Ações

Gerris Drinkwater

Brasão Ausente.png
Gerris Drinkwater
Soprados Pelo Vento.png
250px-Gerris.jpg
Gerris Drinkwater© por The Mico
Apelido(s) Drink
Gerold Dornês
Título Sor
Lealdade Casa Drinkwater
Soprados Pelo Vento
Cultura Dornes
Nascimento Em 275 d.C.
Aparece

Sor Gerris Drinkwater é um cavaleiro da Casa Drinkwater e amigo de longa data do Príncipe Quentyn Martell, a quem ele acompanha em sua jornada até Meereen.

Aparência e características

Veja também: Imagens de Gerris Drinkwater

Gerris é cerca de seis anos mais velho que o Príncipe Quentyn Martell.[1] Ele é alto,[1][2][3] rápido,[4] bonito,[2] magro,[1][2][3] gracioso,[1] agradável, com a graça de um espadachim e a sagacidade de um cortesão.[3] Ele tem sorridentes olhos azul-esverdeados,[2][1] Seu cabelos são da cor de areia[1] ensolarada,[2] como se fossem riscados pelo sol,[3] também tem um sorriso atraente[2] e provocante.[3] Apesar de suas qualidades, Sor Barristan Selmy não gosta de Sor Gerris,[5] chamando-o de “moeda falsa”, pois já havia conhecido muitos homens assim antes.[3] Gerris é excessivamente autoconfiante, a ponto de não imaginar que pudesse falhar ou morrer, sempre com ar de superioridade e uma confiança que beirava a arrogância.[1] De natureza ousada e comunicativa, Sor Gerris consegue encontrar maneiras de se fazer compreendido, mesmo quando não falava uma língua específica e raramente se sente pouco à vontade.[1]

História

Gerris uma vez levou Quentyn Martell e cinco amigos para as Montanhas Vermelhas para encontrar o covil do Rei Abutre.[1] O primeiro beijo de Quentyn foi com uma das irmãs gêmeas de Gerris.[1]

Eventos recentes

Info Aviso: Esta seção contém revelações sobre o enredo (spoilers).

A Dança dos Dragões

Sor Gerris, Sor Archibald Yronwood, Sor Cletus Yronwood, Sor Willam Wells e Meistre Kedry acompanharam o Príncipe Quentyn Martell em sua missão de casar-se com a Rainha Daenerys Targaryen. Eles são forçados a se defender de corsários perto das Terras Disputadas, onde Sor Cletus Yronwood, Sor Willam Wells e Meistre Kedry acabam morrendo.[1]

Em Volantis, Gerris finge ser um comerciante procurando por um navio para levá-los até Meereen. O único capitão a aceitá-los é o mestre de "Aventura", mas os dorneses temem que ele possa trai-los, então eles juntam-se aos mercenários conhecidos como Soprados pelo Vento, que foram contratados por Yunkai para o Segundo Cerco de Meereen.[4] Tendo vendido suas armaduras em Volantis, os Dorneses recebem equipamentos usados pelos Soprados pelo Vento, sendo que a armadura de Gerris inferior ao de seus companheiros, Quentyn e Sor Archibald Yronwood. Entre os mercenários Gerris é conhecido inicialmente como Gerrold Dornese, para se diferenciar de Gerrold Costas Vermelhas e Negro Gerrold, mas posteriormente foi chamado de Drink, depois que Archibald acidentalmente o chama assim.[4]

Os Soprados pelo Vento navegam de Volantis e lutam no Cerco de Astapor.[4] Os três planejam desertar depois de chegarem a Yunkai, mas o líder dos Soprados pelo Vento, o Príncipe Esfarrapado, convoca-os e outros exilados e mercenários de origem westerosi, para secretamente se desvencilhar de Yunkai e se juntar ao serviço da Rainha Daenerys Targaryen, para garantir que os Soprados pelo Vento ainda estarão no lado vencedor, caso Yunkai não consiga vencer Daenerys Targaryen.[4]

Os dorneses e o grupo de “falsos desertores” são capturados pelos Corvos Tormentosos e chegam a Meereen.[6] Os dorneses se apresentam a Rainha Daenerys, sendo Gerris é o primeiro a dizer seu nome verdadeiro. Sor Gerris fica furioso quando Daario Naharis zomba do Príncipe Quentyn Martell, e o cavaleiro tenta sem sucesso convencer Rainha Daenerys a não se casar com Hizdahr zo Loraq.[2] Os dorneses assistem ao banquete de Hizdahr, mas estão sentados longe do Rei. Príncipe Quentyn recusa a sugestão da Rainha Daenerys de deixarem Meereen.[7]

