Ações

Deria Martell

Martell.png
Deria Martell
Martell.png
Deria Martell.jpg
Deria Martell, por AileLletram ©.
Título Princesa de Dorne
Lealdade Casa Martell
Cultura Dornesesa
Livro(s) The Sons of the Dragon (mencionada)
Outros livros
Mencionada

Deria Martell foi a Princesa reinante de Dorne durante o período final do reinado de Aegon I e durante o governo de Aenys I Targaryen nos Sete Reinos.

História

Veja também: Imagens de Deria Martell

A Primeira Guerra Dornesa

A princesa Deria era neta da Princesa Reinante Meria Martell, a "Sapo Amarela de Dorne". Após a morte de Meria em 13 d.C., o pai de Deria, Nymor, assumiu o poder em Dorne. Naquele momento, a Primeira Guerra Dornesa já estava em andamento havia quase uma década e Nymor queria paz. Ele enviou Deria com uma delegação para Porto Real, carregando o crânio do dragão Meraxes e uma oferta de trégua. Muitos na corte real Targaryen viram o gesto de levar a cabeça do animal como uma desfeita, incluindo a rainha Visenya e o lorde Orys Baratheon. O lorde Oakheart sugeriu que Deria deveria ser enviada para o "pior dos bordéis para servir todos os homens que a quisessem".[1]

Deria assegurou ao rei Aegon I Targaryen que Dorne de fato queria paz, mas não jurariam fidelidade ao Trono de Ferro. Os conselheiros de Aegon I pediram para ele desconsiderar a oferta, afirmando que o rei pareceria fraco se aceitasse. Eles também imaginavam que os lordes da Campina e das Terras da Tempestade (históricos inimigos de Dorne) ficariam ofendidos por tal "paz".[1]

O rei Aegon estava pronto para recusar a oferta de Deria quando ela lhe mostrou uma carta de seu pai. Aegon leu a carta, sua mão apertando-a com tanta força que começou a sangrar. Ele então queimou a carta e voou imediatamente para Pedra do Dragão, montado em Balerion. Ele retornou na manhã seguinte, anunciando que aceitaria a oferta de paz dornesa e então firmou um tratado com Deria.[1]

A Caçada ao Abutre

Em algum ponto na década seguinte, o velho Príncipe Nymor faleceu e foi sucedido por Deria como Princesa de Dorne. Em 23 d.C., o rei Aegon e seu filho mais velho, Aenys, voaram para Lançassolar em seus dragões, Balerion e Quicksilver, para atender ao "banquete de amizade", com a Princesa Deria como anfitriã, para marcar os dez anos da assinatura do tratado de paz entre os Targaryens e os Martells.[2]

Em 37 d.C., Aenys sucedeu seu pai como rei e foi imediatamente desafiado por quatro rebeldes. Um dos maiores e mais ameaçadores líderes rebeldes foi o auto-proclamado "Rei Abutre" das Montanhas Vermelhas. A Princesa Deria publicamente repudiou o Rei Abutre, mas muitos acreditavam que ela secretamente o apoiava.[2][3]

Família

 
Meria
 
Esposo
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Nymor
 
Esposa
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Deria
 


Sobre a página

Esta página utiliza conteúdo baseado em Deria Martell, um artigo de A Wiki Of Ice And Fire.

Referências

  1. 1,0 1,1 1,2 O Mundo de Gelo e Fogo, Os Sete Reinos: Dorne, Dorne contra os Dragões.
  2. 2,0 2,1 Os Filhos do Dragão.
  3. O Mundo de Gelo e Fogo, Os Reis Targaryen: Aenys I.