Arthur Dayne

De Gelo e Fogo wiki
Ir para: navegação, pesquisa
Dayne.png
Arthur Dayne
Guarda Real.png
Arthur Dayne by Fadly Romdhani.jpg
Sor Arthur Dayne, por Fadly Romdhani ©
Apelido(s) A Espada da Manhã
Título Cavaleiro
Lealdade Guarda Real
Casa Dayne
Morte Em 283 d.C., em Torre da Alegria
Mencionado
Mencionado
Mencionado
Mencionado
Mencionado

GoT Logo.jpg
Arthur Dayne.png
Interpretado(a) por Luke Roberts
Aparições 6ª Temporada
Apareceu em 1 episódio (ver seção)

Sor Arthur Dayne, conhecido pelo título de Espada da Manhã, foi um famoso e lendário cavaleiro e membro da Guarda Real de Aerys II. Na série de televisão foi interpretado pelo ator Luke Roberts.

Sobre o personagem

Veja também: Imagens de Arthur Dayne
Arthur Dayne, por Тхе Мичо ©

Não se sabe sobre sua aparência ou idade, mas sabemos que Sor Arthur foi um grande e renomado guerreiro, sendo considerado o mais mortífero dos sete cavaleiros da Guarda Real de Aerys II[1] e muitos o consideraram o guerreiro mais cavalheiresco dos Sete Reinos,[2] sendo admirado por todo o reino e muitos jovens escudeiros se espelharam nele, tal qual o jovem Jaime Lannister que idolatrava Sor Arthur e queria ser um cavaleiro a imagem dele.[3]

Sor Arthur foi o mais formidável e próximo de todos os amigos e aliados de Príncipe Rhaegar.[4][5][2]

Além de ser famoso por sua perícia e habilidade com a espada,[6][3] Sor Arthur era ímpar com a lança e o cavalo[7] e sempre se destacava muito nas justas,[8][9] vencendo alguns torneios.[2] Ao listar vários homens que tinham um físico superior à ele próprio, Sor Jaime Lannister lembra que Sor Arthur era fisicamente muito forte também.[10]

Sendo um Espada da Manhã, a arma de Sor Arthur era a única e poderosa Alvorada, uma espada forjada do coração de uma estrela cadente[6] com uma cor clara como vidro leitoso e incrivelmente forte, afiada e durável, características essas presentes somente nas lâminas valirianas, mesmo que a Alvorada não seja Aço Valiriano.[11] Sor Arthur levava-a em suas costas,[12] provavelmente por causa do seu tamanho. Quando perguntaram para George R. R. Martin quem venceria uma luta entre Sor Arthur Dayne e Sor Barristan Selmy, ele responde que Arthur venceria apenas se tivesse equipado com a Alvorada, mas se ambos os cavaleiros estivessem igualmente equipados, seria uma luta imprevisível, sugerindo que ambos estavam no mesmo nível de habilidade.[13] Quando perguntaram a George R. R. Martin quem seria seu campeão em um Julgamento por combate, ele afirmou que escolheria Sor Arthur Dayne se estivesse vivo ainda, então escolheu Brienne de Tarth.[14]

História

Arthur Dayne, por Henning Ludvigsen ©

Entre 280 d.C. e 281 d.C. Sor Arthur liderou o exército que derrotou a Irmandade da Mata de Rei,[2] pois o Senhor Comandante Gerold Hightower foi ferido por uma flecha disparada por Ulmer da Mata de Rei enquanto escoltava a Princesa Elia Martell.[15] Ele fez com que os camponeses ganhassem sua confiança e o amassem, pagando pelo que ele e suas forças tomaram e levando suas queixas diante do rei Aerys II Targaryen, lhes conquistando, assim, alguns direitos que antes não tinham, fazendo com que o povo da floresta se virasse contra Simon Toyne e a Irmandade da Mata do Rei.[16] No fim, ele matou o Cavaleiro Sorridente em um combate singular e acabou com a ameaça da Irmandade. Após a vitória, ele fez Jaime Lannister um cavaleiro, que no futuro seria um irmão juramentado da Guarda Real.[17][3][16]

