Ações

Haggon

Haggon
Lealdade Selvagens
Cultura Selvagens
Morte Em Para Lá da Muralha
Mencionado

Haggon foi membro do Povo Livre e um Troca-peles. Ele foi um amigo da Patrulha da Noite e frequentemente negociava suas caças com os Irmãos de Atalaialeste-do-Mar e trazia notícias do Norte além da Muralha.[1]

Aparência

Haggon era alto e sombrio e tinha mãos tão duras como pedras e uma voz áspera.[1]

História

Haggon era um caçador solitário que tinha a habilidade de Troca-peles que vivia isolado em um cômodo feito de musgo, lama e troncos cortados ao redor de algumas vilas. Haggon foi o mentor de Varamyr e o instruiu em suas habilidades de Troca-peles, após a família deste o abandonar. Haggon sempre botava limitações em seu pupilo, dizendo que certas coisas eram “abominações” que o afastavam de sua própria humanidade. A pior de todas as “abominações” era tomar o corpo de outra pessoa. Temeroso de perder sua própria humanidade, Haggon não se ligava a vários tipos de animas, como gatos (por serem cruéis e traiçoeiros), alces e veados (pois eram presas e se ficasse muito tempo como tal, um homem perderia sua coragem), ursos, javalis, texugos, doninhas… mas gostava de lobos e cachorros. Varamyr questionava seus métodos, visto que ele era um Troca-peles naturalmente mais poderoso que Haggon e não temia suas habilidades como seu mestre fazia.[1]

Quando Varamyr tinha dez anos, Haggon o levou a um encontro para conhecer outros iguais a eles. Lá ele conheceu Borroq, Orell, Briar, Grisella. Nessa época Haggon também o levou para conhecer Atalaialeste-do-Mar, onde ele negociava suas caças com os Irmãos de Patrulha da Noite, mas Haggon o avisa que o mundo ao sul da Muralha não é para espécie deles, já que o Povo Livre teme os Troca-peles, mas também os honram, só que ao sul da Muralha, eles seriam caçados e mortos. Haggon ensina para Varamyr que durante a segunda vida de um Troca-peles os homens vão se esquecendo de quem são e se tornam cada vez mais animal, a medida que passam seu tempo no seu novo corpo. Quando Haggon estava perto de sua morte, ele escolheu viver sua segunda vida como seu velho lobo Pelecinza. Mas em sua segunda vida Haggon foi assassinado aos prantos por Varamyr e privando de sua segunda pele, já que Varamyr tomou Pelecinza para si e, vestindo a pele do velho lobo, comeu o coração do cadáver de Haggon, em sinal de desrespeito por sua fraqueza e suas limitações.[1]

Após a morte de Haggon, Varamyr tomou sua casa.[1]

Sobre a página

Esta página utiliza conteúdo baseado em Haggon, um artigo de A Wiki Of Ice And Fire.

Referências