Ações

Canção de Jenny

Jenny de Pedravelhas e seus fantasmas, por Naomi ©

A Canção de Jenny é uma música triste que é sempre solicitada pelo Fantasma de Coração Alto como pagamento pelos sonhos proféticos que conta aos membros da Irmandade Sem Bandeiras, em seus encontros pelas Terras Fluviais. A história que a música conta, pode ser sobre Jenny de Pedravelhas, que, de acordo com os contos, era amiga de uma bruxa do bosque.

Eventos Recentes

Info Aviso: Esta seção contém revelações sobre o enredo (spoilers).

A Tormenta de Espadas

Arya Stark ouve a música quando a irmandade a leva para Coração Alto pela primeira vez. Os homens se encontram com a Fantasma de Coração Alto, que pede sua música depois de contar sobre seus sonhos recentes.[1] Tom de Seterrios canta a canção, acompanhando as palavras com sua harpa de madeira. A música é tão suave e triste que Arya só consegue ouvir fragmentos das palavras, embora a melodia seja familiar para ela. "Sansa iria reconhecê-la, aposto", ela pensa.[2]

Quando a irmandade vai ao Alto Coração pela segunda vez,[3] Tom novamente canta a música para a mulher anã. Enquanto ele está cantando, ela fecha os olhos e balança lentamente para frente e para trás, murmurando as palavras e chorando. Thoros de Myr pega Arya firmemente pela mão e a puxa de lado, dizendo a ela,

Deixa-a saborear a canção em paz. É tudo que lhe resta. [4]

Mais tarde, enquanto a irmandade espera que Merrett Frey chegue a Pedravelhas com o resgate de seu irmão, Tom canta algumas letras da música enquanto está sentado no túmulo do rei Tristifer IV Mudd. Merrett acha que a música é suave e triste, e ele pensa nas letras,

No alto dos salões dos reis que partiram, Jenny dançava com os seus fantasmas...[5]

Pode ser a mesma canção que Robb Stark menciona para sua mãe Catelyn Tully quando ele está diante do túmulo de Tristifer em Pedrasvelhas. Quando Catelyn diz a ele o nome do antigo castelo onde eles estão acampados, Robb diz a ela,

Há uma canção. Jenny de Pedravelhas, com as flores nos cabelos.[6]

Citações

Obriga-me a cantar sempre a mesma maldita canção.[2]
Tom de Seterrios para Arya Stark
Ah, sim. A canção da minha Jenny. Existe mais alguma?[4]
— a Fantasma de Coração Alto para Tom de Seterrios


Referências e Notas