Tysha

De Gelo e Fogo wiki
Ir para: navegação, pesquisa
Tysha
Tysha Тхе Мичо.jpg
Tysha, por Тхе Мичо©
Apelido(s) Senhora Tysha, da Casa Punho de Prata
Esposa(o) Tyrion Lannister
Nascimento Em 272 d.C.
Mencionada
Mencionada
Mencionada

Tysha foi a primeira esposa de Tyrion Lannister. Ela tinha cabelos escuros, era esguia, e linda aos olhos de Tyrion. [1]

Aparência e características

Veja também: Imagens de Tysha

Tysha é quase um ano mais velha que Tyrion, de cabelos escuros, esguia, com um rosto lindo de partir o coração.[1] Ela é tímida.[1]

História

Tysha era filha de um pequeno caseiro, tornada órfã quando o pai morrera de febre.[1]

Quando Tyrion tinha treze anos, ele encontrou Tysha em uma estrada deserta, onde estava sendo perseguida por dois homens. O irmão de Tyrion, Jaime Lannister, afastou os homens, enquanto Tyrion protegeu a jovem. Tyrion se apaixonou por ela, mas não é adequado um casamento de um Lannister com uma plebeia, então Tyrion armou um casamento pagando cinquenta peças de prata para um septão bêbado e então eles se casaram.[1] Eles foram morara em uma casa de campo e durante uma quinzena foram marido e mulher.[1] Tysha costumava brincar com Tyrion dizendo que ele era um criado preguiçoso toda a vez que ele deixava o fogo se apagar. Ela dizia, brincando, que provavelmente os criados preguiçosos eram espancados, mas Tyrion rebatia dizendo que na verdade eles eram beijados. [2] Passavam a maior parte do dia se beijando, deitados, tocando-se e fazendo sexo. Ela frequentemente dizia que o amava e que seus nomes combinavam[2] e costumava cantar As Estações do Meu Amor para ele.[2][1]

Quando Lorde Tywin Lannister descobriu, obrigou Jaime a mentir para Tyrion que Tysha era uma prostituta paga para fazer de Tyrion um homem e o anão acreditou na mentira por anos.[3] Um Lannister não pode casar com uma plebeia, então para ensinar uma cruel lição para seu filho, Tywin, então, a deu aos guardas para que estes a estuprassem na frente do anão, que acreditava que ela era uma prostituta; por cada homem, ele deu-lhe uma moeda de prata. Para que a lição fosse bem aprendida, Tywin forçou seu próprio filho a ser o último, pelo qual Tysha recebeu uma moeda de ouro, pois Lannister valiam mais.[1]

Eventos recentes

Info Aviso: Esta seção contém revelações sobre o enredo (spoilers).

A Guerra dos Tronos

Depois de deixar Ninho da Águia, Tyrion Lannister e Bronn acampam e Tyrion conta a Bronn sobre sua primeira esposa. Bronn afirma que ele teria matado o homem que fez isso com ele e Tyrion observa que não era tarde demais para isso, pois um Lannister sempre paga suas dívidas. [1]

A Fúria dos Reis

No caminho para visitar Shae em Porto Real, Tyrion Lannister se lembra de Tysha quando ouve música As Estações do Meu Amor. O anão acha que está livre da memória de Tysha, já que agora tinha encontrado Shae. Tyrion conta a Shae sobre sua história com Tysha. [4]

Depois de sofrer uma lesão na Batalha da Água Negra, Tyrion tem sonhos feris com Tysha e sua breve vida de marido e mulher.[2]

A Tormenta de Espadas

Na sua noite de núpcias com Sansa Stark, Tyrion mencionou detalhes de seu antigo casamento. Quando Sansa perguntou sobre a identidade de sua ex-esposa, Tyrion inventou uma história. De acordo com ele, sua esposa era Senhora Tysha da Casa Punho de Prata. Suas armas eram uma moeda de ouro e cem de prata, num lençol ensanguentado. [5]

A bordo do navio de fuga, quando Sansa Stark diz Petyr Baelish que Tyrion não envenenou Joffrey Baratheon, ele responde que as mãos de Tyrion estão longe de estarem limpas e que ele tinha uma esposa diante dela. [6] Sansa diz que Tyrion já havia contado a ela. Petyr Baelish então pergunta a ela se Tyrion havia lhe contado que ele a deu de presente aos guardas de pai e que poderia fazer o mesmo com ela.[7]

