11] e de coração negro.[1] Para ele, a honra, o dever e a amizade significa pouco ou nada e ele trairia qualquer um se obtivesse lucro nisso.[6] Tyrion Lannister considera-o escória, mas de extrema utilidade[6] e, talvez por isso, com o tempo ele acabou por gostar dos defeitos de Bronn e vice-versa.[13] Como mercenário, ele não vê qualquer problema em matar mesmo crianças de colo, desde que seja bem pago.[14] Apesar de tudo, ele tem certo orgulho, pois detesta pessoas que se submetem demais a ponto de dobrar os joelhos e, assim, ele não lambe as botas de ninguém.[6]

Bronn é um esplêndido lutador, sendo o mais feroz guerreiro que Catelyn Stark já viu.[10] Ele move-se como uma pantera durante uma batalha, tão rápido como um gato, e sua espada parece fazer parte de seu braço.[5]Tyrion Lannister afirma que Bronn é quase tão bom com a espada quanto seu irmão, Sor Jaime Lannister.[6]

História

Bronn supostamente teve uma infância difícil e matou pela primeira vez antes dos doze anos.[15]

Eventos recentes

Info Aviso: Esta seção contém revelações sobre o enredo (spoilers).

A Guerra dos Tronos

Bronn, junto com seu companheiro mercenário Chiggen, atendeu o chamado de Catelyn Stark aos homens leais à Casa Tully para ajudá-la a prender Tyrion Lannister pela tentativa de assassinato de seu filho, na Estalagem do Entroncamento. Ele e Chiggen ajudam a escoltar Tyrion para o Vale. Durante a viagem o grupo é atacado por membros de um Clã das Montanhas, apesar das baixas, Bronn sobrevive.[3]

Durante o julgamento de Tyrion, Bronn se voluntáriou para defender-lo em seu julgamento por combate. Para o julgamento, Bronn tinha uma proteção tão simples que parecia quase nu ao lado de Sor Vardis Egen, que vestia aço dos pés à cabeça, ele usou apenas uma cota de malha sobre o corpo, um meio elmo redondo de aço e uma rede de cota de malha na cabeça. No combate ele mata o cavaleiro, salvando a vida de Tyrion.[5]

Após Tyrion lhe prometer riqueza ele jura a sua espada à ele.[6]

Antes da Batalha do Ramo Verde ele encontra Shae para Tyrion entre as seguidoras de acampamento e depois participa da batalha.[15] Após a batalha, Bronn acompanha Tyrion para Porto Real.

A Fúria dos Reis

Em Porto Real, Bronn se torna o capitão da guarda de Tyrion Lannister.[7] Uma de suas tarefas iniciais é recrutar mercenários para a batalha que se aproxima da capital e eventualmente consegue oitocentos homens,[4] junto com os homens dos Clãs das montanhas do Vale e os homens dos Mantos Dourados.[14] Bronn também é instruído a se familiarizar com a vida política na Fortaleza Vermelha. Bronn zomba de Sor Alliser Thorne quando este trás a mão de uma criatura até Porto Real ,implorando por ajuda.[16] Quando Rei Joffrey Baratheon ordena que os membros da Guarda Real espanquem Sansa Stark em frente a corte após descobrir sobre o resultado da Batalha de Cruzaboi, Tyrion ordena que Bronn e Timett protejam-na.[17] Bronn ainda sobrevive ao motim de Porto Real que acontece devido a crise de fome nas ruas da cidade, depois protegendo Tyrion de um membro da Guarda Real que discutia com ele. Tyrion então ordena que Bronn lidere os esforços para apagar os focos de incêndio gerados pelo motim.[12]

