Esposa do Marinheiro

De Gelo e Fogo wiki
Ir para navegação Ir para pesquisar

 

Esposa do Marinheiro
Apelido(s) a Esposa do Marinheiro
Mencionada

A Esposa do Marinheiro é uma prostituta que trabalha no bordel chamado Porto Feliz, em Braavos. Ela somente vai a cama com quem casa com ela [1] e tem uma filha chamada Lanna [2]

Aparência e Características

Apesar de ser rápida para rir, ela tem um sorriso muito triste. Ela é simpática, gentil e tem uma maneira boa de ser ao ajudar os outros.[3]

Apesar de ser uma prostituta, só se deita com homens depois de uma cerimônia de casamento. Frequentemente o bordel chamado Porto Feliz tem três ou quatro casamentos dela por noite. Os casamentos são sempre ruidosos, alegres e com muita bebida, e normalmente quem executa os ritos são o Sacerdote Vermelho Ezzelyno ou o ex-Septão Eustace.[3]

A Esposa do Marinheiro visita a Ilha dos Deuses nos dias do seu Sangue de Lua, e que conhece todos os deuses que ali viviam, até aqueles que Braavos esquecera.[3]

História

Quando ela não era mais velha que sua filha Lanna, ela teve um marido de verdade que ela diz que se perdeu no mar. Frequentemente ela reza por seu marido perdido nos dias do seu Sangue de Lua na esperança de que algum deus qualquer envie seus ventos e sopre seu velho amor de volta para ela. [3]

Eventos Recentes

Info Aviso: Esta seção contém revelações sobre o enredo (spoilers).

O Festim dos Corvos

Dareon pagou para se deitar com Esposa do Marinheiro por uma noite, se casando com ela. Quando Samwell Tarly descobriu que Dareon estava quebrando seu juramento como Irmão da Patrulha da Noite e que não pretendia se tornar um desertor, ele confrontou Dareon e eles lutaram. Samwell foi jogado do Porto Feliz [1].

Frequentemente ela consegue persuadir seus maridos-clientes a comprar as ostras da Gata dos Canais, dizendo que as ostras ajudariam a dar potência no ato sexual, mas na verdade ela só tinha intenção de ajudar Gata, que na verdade é Arya Stark [3]

Citação

Citação sobre a Esposa do Marinheiro


Tinha essa maneira de ser boa, e também era rápida para rir, mas Gata achava que também havia algo de triste nela.[3]
—— Gata dos Canais em pensamentos



As outras prostitutas diziam que a Esposa do Marinheiro visitava a Ilha dos Deuses nos dias em que sua flor se encontrava em florescência, e que conhecia todos os deuses que ali viviam, até aqueles que Braavos esquecera. Diziam que ela ia rezar por seu primeiro marido, seu marido verdadeiro, que se perdera no mar quando ela não era mais velha do que Lanna.[3]
—— Gata dos Canais em pensamentos



Acha que se encontrar o deus certo, ele talvez envie os ventos e sopre seu velho amor de volta para ela, mas eu rezo para que isso nunca aconteça. Seu amor está morto, consegui saboreá-lo em seu sangue. Se alguma vez regressar para junto dela, será um cadáver [3]
—— Yna Zarolha explicando para Gata dos Canais o motivo de Esposa do Marinheiro rezar todas a vez que seu Sangue de Lua surge



Suas garotas também eram simpáticas; Bethany Corada e Esposa do Marinheiro, Yna Zarolha, que sabia ler o destino numa gota de sangue, a pequena e bonita Lanna, até Assadora, a mulher ibenesa com bigode. Podiam não ser belas, mas eram gentis com ela. [3]
—— Gata dos Canais em pensamentos

Referências

Ver Também

Notas