Sor Arthur foi o campeão do Torneio em Honra do Nascimento de Viserys em 276 d.C. derrotando Príncipe Rhaegar na justa final.[2] Ele quebrou doze lanças contra o Príncipe Rhaegar Targaryen em um torneio disputado em Ponta Tempestade, perdendo para o Príncipe. [9] No Torneio em Harrenhal, em 281 d.C., ele foi derrotado pelo Príncipe Rhaegar de novo.[8][2]

De acordo com uma fonte semi-canônica, Sor Arthur, junto com seu outro irmão, Sor Oswell Whent, ajudou Príncipe Rhaegar no sequestro de Lyanna Stark perto de Harrenhal quando o Ano da Falsa Primavera estava terminando.[18] A Rebelião de Robert começou pouco depois.

Sor Arthur Dayne, Sor Oswell Whent e Sor Gerold Hightower não participaram de várias batalhas importantes ao londo da Rebelião de Robert, onde muitos membros importantes da Casa Targaryen pereceram, como na Batalha do Tridente ou do Saque de Porto Real.[12] No entanto, quando Lorde Eddard Stark reuniu seus companheiros para ir atrás de sua irmã Lyanna na Torre da Alegria, os três cavaleiros da Guarda Real estavam lá. Sor Arthur morreu na Batalha da Torre da Alegria ao lado de seus três irmãos juramentados contra Lorde Eddard Stark, Howland Reed, Lorde Willam Dustin, Ethan Glover, Martyn Cassel, Theo Wull e Sor Mark Ryswell, mas as circunstâncias exatas de sua morte são desconhecidas: Alguns dizem que Lorde Eddard matou Sor Arthur em um combate singular,[1][11] mas isso é contraditório com o que Ned diz para seu filho Bran, afirmando que Howland Reed salvou sua vida na ocasião.[6] Os únicos sobreviventes dessa batalha foram Lorde Eddard e Howland Reed e enterraram Sor Arthur em uma colina próxima, usando pedras da Torre para construir seu túmulo.[12] Lorde Eddard volta até Tombastela, cede da Casa Dayne, para devolver a espada Alvorada para sua irmã, Senhora Ashara Dayne,[1] em sinal de respeito.[19]

Dayne é relembrado não só como um cavaleiro extremamente habilidoso mas como um valente e verdadeiro cavaleiro.[3][4][6] Lorde Eddard Stark, Jaime Lannister e Barristan Selmy se lembram de Sor Arthur Dayne como nada menos do que um respeito absoluto tanto para o homem como sua lenda.

Eventos recentes

Info Aviso: Esta seção contém revelações sobre o enredo (spoilers).

A Guerra dos Tronos

Lorde Eddard Stark tem sonhos febris sobre com Sor Arthur Dayne na Batalha da Torre da Alegria.[12]

A Fúria dos Reis

Bran se lembra que Lorde Eddard Stark disse que Sor Arthur Dayne foi o maior cavaleiro que que ele já viu.[6]

A Tormenta de Espadas

Arstan fala sobre a amizade de Sor Arthur e Príncipe Rhaegar.[4]

Edric Dayne fala para Arya Stark que Sor Arthur era seu tio.[20]

Descansando em um Represeiro, Sor Jaime Lannister sonha com Brienne de Tarth e ele próprio sendo visitados pelas sombras de Sor Arthur, Sor Oswell, Sor Gerold, Sor Jon Darry, Príncipe Lewyn Martell e Príncipe Rhaegar Targaryen nas profundezas de Rochedo Casterly.[21]

Lendo o Livro Branco da Guarda Real, Sor Jaime Lannister se lembra Sor Arthur e de sua disputa com o Cavaleiro Sorridente.[3]

O Festim dos Corvos

Sor Jaime Lannister se lembra quando passou de vigília em um pequeno septo antes de ser armado cavaleiro por Sor Arthur, que o diz que todo cavaleiro deve sangrar.[22]

Princesa Myrcella Baratheon se lembra de Sor Arthur quando é apresentada a Gerold Dayne.[23]

Irritada com a fama de Sor Loras Tyrell, a Rainha Cersei Lannister cita vários cavaleiros que eram superiores ao Cavaleiro das Flores, mencionando sor Arthur dentre vários outros.[7]

Em uma conversa com Amerei Frey sobre a ameaça da Irmandade Sem Bandeiras, Sor Jaime Lannister menciona os feitos de Sor Arthur ao colocar o povo contra a Irmandade da Mata de Rei.[16]

A Dança dos Dragões

Sor Jon Connington pensa que até mesmo Sor Arthur Dayne aprovaria a formação do acampamento da Companhia Dourada.[24]

Sor Barristan Selmy lembra que Príncipe Rhaegar Targaryen nunca confiou nele como confiou em Sor Arthur.[5]

Citações

Citações de Arthur Dayne

Gerold: (…) A Guarda Real não foge.