Antes da chegada do exército do Rei Stannis Baratheon em Porto Real, Tyrion ordena que Bronn incendeie os locais entre as margens da Torrente da Água Negra e os muros da cidade.[4] Rainha Cersei Lannister ordena que Sor Osmund Kettleblack seja nomeado como membro da Guarda Real, sem desconfiar que ele é um dos homens de Bronn.[4] Quando os exércitos do Rei Stannis finalmente chegam em Porto Real, Bronn assume o controle das correntes que estão posicionadas no foz da Água Negra, uma posição de vital importância na deflagração da batalha por Porto Real. A operação é bem sucedida e boa parte da frota de Stannis é destruída pelo fogovivo.[18] Por sua contribuição na batalha, Lorde Tywin Lannister dá um título de cavaleiro a Bronn enquanto Tyrion se recupera dos ferimentos que sofreu na luta.[19][1] Agora Sor Bronn da Água Negra toma como seu símbolo uma corrente verde flamejante em um campo cinza, ilustrando a sua participação da batalha.[1] Ele está entre os mais de seiscentos homens que foram feitos cavaleiros após a batalha da Água Negra.[20]

A Tormenta de Espadas

Bronn permanece sob as ordens de Tyrion Lannister, mesmo depois que Lorde Tywin Lannister dispensou todos os mercenários que o Bronn contratou sob as ordens de Bronn.[1] Bronn visita o Bordel da Chataya com frequência, se deitando com Alayaya e Marei,[21] além de investigar o passado do falecido Sor Mandon Moore da Guarda Real sob as ordens de Tyrion Lannister, pois foi Sor Mandon quem tentou assassinar o anão durante a Batalha da Água Negra.[22] Tyrion ordena que Bronn mate o cantor Symon Língua de Prata após este tentar chantageá-lo. Dizem que o corpo do cantor foi disposto na Baixada das Pulgas.[23] Bronn e Podrick Payne acompanham Tyrion Lannister na recepção do Príncipe Oberyn Martell e de vários nobres de Dorne que vieram até Porto Real[24] após o pacto firmando entre a Casa Baratheon de Porto Real e a Casa Martell pelo casamento da Príncesa Myrcella Baratheon e Trystane Martell.[12]

Quando Tyrion é acusado de assassinar seu sobrinho, o Rei Joffrey I Baratheon, durante seu Casamento, Bronn se recusa a ser seu campeão no eventual Julgamento por combate para determinar a inocência do anão. A razão da recusa de Bronn vem devido ao fato de que Sor Gregor Clegane estaria do outro lado, além do fato de Cersei Lannister ter prometido a ele um casamento com uma nobre da Casa Stokeworth caso ele recusasse Tyrion, logo não importa o resultado da batalha, Bronn sairia no prejuízo, pois ou morreria na batalha ou perderia o título de nobreza da Casa Stokeworth através do casamento.[13]

Nos Dedos, Petyr Baelish revela a Sansa Stark que os irmãos Kettleblack não estavam sob as ordens de Bronn, mas na verdade sob suas ordens.[25]

O Festim dos Corvos

A senhora Tanda Stokeworth informa Cersei Lannister que Bronn deu ao filho bastardo de sua esposa Lollys o nome de Tyrion, em uma honra bizarra ao seu velho amigo.[26]

Bronn então contrata os serviços de quatro cavaleiros para sua nova Casa, apesar de Sor Balman Byrch contar para Cersei que estes homens são na verdade mercenários que não tem nada de cavalheirismo.[11] Assim a rainha Cersei teme que Bronn esteja em conluio com Tyrion, e então passa a conspirar com a irmã da esposa de Bronn, Falyse Stokeworth, e seu marido Balman para que Bronn seja assassinado.

Sor Balman, sempre cavalheiresco, desafia Bronn para um duelo. O confronto acaba na morte de Balman, com Bronn usando táticas de luta suja. Agora reclamando para si o título de Lorde Stokeworth, Bronn expulsa Falyse do seu castelo.[8] Após a morte de Falyse pelas mãos de Qyburn, Lollys se torna oficialmente a Senhora Stokeworth com Bronn como seu lorde.[27]

Info Aviso: Terminam aqui as revelações sobre o enredo (spoilers).

Citações

Citações de Bronn

Tyrion: Diga-me, Bronn, se lhe dissesse para matar um bebê… digamos, uma menina, ainda no peito da mãe… Mataria? Sem questionar?

