Batalha do Vago

De Gelo e Fogo wiki
Ir para: navegação, pesquisa
Batalha do rio Vago
Conflito Rebelião de Robert
Data 283 d.C.
Local Boca do Vago
Resultado Vitória Greyjoy
Beligerantes
Casa Greyjoy
Casa Chester
Casa Grimm
Casa Hewett
Casa Serry
Comandantes
Lorde Quellon Greyjoy
Balon Greyjoy
Forças
50 navios de guerra Desconhecidos
Baixas
Vários navios afundados ou capturados Vários navios afundados ou capturados

A Batalha do Vago (ou Batalha do Mander) foi um grande combate naval que aconteceu a 283 d.C. perto do fim da Rebelião de Robert. A Casa Greyjoy conseguiu uma vitória contestada sobre as Ilhas Escudo, na boca do rio Vago.[1]

Prelúdio

Quellon Greyjoy, Lorde das Ilhas de Ferro, desejava a neutralidade dos homens de ferro durante a guerra civil nos Sete Reinos. Após Pyke ser informado da morte do príncipe Rhaegar Targaryen na Batalha do Tridente, Quellon se deixou convencer pelos seus filhos mais velhos — Balon, Euron e Victarion — a entrar no conflito ao lado dos rebeldes ou talvez eles não conseguissem nenhum espólio. Quellon liderou dracares em um ataque a costa da Campina, que ainda apoiavam a Casa Targaryen. Já que as intenções da Casa Lannister eram desconhecidas no momento, uma parte da Frota de Ferro ficou nas ilhas para protege-las de qualquer ataque vindo das Terras Ocidentais.[1]

A batalha

Os Greyjoys começaram saqueando a costa da Campina, afundando e capturando vários navios e pilhando vilas e cidades. Eles acabaram sendo surpreendidos na boca do rio Vago por navios de guerra das Ilhas Escudo. Estima-se que cada lado perdeu pelo menos doze navios, com os Greyjoys se saindo vitoriosos. O velho Lorde Quellon acabou morrendo na luta.[1]

Consequências

Apesar dos homens de ferro terem vencido a batalha, o filho mais velho e herdeiro de Quellon, Balon Greyjoy, decidiu levar seus navios de volta para Pyke a fim de garantir sua posição coomo novo Senhor das Ilhas de Ferro. Assim, a contribuição dos homens de ferro na Rebelião de Robert foi mínima.[1] Enquanto os Greyjoys combatiam na costa da Campina, Lorde Tywin Lannister também se unira aos rebeldes e saqueou Porto Real com um exército de homens das Terras Ocidentais.[2]

Referências