Mudanças

Ir para navegação Ir para pesquisar

 

== Resumo ==
Um homem morto foi , parte da comitiva de [[Roger Ryswell]], é encontrado à luz do dia, metade do corpo enterrado na neve e congelado. Os senhores dizem que sua morte foi causada por estar bêbado e ter tropeçado, mas não [[Theon Greyjoy|Theon]] não acredita nisso. Enquanto caminha pelo castelo, ele reflete a situação. O humor de todos está ruim; senhores e homens comuns igualmente. Os suprimentos de comida diminuem, as neves não pararam, e ninguém ouviu nada de [[Stannis]]. Sobre o rei há mais e mais discussões, e um homem é executado por ter refletido sobre os poderes de [[Melisandre]]. Theon entra no salão e é novamente abordado por um dos lavadeiras de Abel, que tenta descobrir como ele tomou o castelo no passado. Theon suspeita que [[Mance Rayder|Abel]] quer fugir, mas ele mantém a boca fechada por medo de represálias.
Cresce o desconforto no salão, que está lotado, e Theon o deixa e caminha sobre as ameias nevadas, olhando para fora na tempestade de neve. Ele pensa em pular os oitenta pés abaixo em direção à mortal cama de neve, pensando que poderia sobreviver a ela. Temendo as consequências, e desiste. Nos dias seguintes, novos mortos aparecem todas as manhãs. Os senhores culpam a embriaguez dos soldados, mas ninguém acredita nisso realmente. Sobre a mesa, uma discussão começa entre os senhores [[Wyman Manderly|Manderly]] e [[Hosteen Frey]]. O Frey culpa Manderly, e o acusa de ter matado os três Freys que estavam em [[Porto Branco]], mas Manderly atira de volta insultos. Antes de uma luta real acontecer, outros cavaleiros interferem e separam os dois. Theon pensa que ele viu uma pitada de medo e desconforto nos olhos de [[Roose Bolton]].
Theon vai para o [[bosque sagrado]], onde tenta rezar diante da [[árvore-coração]]. De repente, ele ouve os galhos e folhas sussurrando o nome dele, e ele não está certo do que fazer, aterrorizado com a noção de que os [[velhos deuses]] o encontraram para se vingar. Quando as folhas sussurram "''Bran''", ele foge em terror, correndo em direção as lavadeiras. Elas lhe dizem que se ele quer morrer um Greyjoy com a espada na mão, como ele orou perante a arvore coração, ele deve segui-las ou encontrar sua morte em suas mãos ali mesmo.
 
==Notas e Referências==
Arquitetos, Editores, Burocratas, Administradores
7 641

edições

Menu de navegação