Arthur: Nem ontem, nem hoje.

Gerold: Fizemos um juramento.

Arthur: E hoje começa.

Eddard: Não. Hoje termina.[12]

— conversa pouco antes do derramamento de sangue na Batalha da Torre da Alegria
Cavaleiro Sorridente: A que eu quero é essa sua espada branca.

Arthur: Então vai obtê-la, sor.[3]

— conversa entre Cavaleiro Sorridente e Sor Arthur Dayne
Todos os cavaleiros têm de sangrar, Jaime. O sangue é o selo de sua devoção.[22]
— Sor Arthur para Sor Jaime Lannister

Citações sobre Arthur Dayne

Segredavam sobre Sor Arthur Dayne, a Espada da Manhã, o mais mortífero dos sete cavaleiros da Guarda Real de Aerys, e sobre o modo como seu jovem senhor o tinha matado em combate singular. E contavam como Ned levara depois a espada de Sor Arthur à bela jovem irmã que o esperava num castelo chamado Tombastela, na costa do Mar do Verão.[1]
Catelyn Stark
Brandon caiu perante ele, tal como Bronze Yohn Royce e até o magnífico Sor Arthur Dayne, a Espada da Manhã.[8]
Eddard Stark sonhando quando Sor Arthur foi desmontado por Rhaegar Targaryen no Torneio em Harrenhal
Eddard: Não são mais. Mas, antigamente, foram uma maravilha, uma brilhante lição para o mundo.

Bran: Havia algum que fosse o melhor de todos?

Eddard: O melhor cavaleiro que já vi foi Sor Arthur Dayne, que lutava com uma lâmina chamada Alvorada, forjada do coração de uma estrela caída. Chamavam-no Espada da Manhã, e teria me matado se não fosse Howland Reed.[6]

Eddard Stark falando sobre a Guarda Real
Barristan: O escudeiro do Príncipe Rhaegar foi Myles Mooton, e depois Richard Lonmouth. Quando ganharam suas esporas, foi ele mesmo quem os armou cavaleiros, e permaneceram companheiros próximos. O jovem Lorde Connington também era caro ao príncipe, mas seu amigo mais antigo era Arthur Dayne.

Daenerys: A Espada da Manhã! Viserys costumava falar de sua maravilhosa lâmina branca. Dizia que Sor Arthur era o único cavaleiro no reino capaz de se igualar a nosso irmão.

Barristan: Não me cabe questionar as palavras do Príncipe Viserys.[4]

Barristan Selmy disfarçado de Arstan Barba-Branca falando sobre Rhaegar Targaryen e Sor Arthur Dayne
Eu conquistei o meu grau de cavaleiro. Nada me foi dado. Ganhei uma luta corpo a corpo num torneio com treze anos, quando ainda era escudeiro. Aos quinze, acompanhei Sor Arthur Dayne contra a Irmandade da Mata de Rei, e ele armou-me cavaleiro no campo de batalha. Foi aquele manto branco que me conspurcou, e não o contrário. Portanto, poupe-me de sua inveja. Foram os deuses que se esqueceram de lhe dar uma pica, não fui eu.[17]
— Sor Jaime Lannister irritado com Brienne de Tarth conta que foi armado cavaleiro pelo próprio Sor Arthur Dayne
Perceber aquilo gelou-o. Robert tinha sido mais forte do que ele, certamente. Touro Branco e Gerold Hightower, em seu apogeu, também, bem como Sor Arthur Dayne. Entre os vivos, GrandeJon Umber era mais forte, Javali Forte de Crakehall muito provavelmente também, ambos os Clegane com toda a certeza. A força da Montanha não tinha nada de humano. Não importava. Com velocidade e perícia, Jaime era capaz de derrotar todos eles. Mas aquilo era uma mulher.[10]
Jaime Lannister lista vários cavaleiros que eram mais fortes fisicamente que ele
Barristan: Quando era novo, Sua Graça participou brilhantemente num torneio em Ponta Tempestade, derrotando Lorde Steffron Baratheon, Lorde Jason Mallister, a Víbora Vermelha de Dorne e um cavaleiro misterioso, que se revelou ser o infame Simon Toyne, chefe dos fora da lei da mata do rei. Quebrou doze lanças contra Sor Arthur Dayne nesse dia.

