Ações

Tanselle

Tanselle
Tanselle.jpg
Tanselle, por Amoka ©
Apelido(s) Tanselle Alta Demais
Cultura Dornesa
Aparece
Mencionada
Mencionada

Tanselle, chamada de Tanselle Alta Demais, foi uma pantomimeira Dornesa durante o reino de Daeron II Targaryen.

Aparência

Veja também: Imagens de Tanselle

Tanselle era magra, com seios pequenos. Ela tinha cabelos negros e pele verde-oliva.[1] Ela era mais alta do que a maioria das mulheres, apenas uma cabeça menor do que Duncan[1] (que media 2,10 metros).[2]

História

Tanselle e Dunk discutem seu novo símbolo, com a ajuda de Egg. Arte por Mike S. Miller.

Torneio de Vaufreixo

Tanselle e um grupo de pantomimeiros dorneses, incluindo seu tio, realizam uma apresentação de bonecos no Torneio de Vaufreixo em 209 d.C.. O tio de Tanselle criou os bonecos, e ela os pintou. Sua performance, inclui histórias de Florian e Jonquil, Nymeria e seus dez mil navios, Symeon Olhos-de-Estrela, e um cavaleiro derrotando um dragão.[1]

Depois de vê-la apresentar vários shows de bonecos, Sor Duncan, o Alto, pede a Tanselle para compartilhar um corno de cerveja com ele, mas ela recusa. Mais tarde ele a procura novamente e descobre suas habilidades com a pintura. Então, paga-lhe para pintar seu escudo com seu novo símbolo. Eles flertam um pouco, mas nada além disso.[1]

Na primeira noite do torneio, o Príncipe Aerion Targaryen vê os pantomimeiros performando a peça, e se ofende com a morte do dragão, chamando o espetáculo de traição. Aerion ordena que os bonecos sejam destruídos por seus homens, e começa a atacar os pantomimeiros; mas o escudeiro de Dunk, Egg (que é secretamente irmão de Aerion, o Príncipe Aegon) estava na apresentação, e corre em direção a Dunk dizendo que Aerion estava machucando Tanselle. Dunk chega a tempo de ver o príncipe quebrando um dos dedos de Tanselle, e vem a seu resgate, mas é levado como prisioneiro por ferir um príncipe real. [1]

Os pantomimeiros, incluindo Tanselle e seu tio, partem para Dorne rapidamente, mas ela deixa para trás o escudo pintado de Duncan aos cuidados de Pate de Aço.

Reino de Aerys I

Entre o fim de O Cavaleiro Andante e o começo de A Espada Juramentada, Dunk e Egg viajam por Dorne procurando por Tanselle. Eles visitam "uma centena" de pantomimas, mas quando eles deixam Dorne, Dunk desiste de encontrar Tanselle e até evita falar sobre ela. Não é afirmado se eles já a encontraram ou não, mas Dunk pensa que sonhou com ela (ao invés de sonhar com Rohanne Webber), e que eles nunca realmente tocaram um ao outro ou se beijaram, mesmo de forma casta.[2]

Na banquete de casamento da primeira noite do torneio de Alvasparedes, Dunk se pergunta onde Tanselle pode estar naquela noite, e se ela sequer pensa nele. Ele adormece na mesa e tem um sonho "agradável" envolvendo Tanselle e Rohanne Webber. Mais tarde, enquanto leva a noiva durante a cerimônia de cama, Dunk pensa em Tanselle e se pergunta se algum dia poderá encontrá-la novamente. Quando John o Violinista conta a Duncan sobre seu sonho em que ela era um membro da Guarda Real e pergunta se ele gostaria de ser um, Dunk pensa que ele poderá encontrar Tanselle novamente um dia e então terá uma esposa e filhos.[3]

Frases

Todos os homens são tolos, e todos os homens são cavaleiros.
— Tanselle (parafraseando Florian, o Bobo)[3]
Tanselle Alta Demais era o nome dela, mas ela não era alta demais para mim.
— Duncan o Alto[2]

Bastidores

Em novembro de 2016 na TusCon 43, George R. R. Martin disse que há uma boa chance de Tanselle aparecer nas futuras histórias de Dunk e Egg.[4][5]

Referências