Lótus Púrpura

De Gelo e Fogo wiki
Ir para navegação Ir para pesquisar
Lótus Púrpura
Taberna
Meereen is located in Baia dos Escravos
Meereen
Meereen (Baia dos Escravos)

Localização de Meereen na Baía dos Escravos
Localização Meereen, Baía dos Escravos, Essos
Governo Zahrina

A Lótus Púrpura é uma puída taberna no mercado de especiarias em Meereen. Uma velha enrugada chamada Zahrina, que veste um tokar vermelho-escuro com franjas e pequenas caveiras de ouro, é a proprietária. Sua pele é branca como leite de égua, e seu cabelo tão fino que é possível ver o couro cabeludo por baixo. Zahrina oferece aos fregueses comida, mas de acordo com o Príncipe Esfarrapado, seu pão é velho e o ensopado é indizível; gordura e sal, com um pedaço ou dois de carne. [1]

Informações

Do exterior, a Lótus Púrpura é um casebre baixo de tijolos, em meio a uma fileira de casebres iguais, à sombra da grande pirâmide amarela e verde de Rhazdar. [1] Ao contrário do estilo Westerosi, não há nenhuma placa de descrição fora do estabelecimento. Em seu lugar, há uma marca - a lótus púrpura - pintada na porta de madeira desgastada.

Para entrar, um freguês deve bater duas vezes e providenciar uma senha; no caso de Quentyn Martell, ela era liberdade. [1]

No interior da Lótus Púrpura, o ar é nebuloso com uma fumaça azulada - cujo cheiro doce não consegue encobrir o profundo fedor de mijo, vinho azedo e carne podre. [1]

O espaço é muito maior do que parece de fora, estendendo-se para a direita e para a esquerda pelos casebres vizinhos. O que visto da rua parece ser uma dúzia de estruturas transforma-se em um longo salão do lado de dentro. Existe uma arena no fundo do salão, onde homens nus cortam um ao outro com facas enquanto os observadores torcem. [1]

Adega subterrânea

Após Quentyn Martell e seus dois companheiros entrarem na Lótus Púrpura, uma porta que não haviam notado antes se abrira, e Zahrina apareceu. Ela gesticulou-lhes a uma escadaria de madeira, íngreme e sinuosa. O caminho é tão escuro que Quentyn teve que se segurar na parede para evitar escorregar. [1]

Já no chão, Quentyn e seus companheiros chegaram a um salão de tijolos abobadado, três vezes o tamanho da adega acima. Imensos tonéis de madeira cobriam as paredes, tanto quanto se pode ver. Uma lanterna vermelha estava pendurada em um ganho atrás da porta e uma vela preta gordurosa tremeluzia em um barril virado que servia de mesa. Essa era a única luz. [1]

Caggo Matacadáver andava pelos tonéis de vinho, Bela Meris segurava uma besta, e Denzo D'han trancou a porta assim que os dorneses entraram, e então tomou posição diante dela. O Príncipe Esfarrapado estava sentado na mesa, acariciando um copo de vinho. [1]

Eventos Recentes

Info Aviso: Esta seção contém revelações sobre o enredo (spoilers).

A Dança dos Dragões

O encontro clandestino entre o Príncipe Esfarrapado e Quentyn Martell aconteceu na adega subterrânea da Lótus Púrpura. [1]

Referências e Notas

  1. 1,0 1,1 1,2 1,3 1,4 1,5 1,6 1,7 1,8 A Dança dos Dragões, Capítulo 60, O Pretendente Rejeitado.


Nota: Esta página utiliza conteúdo da A Wiki Of Ice And Fire. O conteúdo original está aqui em Purple Lotus. A lista de autores pode ser vista no histórico da página.