Quando Jaime resgatou Tyrion das masmorras, ele confessou envergonhado que Tysha não era uma prostituta. Tyrion percebeu que Tysha estivera genuinamente apaixonada por ele, e ficou furioso com Jaime. Ele deixou seu irmão encontrar seu próprio caminho para fora da Fortaleza Vermelha. Durante sua fuga, ele foi aos aposentos de seu pai, na Torre da Mão. Tyrion exigiu que seu pai o contasse o que acontecera com Tysha. Tywin não se lembrava, e simplesmente disse que ela fora "para onde quer que as putas vão". Tyrion o matou e fugiu. [3]

A Dança dos Dragões

Ao longo de suas viagens em Essos, Tyrion é assombrada pela resposta cruel de seu pai e constantemente pergunta a si mesmo: "Onde as putas vão?" [8][9][10] Tyrion pergunta a uma prostituta em Selhorys se ela conhece Tysha, mas ela não reconhece o nome. [11]

Citação

Citação de Tysha

Tyrion: Tem a mim, eu sou seu criado.

Tysha: Um criado preguiçoso. O que fazem com os criados preguiçosos em Rochedo Casterly, senhor?

Tyrion: Beijam-nos.

Tysha: Não fazem nada disso. Aposto que os espancam.

Tyrion: Não, beijam-nos, exatamente assim.[2]

— Conversa entre Tysha e Tyrion Lannister em seu sonho febril


Adoro dizer seu nome. Tyrion Lannister. Combina com o meu. O Lannister não, a outra parte. Tyrion e Tysha. Tysha e Tyrion. Tyrion. Senhor Tyrion… [2]
— Tysha durante o sonho febril de Tyrion Lannister

Citação sobre Tysha

Era quase um ano mais velha que eu, de cabelos escuros, esguia, com um rosto que te partiria o coração. [1]
Tyrion Lannister
Era filha de um pequeno caseiro, tornada órfã quando o pai morrera de febre [1]
Tyrion Lannister
Sansa: Foi casado antes? Eu... eu tinha me esquecido.

Tyrion: Não esqueceu. Nunca soube.

Sansa: Quem era ela, senhor?

Tyrion: A Senhora Tysha. Da Casa Punho de Prata. As armas deles são uma moeda de ouro e cem de prata, num lençol ensanguentado. Nosso casamento foi muito curto... como é próprio de um homem muito baixo, suponho. [5]

Sansa e Tyrion Lannister conversando
Jaime: Não era uma prostituta. Não fui eu que a trouxe para você. Aquilo foi uma mentira que o pai me ordenou que dissesse. Tysha era... era o que parecia ser. Filha de um caseiro, encontrada por acaso na estrada.

Tyrion: A minha esposa. Ela casou comigo.

Jaime: Pelo seu ouro, disse o pai. Era malnascida, e você, um Lannister de Rochedo Casterly. Tudo que ela queria era o ouro, o que fazia com que não fosse diferente de uma prostituta, portanto... portanto não seria uma mentira, não por completo, e... ele disse que você precisava de uma dura lição. Que aprenderia com ela e me agradeceria mais tarde...

Tyrion: Agradecê-lo? Ele deu-a aos guardas. Uma caserna cheia de guardas. E obrigou-me... a ver. [3]

Jaime admitindo a Tyrion o passado que o anão desconhecia
Tyrion: Tysha. O que fez com ela, depois de minha liçãozinha?

'Tywin: Não me lembro.

Tyrion: Tente com mais força. Mandou matá-la?

Tywin: Não havia motivo para isso, ela já tinha aprendido qual era o lugar dela... e foi bem paga pelo trabalho do dia, se bem me lembro. Suponho que o intendente a tenha mandado embora. Nunca pensei em perguntar.

Tyrion: Mandado embora para onde?

Tywin: Para onde quer que as putas vão. [3]

— Conversa entre Tyrion e Tywin Lannister imediatamente antes de Tyrion assassinar seu pai
Um vento suave movimentava as águas na piscina abaixo, ao redor do espadachim nu. Isso fez Tyrion se lembrar de como Tysha sacudia os cabelos durante a falsa primavera do casamento deles, antes que ele ajudasse os guardas do pai a estuprá-la. Ele pensara nesses guardas durante a viagem, tentando lembrar quantos haviam sido. Seria de se esperar que ele lembrasse, mas não. Uma dúzia? Vários? Uma centena? Ele não poderia dizer. Eram todos homens crescidos, altos e fortes... embora todos os homens parecessem altos para um anão de treze anos. Tysha saberia o número. Cada um deles lhe deu um veado de prata, então ela só teria que contar as moedas. Uma moeda de prata de cada um deles e uma de ouro de mim. Seu pai insistiu para que ele também pagasse. Um Lannister sempre paga suas dívidas. [8]
Tyrion

Sobre a página

Esta página utiliza conteúdo baseado em Tysha, um artigo de A Wiki Of Ice And Fire.

Referências