Bronn: Sem questionar? Não. Perguntava o preço.[14]

— Bronn e Tyrion Lannister
Minha espada é sua, então... mas não espere que eu ande por aí dobrando o joelho e tratando-o por meu senhor cada vez que for cagar. Não lambo as botas de ninguém.[6]
— Bronn
Tyrion: O que é essa coisa feia em seu peito?

Bronn: Meu símbolo de cavaleiro. Uma corrente flamejante, verde sobre cinza-fumo. Por ordem do senhor seu pai, agora sou Sor Bronn da Água Negra, Duende. Veja se não se esqueça disso.[1]

— Sor Bronn da Água Negra e seu brasão pessoal conversando com Tyrion Lannister
Gosto bastante de você, por mais feio e pequeno filho da puta que seja... mas se travar a sua batalha, perco seja qual for o resultado. Ou a Montanha arranca minhas tripas, ou o mato e perco Stokeworth. Eu vendo a minha espada, não a dou. Não sou seu irmão.[13]
— Bronn recusando-se a lutar por Tyrion Lannister no Julgamento por combate contra Gregor Clegane

Citações sobre Bronn

Bem sabia que sem Bronn nunca teria chegado ao Vale; o mercenário era o mais feroz guerreiro que já vira, e sua espada os ajudara a abrir caminho até a segurança. Mas, apesar de tudo, Catelyn não gostava do homem. Era certo que possuía coragem, e força, mas não havia bondade nele, e pouca lealdade. E vira-o cavalgar junto do Lannister com demasiada frequência, conversando em voz baixa e rindo de algum gracejo privado.[10]
Catelyn Stark
Movia-se como uma pantera, e aquela sua feia espada parecia fazer parte de seu braço.[5]
Catelyn Stark
Até pode ser escória, mas é inegável que é útil, e com uma espada na mão é quase tão bom como meu irmão Jaime. Que deseja, Bronn? Ouro? Terras? Mulheres? Mantenha-me vivo, e o terá.[6]
Tyrion Lannister
Ofendi-o? Minhas desculpas... mas você é escória, Bronn, não se iluda. O dever, a honra, a amizade, que é isso para você? Não, não se incomode, ambos sabemos a resposta. Apesar disso, não é estúpido.[6]
Tyrion Lannister
Nem é amigo de ninguém. Não tenho dúvidas de que me trairia tão depressa como traiu a Senhora Stark se visse nisso lucro.[6]
Tyrion Lannister
Ele sempre foi um patife insolente de coração negro. Era isso que me agradava nele.[13]
Tyrion Lannister


Ele próprio era quase uma sombra; magro e duro como um osso, com olhos negros, cabelos negros e barba por fazer.[3]
Tyrion Lannister
Tinha um hiato escuro no sorriso onde a borda do escudo de Sor Vardis Egen partira um dente ao meio.[6]
Tyrion Lannister
Seu cabelo escuro lavado e escovado, estava recém-barbeado e usava a placa de peito preta de um oficial da Patrulha da Cidade. Dos seus ombros pendia um manto do carmim Lannister com um padrão de mãos douradas, que Tyrion lhe oferecera quando o nomeou capitão da sua guarda pessoal.[7]
Tyrion Lannister
Os cabelos negros como carvão de Bronn tinham sido recém-lavados e escovados para trás, deixando à mostra os traços duros de seu rosto, e ele trajava botas de cano alto, feitas de couro macio e trabalhado, um cinto largo incrustado de pepitas de prata e um manto de seda verde clara. Na lã cinza-escura de seu gibão, uma corrente em chamas estava bordada em diagonal com fio verde brilhante.[1]
Tyrion Lannister observando o brasão pessoal de Sor Bronn da Água Negra
Conseguia imaginá-lo observando seu enrugado e vermelho filho adotivo mamando numa das tetas inchadas de Lollys, com uma taça de vinho na mão e um sorriso insolente no rosto.[8]
Cersei Lannister
Fazia Tyrion se lembrar de Bronn, apesar de Bronn ter o humor negro dos mercenários e Griff não ter humor algum.[9]
Tyrion Lannister comparando Jon Connington com Bronn

