Abrir menu principal

Gelo e Fogo wiki β

A Tormenta de Espadas - Capítulo 74

Sandor entra em uma briga com alguns dos homens de Gregor em uma pousada e fica gravemente ferido. Arya o deixa na floresta e pega carona com um navio Braavosi em Salinas usando a moeda que Jaqen lhe deu.

Arya XIII
Capítulo de A Tormenta de Espadas
A Tormenta de Espadas.jpg
PDVArya
LocalEstalagem do Entroncamento e Salinas, Terras Fluviais, Westeros
Página767-777 PT-BR Leya (Outras versões)
Cena. (Série HBO)
Cronologia dos capítulos (Todos)
Arya XII
Jon X ← Arya XIII → Samwell IV

O Festim dos Corvos
Arya I

Índice

Resumo

 
Arya pega Agulha de volta de Polliver depois que ela e o Cão o matam, por Josu Hernaiz ©.
 
Arya vai embora, deixando o Cão gravemente ferido, por Mike S Miller ©.

Sandor e Arya chegam a Estalagem do Entroncamento. Para seu espanto, ela reconhece Polliver, Cócegas e um escudeiro. O escudeiro tenta atrair Sandor com insultos sobre a fuga de Porto Real e o clima está muito tenso. O Cão exige vinho, que o estalajadeiro traz e Sandor engole em seco. Sandor avisa ao estalajadeiro que Polliver e Cócegas vão matá-lo em vez de pagar por suas bebidas, e o estalajadeiro e as outras pessoas na sala saem.

Cócegas conta a Sandor o que aconteceu no reino, incluindo o casamento de Tyrion, a morte de Joffrey e o aprisionamento de Tyrion. Ele alega que a irmã de Sansa foi encontrada e vai se casar com Ramsay Bolton; Harrenhal foi tomada por Gregor Clegane, Correrrio está sob cerco dos Lannisters e Randyll Tarly tomou Salinas. Ele diz que apenas os Blackwoods ainda estão resistindo, e os Brackens estão lutando contra eles ao redor de Solar de Corvarbor.

Cócegas diz que Gregor preferiria que Sandor voltasse com eles para Harrenhal, mas quando Sandor recusa, Cócegas atira uma faca nele. Sandor, Cócegas e Polliver empunham espadas e começam a lutar. O escudeiro tenta se juntar, mas Arya joga uma xícara nele e o derruba. Sandor não está lutando o seu melhor e Arya percebe que ele bebeu seu vinho muito rápido e está bêbado. Durante a luta, Arya apunhala o escudeiro na barriga e, em seguida, foge atrás de Cócegas e o esfaqueia repetidamente até que Sandor a detém. O escudeiro ainda está vivo, mas foi mortalmente ferido e pede misericórdia. Sandor diz a Arya para lhe dar misericórdia e pergunta se ela se lembra de onde o coração está posicionado. Ela se lembra. Ela recupera Agulha, que foi tomada por Polliver, e mata o escudeiro.

Sandor, seriamente ferido, diz que Gregor deve manter o vau e que eles vão partir para Salinas e encontrar um navio para o Vale. Eles deixam a pousada para viajar, mas o Cão está tão ferido que precisa de cuidados e eles param. No dia seguinte ele está tão fraco que cai da sela. Enquanto ele está deitado em um sono febril, Arya pensa em matá-lo. Ele acorda para ver o que ela está contemplando e pede que ela faça isso - para dar-lhe misericórdia -, mas Arya o deixa e vai para Salinas.

Ela tenta encontrar um barco que vá para o Norte, mas só encontra um navio mercante onde Bravos é seu destino. Ela não tem dinheiro suficiente para embarcar, mas então mostra ao capitão a moeda que recebeu de Jaqen H’ghar e diz "Valar Morghulis", o que faz com que ele lhe dê uma cabine e uma passagem.

Listas

Galeria

Veja também: Imagens de A Tormenta de Espadas

Links externos

Sobre a página

Esta página utiliza conteúdo baseado em A Storm of Swords-Chapter 74, um artigo de A Wiki Of Ice And Fire.