Depois da fuga da Rainha Daenerys da Arena de Daznak nas costas de Drogon,[8] Sor Barristan Selmy considera que sua rainha poderia não ter se casado com Hizdahr se Gerris fosse o Príncipe de Dorne, por considerar Quentyn menos bonito e atraente. Sor Barristan aconselha os três dorneses a voltarem para Westeros e esquecerem o pacto secreto de casamento, mas Gerris rejeita o conselho e diz que não tem medo de Hizdahr.[3]

Príncipe Quentyn espera ser capaz de domar um dragão de Daenerys, já que tem uma alguma ascendência da Casa Targaryen. Embora Sor Gerris tente dissuadir o Príncipe de várias formas, Quentyn está determinado. Em troca de Pentos, o Príncipe Esfarrapado concorda ajudar Quentyn.[9]

Quando os Dorneses e os Soprados pelo Vento se infiltram na Grande Pirâmide, Sor Gerris salva Príncipe Quentyn da lança de um dos guarda. Quando Quentyn tenta domar Viserion, Gerris e Archibald tentam avisá-lo sobre o outro dragão, Rhaegal, que estava nas suas costas e acaba queimando o príncipe.[10] Os Soprados pelo Vento fogem, mas Gerris e Archibald são presos pelos Bestas de Bronze. Sor Gerris fica em choque com o que aconteceu com Príncipe Quentyn que ele deixa cair a espada no momento em que os guardas aparecem, sem oferecer resistência. Príncipe Quentyn sucumbe aos ferimentos depois de três dias.[5]

Uma vez que Rhaegal e Viserion foram soltos, Symon Costaslistradas e Skahaz mo Kandaq querem que Sor Gerris e Sor Archibald sejam enforcados enquanto o Gato Malhado quer matá-los nas Arenas de Luta.[5] Quando Sor Barristan vai até os prisioneiros Dorneses, Sor Gerris culpa a Rainha Daenerys pelo que aconteceu com Príncipe Quentyn, dizendo que suas ações forçaram o príncipe a arriscar sua vida para conquistá-la. Sor Barristan diz que eles deveriam ser enforcados, mas ele poderia arrumar um navio para eles levarem os ossos do Príncipe Quentyn até Dorne, mas em troca, Sor Barristan Selmy quer que eles informem ao Príncipe Esfarrapado que Barristan entregará Pentos para ele se os reféns Daario Naharis, Jhogo e Herói forem devolvidos para Meereen. Embora Sor Gerris esteja cético, Sor Archibald aceita a proposta.[5]

Citações

Citações sobre Gerris Drinkwater

Alto e sério, com olhos azul-esverdeados, cabelo cor da areia iluminada pelo sol e um corpo magro e gracioso, Gerris Drinkwater tinha um ar de superioridade, uma confiança que beirava a arrogância. Nunca parecia pouco à vontade e, mesmo quando não falava uma língua, encontrava maneiras de se fazer compreendido.[1]
Quentyn Martell
Isso ainda é só um jogo para ele, em nada diferente da vez em que levou seis de nós para as montanhas, para encontrar o antigo covil do Rei Vulture.[1]
Quentyn Martell
Não era da natureza de Gerris Drinkwater imaginar que pudessem falhar, e muito menos que pudessem morrer. Mesmo a morte dos três amigos não servira para corrigi-lo, ao que parecia. Ele deixa isso para mim. Sabe que minha natureza é tão cautelosa quanto a dele é ousada.[1]
Quentyn Martell
Tenho dezoito, seis anos mais jovem que você.[1]
Quentyn Martell
Gerris, rápido como sempre, foi o primeiro a ficar totalmente vestido, Arch um pouco depois.[4]
Quentyn Martell
Gerrold era um jovem alto e magro, com riscos de sol em seu cabelo e sorridentes olhos azul-esverdeados. Este sorriso já ganhou o coração de muitas donzelas, aposto.[2]
Daenerys Targaryen
Sor Gerris era o que seu príncipe não era; alto, esbelto e agradável, com a graça de um espadachim e a sagacidade de um cortesão. Selmy não duvidava que muitas donzelas dornenses haviam corrido os dedos por aqueles cabelos riscados pelo sol e beijado aquele sorriso provocante que ele tinha nos lábios. Se esse aí fosse o príncipe, as coisas poderiam ter sido diferentes, não podia deixar de pensar... mas havia algo agradável demais em Drinkwater para o gosto dele. Moeda falsa, o velho cavaleiro pensou. Havia conhecido muitos homens assim antes.[3]
Barristan Selmy
Sor Barristan não gostava de Gerris Drinkwater e não permitiria que ele caluniasse Daenerys.[5]
Barristan Selmy

Sobre a página

Esta página utiliza conteúdo baseado em Gerris Drinkwater, um artigo de A Wiki Of Ice And Fire.

Referências