Daenerys: Então foi ele o campeão?

Barristan: Não, Vossa Graça. Essa honra foi para outro cavaleiro da Guarda Real, que derrubou o Príncipe Rhaegar na disputa final.[9]

— Sor Barristan falando sobre o Torneio em Ponta Tempestade
E resistiu contra o Cavaleiro Sorridente, embora tivesse sido Sor Arthur quem o matou. Que luta foi essa e que adversário. O Cavaleiro Sorridente era um louco, uma mistura de crueldade e cavalaria, mas não conhecia o significado do medo. E Dayne, com a Alvorada na mão... No fim, a espada do fora da lei tinha tantos entalhes que Sor Arthur parou para permitir que ele fosse buscar outra.[3]
— Sor Jaime Lannister lembrando da luta entre Sor Arthur Dayne e Cavaleiro Sorridente
Aquele rapaz queria ser Sor Arthur Dayne, mas em algum ponto ao longo do caminho transformou-se no Cavaleiro Sorridente.[3]
— Sor Jaime Lannister lamentando sobre seu passado e sobre o que havia se tornado
Aprendi com Sor Arthur Dayne, a Espada da Manhã, que conseguiria matar vocês cinco com a mão esquerda enquanto mijava com a direita.[3]
Jaime Lannister para Loras Tyrell.
Jaime: Ele conhece seus deveres, e não há melhor lanceiro...

Cersei: Você era melhor, antes de perder a mão. Sor Barristan também, quando era novo. Arthur Dayne era melhor, e Príncipe Rhaegar faria frente até a ele. Não me venha com disparates sobre a ferocidade da Flor. Ele não passa de um rapaz.[7]

Cersei Lannister e Jaime Lannister falando sobre Loras Tyrell
Amerei: Podia matar Lorde Beric, Sor Jaime. Matou o Cavaleiro Sorridente. Por favor, senhor, suplico-lhe, fique e nos ajude com Lorde Beric e Cão de Caça.

Jaime: Foi o Espada da Manhã quem matou o Cavaleiro Sorridente, senhora. Sor Arthur Dayne, um cavaleiro melhor do que eu.[16]

Amerei Frey implorando a Sor Jaime Lannister que ajude a capturar Beric Dondarrion
Foi assim que Arthur Dayne agiu quando avançou contra a Irmandade da Mata de Rei. Pagou aos plebeus por aquilo que comeu, levou suas queixas ao Rei Aerys, expandiu as pastagens em volta de suas aldeias, até lhes conquistou o direito de derrubar certo número de árvores todos os anos e abater alguns dos veados do rei durante o outono. O povo da floresta tinha se virado para Toyne para defendê-lo, mas Sor Arthur fez mais por eles do que a Irmandade alguma vez podia almejar fazer e os conquistou para o seu lado.[16]
— Sor Jaime Lannister
Era um acampamento que talvez até Arthur Dayne tivesse aprovado: compacto, ordenado, defensível.[24]
Jon Connington
O Príncipe de Pedra do Dragão nunca confiara nele como confiara em Arthur Dayne.[5]
Barristan Selmy
Lá, sentado em seu trono entre centenas de notáveis, à sombra do Rochedo Casterly, o rei aplaudiu vigorosamente quando seu filho, o príncipe Rhaegar, recém-ordenado cavaleiro, desmontou tanto Tyggett quanto Gerion Lannister, e até superou o galante Sor Barristan Selmy, antes de cair na justa final para o renomado cavaleiro da Guarda Real, Sor Arthur Dayne, o Espada da Manhã.[2]
— Sor Arthur derrubando Príncipe Rhaegar Targaryen
O título de cavaleiro de Jaime fora conquistado durante a campanha de Sor Arthur contra os fora da lei conhecidos como Irmandade da Mata de Rei, e ninguém podia duvidar de sua capacidade.[2]
— Sor Arthur nomeou Jaime Lannister como cavaleiro enquanto liderava o exército do Rei contra a Irmandade da Mata do Rei
Mas o mais formidável de todos os amigos e aliados de Rhaegar em Porto Real certamente era Sor Arthur Dayne, a Espada da Manhã.[2]
— Trecho de O Mundo de Gelo e Fogo
O mais famoso de todos foi Sor Arthur Dayne, o mais mortal da Guarda Real do rei Aerys II, que derrotou a Irmandade da Mata de Rei, e ganhava renome em todo torneio corpo a corpo. Morreu nobremente com seus irmãos juramentados no fim da Rebelião de Robert, segundo dizem, depois que Lorde Eddard Stark o derrotou em combate singular.[11]
— Alguns dos relatos sobre a morte de Sor Arthur

