Ações

O Festim dos Corvos - Capítulo 16

Jaime II
Capítulo de O Festim dos Corvos
O Festim dos Corvos.jpg
PDVJaime Lannister
LocalFortaleza Vermelha, Porto Real, Westeros
Página198-207 PT-BR Leya (Outras versões)
Cena. (Série HBO)
Cronologia dos capítulos (Todos)
Jaime I
Samwell II ← Jaime II → Cersei IV

Jaime III

Jaime vê a procissão fúnebre de Tywin fora da cidade, conversa com Cersei sobre suas más escolhas para o pequeno conselho e estuda a história de Sor Criston Cole, o Criador de Reis.

Resumo

Jaime e Kevan partindo de Porto Real, por Elisa Poggese©.

Uma procissão de honra, liderada por muitos dos vassalos Lannister, leva o caixão de Lorde Tywin para o Oeste. Jaime se encontra com seu tio Kevan, e eles discutem o ataque a Salinas. Jaime adverte seu tio a não tentar enfrentar Sandor Clegane ou Beric Dondarrion. E que ele teria sido uma boa Mão para Tommen. Kevan rejeita friamente, deixando a entender que ele sabe sobre o relacionamento dos gêmeos.

Quando Jaime retorna a Porto Real, ele olha para o exército Lannister acampado, que em breve embarcará com a frota dos Redwynes para sitiar Pedra do Dragão. Ele encontra sua irmã em seu solar como o Grande Meistre Pycelle dando notícias de que Sor Bronn nomeou o bastardo recém-nascido de Lollys de "Tyrion". Jaime percebe que sua irmã pode tentar matar Bronn por essa brincadeira, e ele lembra do olhar em seu rosto na noite do casamento de Tommen quando a Torre da Mão estava em chamas.

Isso fez com que Jaime se lembrasse da loucura do rei Aerys e do jeito que ele se tornaria seduzido pelo fogo. Jaime lembra de quando Aerys estuprava sua esposa à noite, e quando ele queimou Lorde Chelsted vivo. Jaime estava guardando os aposentos da rainha enquanto ela gritava para o seu marido para parar. Quando Jaime disse que eles foram feitos cavaleiros ​​para protegê-la também, seu parceiro naquela noite, Sor Jonothor Darry, respondeu: "Devemos protegê-la, mas não dele."

Jaime pede para falar com Cersei sozinho, e pergunta por que ela mantém Lady Taena por perto o tempo todo, sabendo que ela é um espiã de Margaery. Cersei responde que Taena é sua espiã, considerando que a rainha regente pode fazer mais para a família Merryweather. Jaime adverte que ela realmente não conhece a mulher, mas Cersei observa que ela pode fazer o marido de Taena, a Mão do rei.

Após Jaime perguntar a ela sobre o boato de que ela planeja nomear Aurane Waters seu novo mestre de navios, ele recomenda que seria melhor nomear Paxter Redwyne. Mas Cersei não vai colocar nenhum vassalo Tyrell em seu pequeno conselho. Cersei também defende sua escolha de Qyburn, um meistre desonrado, para se juntar ao conselho. A crescente paranoia e brutalidade de Cersei são cada vez mais evidentes e Jaime retruca: "Você está vendo anões em cada sombra e fazendo inimigos de amigos. Tio Kevan não é seu inimigo. Eu não sou seu inimigo." No entanto, Cersei o expulsa de seu solar com ódio.

Na Torre da Espada Branca, Jaime fala com Loras Tyrell, perguntando-lhe o que ele sabe sobre certos cavaleiros da Guarda Real famosos. Sor Loras é bem versado, mas quando o Senhor Comandante menciona alguns menos conhecidos, o Cavaleiro das Flores não reconhece os seus nomes. Jaime ressalta que todos eles serviram bem, talvez até melhor do que os famosos cavaleiros. Loras observa que os grandes cavaleiros da Guarda Real serão sempre lembrados como heróis, mas Jaime lembra que os mais infames também serão lembrados. Jaime também fala sobre aqueles que não são facilmente classificados, dos quais ele cita Criston Cole, o Fazedor de Reis.

Links externos

Sobre a página

Esta página utiliza conteúdo baseado em A Feast for Crows-Chapter 16, um artigo de A Wiki Of Ice And Fire.