Na série de televisão

Veja também: Imagens de Bronn em Game of Thrones

Aparições

Aparições na 1ª Temporada de Game of Thrones
Winter Is Coming The Kingsroad Lord Snow
You Win or You Die
Aparições na 2ª Temporada de Game of Thrones
The Old Gods and the New A Man Without Honor Valar Morghulis
Aparições na 3ª Temporada de Game of Thrones
Dark Wings, Dark Words And Now His Watch Is Ended Kissed by Fire
The Climb The Rains of Castamere Mhysa
Aparições na 4ª Temporada de Game of Thrones
Breaker of Chains First of His Name
The Laws of Gods and Men The Mountain and the Viper The Watchers on the Wall The Children
Aparições na 5ª Temporada de Game of Thrones
The Wars to Come High Sparrow Kill the Boy
Hardhome
Aparições na 6ª Temporada de Game of Thrones
The Red Woman Home Oathbreaker Book of the Stranger The Door
Blood of My Blood Battle of the Bastards
Aparições na 7ª Temporada de Game of Thrones
Dragonstone Stormborn
Beyond the Wall - - -

Família

 
{Tanda}
 
Desconhecido
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
{Falyse}
 
{Balman
Byrch}
 
Desconhecido
 
Lollys
 
Bronn da
Água Negra
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Tyrion
Tanner
 
 
 
 
 

Sobre a página

Esta página utiliza conteúdo baseado em Bronn, um artigo de A Wiki Of Ice And Fire.

Referências

  1. 1,0 1,1 1,2 1,3 1,4 1,5 1,6 1,7 1,8 1,9 A Tormenta de Espadas, Capítulo 4, Tyrion.
  2. Assim Falou Martin nº 8: junho de 1999
  3. 3,0 3,1 3,2 3,3 3,4 3,5 A Guerra dos Tronos, Capítulo 31, Tyrion.
  4. 4,0 4,1 4,2 4,3 4,4 4,5 A Fúria dos Reis, Capítulo 49, Tyrion.
  5. 5,0 5,1 5,2 5,3 5,4 A Guerra dos Tronos, Capítulo 40, Catelyn.
  6. 6,00 6,01 6,02 6,03 6,04 6,05 6,06 6,07 6,08 6,09 6,10 6,11 6,12 A Guerra dos Tronos, Capítulo 42, Tyrion.
  7. 7,0 7,1 7,2 7,3 A Fúria dos Reis, Capítulo 17, Tyrion.
  8. 8,0 8,1 8,2 O Festim dos Corvos, Capítulo 32, Cersei.
  9. 9,0 9,1 A Dança dos Dragões, Capítulo 14, Tyrion.
  10. 10,0 10,1 10,2 A Guerra dos Tronos, Capítulo 34, Catelyn.
  11. 11,0 11,1 11,2 11,3 O Festim dos Corvos, Capítulo 24, Cersei.
  12. 12,0 12,1 12,2 A Fúria dos Reis, Capítulo 41, Tyrion.
  13. 13,0 13,1 13,2 13,3 A Tormenta de Espadas, Capítulo 66, Tyrion.
  14. 14,0 14,1 14,2 A Fúria dos Reis, Capítulo 8, Tyrion.
  15. 15,0 15,1 A Guerra dos Tronos, Capítulo 62, Tyrion.
  16. A Fúria dos Reis, Capítulo 25, Tyrion.
  17. A Fúria dos Reis, Capítulo 32, Sansa.
  18. A Fúria dos Reis, Capítulo 59, Tyrion.
  19. A Fúria dos Reis, Capítulo 67, Tyrion.
  20. A Fúria dos Reis, Capítulo 65, Sansa.
  21. A Tormenta de Espadas, Capítulo 12, Tyrion.
  22. A Fúria dos Reis, Capítulo 12, Daenerys.
  23. A Tormenta de Espadas, Capítulo 32, Tyrion.
  24. A Tormenta de Espadas, Capítulo 38, Tyrion.
  25. A Tormenta de Espadas, Capítulo 68, Sansa.
  26. O Festim dos Corvos, Capítulo 16, Jaime.
  27. O Festim dos Corvos, Capítulo 36, Cersei.