Família

 
 
 
 
 
 
Dayne
desonhecido
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Dayne
desconhecido
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Dayne
desconhecido
 
{Ashara}
 
 
{Arthur}
 
Allyria
 
 
Gerold
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Edric
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Na série de televisão

Veja também: Imagens de Arthur Dayne em Game of Thrones

Aparições

Aparições na 6ª Temporada de Game of Thrones
The Red Woman Home Book of the Stranger The Door
Blood of My Blood The Broken Man No One Battle of the Bastards The Winds of Winter

Sobre a página

Esta página utiliza conteúdo baseado em Arthur Dayne, um artigo de A Wiki Of Ice And Fire.

Referências

  1. 1,0 1,1 1,2 1,3 A Guerra dos Tronos, Capítulo 6, Catelyn.
  2. 2,0 2,1 2,2 2,3 2,4 2,5 2,6 2,7 2,8 O Mundo de Gelo e Fogo, Aerys II.
  3. 3,0 3,1 3,2 3,3 3,4 3,5 3,6 3,7 3,8 A Tormenta de Espadas, Capítulo 67, Jaime.
  4. 4,0 4,1 4,2 4,3 A Tormenta de Espadas, Capítulo 8, Daenerys.
  5. 5,0 5,1 5,2 A Dança dos Dragões, Capítulo 67, O Derrubador de Reis.
  6. 6,0 6,1 6,2 6,3 6,4 6,5 A Fúria dos Reis, Capítulo 21, Bran.
  7. 7,0 7,1 7,2 O Festim dos Corvos, Capítulo 24, Cersei.
  8. 8,0 8,1 8,2 A Guerra dos Tronos, Capítulo 58, Eddard.
  9. 9,0 9,1 9,2 A Tormenta de Espadas, Capítulo 42, Daenerys.
  10. 10,0 10,1 A Tormenta de Espadas, Capítulo 21, Jaime.
  11. 11,0 11,1 11,2 O Mundo de Gelo e Fogo, Reinos dos Primeiros Homens.
  12. 12,0 12,1 12,2 12,3 12,4 A Guerra dos Tronos, Capítulo 39, Eddard.
  13. So Spake Martin: The Sword of the Morning vs. Barristan the Bold, September 02, 2011
  14. Gelo e Fogo: Quem são os melhores guerreiros de Westeros?
  15. A Tormenta de Espadas, Capítulo 33, Samwell.
  16. 16,0 16,1 16,2 16,3 16,4 O Festim dos Corvos, Capítulo 30, Jaime.
  17. 17,0 17,1 A Tormenta de Espadas, Capítulo 11, Jaime.
  18. O Mundo de Gelo e Fogo, O Ano da Falsa Primavera.
  19. O Mundo de Gelo e Fogo, A Chegada dos Ândalos.
  20. A Tormenta de Espadas, Capítulo 43, Arya.
  21. A Tormenta de Espadas, Capítulo 44, Jaime.
  22. 22,0 22,1 O Festim dos Corvos, Capítulo 8, Jaime.
  23. O Festim dos Corvos, Capítulo 21, A Fazedora de Rainhas.
  24. 24,0 24,1 A Dança dos Dragões, Capítulo 24, O Senhor Perdido.