Ações

Meribald

Estrela Fe.png
Estrela Fe.png
Meribald
Meribald TheMico.jpg
Título Septão
Lealdade Fé dos Sete
Nascimento Em 247 d.C. ou 248 d.C., em Terras Fluviais
Aparece

Meribald é um septão vagante das Terras Fluviais.

Aparência e personalidade

Veja também: Imagens de Meribald

Meribald é um homem robusto, um metro e oitenta de altura, mas tem um jeito de curvar-se quando anda que o faz parecer muito mais baixo. Suas mãos são grandes e coriáceas, com os nós dos dedos vermelhos e sujeira debaixo das unhas. E ele tem o maior pé que Brienne já tinha viu, nu e negro, e duro como um chifre.[1]

O caminho trilhado por Meribald costuma traçar o redor da maior parte do campo, circundando a região de Lagoa da Donzela, e leva meio ano para se concluir. Ele geralmente ministra para o Povo Comum em cidades de comércio, pequenos vilarejos, e refúgios, ele não é familiarizado com o Tridente e seus castelos e senhores, mas conhece bem as estradas menores, trilhas, matas, colinas, e cavernas que não aparecem em mapas de pergaminho.[1]

Meribald viaja sozinho na maioria de seus passeios com apenas seu cão, Cachorro, como sua companhia. Normalmente, ele também leva um jumento para carregar sua pesada carga, incluindo pacotes de comida e bens que ele quer dar aos famintos e pobres das aldeias por onde passa.[1]

História

Meribald nasceu e viveu toda a sua vida nas Terras Fluviais. Quando menino, Meribald foi lutar na Guerra dos Reis de Nove Moedas com seus irmãos. Seu irmão mais velho, Willam, Concordou por brincadeira em tomar Meribald como seu escudeiro. Durante a guerra, no entanto, tanto Willam e outro irmão, Robin, morreram de febre. Seu último irmão, Owen, foi morto em batalha, e amigo de Owen, Jon Pox, foi enforcado por estupro. Meribald pode ter se tornado um homem quebrado por causa disso. Quando retornou às margens do rio, ele se juntou à Fé dos Sete, mas usou sua posição como um septão para convencer jovens mulheres a ter relações sexuais com ele. Ele agora anda descalço como penitência por esses pecados que cometeu quando era jovem.[1]

Ele não sabe ler ou escrever, mas sabe A Estrela de Sete Pontas de memória, o que parece torná-lo capaz de ministrar a Fé para o Povo Comum. Ele tem andado pelo campo às margens do rio como um septão errante em troca de comida e abrigo por quase quarenta anos.[1]

Eventos recentes

Info Aviso: Esta seção contém revelações sobre o enredo (spoilers).

O Festim dos Corvos

Septão Meribald guia Brienne de Tarth, Podrick Payne, e Sor Hyle Hunt através das Terras Fluviais até Salinas, onde ele faz a primeira parada em seu circuito. Ao longo do caminho, Meribald assombra Podrick com histórias sobre as lamas do Tridente que podem engolir viajantes despercebidos, ou lendas sobre uma loba monstruosa, demoníaca e devoradora de homens, que lidera uma matilha de lobos selvagens através do Tridente. Meribald também conta sua própria história, explicando como ele veio a ser um septão e seus deveres com o povo.[1]

Meribald guia Brienne e seus companheiros para Ilha Quieta para conhecer o Irmão Mais Velho.[2] A Irmandade Sem Bandeiras permite que Meribald continue sua jornada[3] após Brienne lutar com Dentadas na Estalagem do Entroncamento.[4]

Citações

Hyle: A Guerra dos Reis de Nove Moedas?

Meribald: Assim a chamam, embora eu nunca tenha visto um rei, ou ganhado um centavo. Mas foi uma guerra. Aquilo foi uma guerra.[1]

Hyle Hunt e Meribald

Sobre a página

Esta página utiliza conteúdo baseado em Meribald, um artigo de A Wiki Of Ice And Fire.

Referências