Loras Tyrell

De Gelo e Fogo wiki
Ir para: navegação, pesquisa
Tyrell de Jardim de Cima.png Loras Tyrell.png Loras
Tyrell
Guarda Arco-Íris.png Guarda Real.png
Loras Tyrell Amoka.jpg
Loras Tyrell, por Amoka ©
Apelido(s) Cavaleiro das Flores
Título Sor
Lorde Comandante da Guarda Arco-Íris
Lealdade Casa Tyrell
Guarda Arco-Íris
Guarda Real
Cultura Campina
Nascimento Em 282 d.C., em Jardim de Cima, em Jardim de Cima
Aparece
Aparece
Aparece
Aparece
Mencionado

Loras-Tyrell.png

GoT Logo.jpg
Loras-Tyrell-HBO.jpg
Interpretado(a) por Finn Jones
Aparições 1ª Temporada | 2ª Temporada | 3ª Temporada | 4ª Temporada | 5ª Temporada| 6ª Temporada
Apareceu em 21 episódios (ver seção)

Sor Loras Tyrell é um cavaleiro da Casa Tyrell e o terceiro filho de Lorde Mace Tyrell. Conhecido como O Cavaleiro das Flores, é extremamente habilidoso nas justas e torneios. Suas vitórias em torneios, deslumbrante aparência e carisma o tornaram famoso nas cortes dos Sete Reinos. Na série de televisão é interpretado pelo ator Finn Jones.

Seu brasão pessoal são três rosas douradas sobre um campo verde, indicando-o como terceiro filho.[1][2]

Aparência e características

Veja também: Imagens de Loras Tyrell
Loras Tyrell, por Tхе Мичо ©

Sor Loras é excepcionalmente bonito.[3][4] Seus cabelos são como uma massa de grandes caracóis castanhos[3] que lhe caiam sobre os olhos[5] e ombros.[6] Catelyn Stark afirma que muitas donzelas teriam inveja de seus cabelos.[4] Seus olhos são descritos como grandes[6] da cor castanha[7][6] como ouro líquido[3] que além de serem vivos e inteligentes,[4] também são brilhantes de insolência.[7] Sor Loras tem um sorriso doce e covinhas no rosto.[8] Sua pele é lisa e imaculada.[6] Tyrion, ao pensar sobre ele, o vê como bonito e já considerado uma lenda, sendo que metade das garotas dos Sete Reinos querem ir para a cama com ele e todos os garotos querem ser ele.[9]

Apesar de sua juventude e corpo esguio[5] como um junco[10] ou como uma espada,[7] ele também é ágil e está em forma.[7] Ele é um grande guerreiro, capaz de manejar espadas e machados e, mesmo sendo tão novo, sua fama se estende por toda Westeros, inclusive no longínquo Norte.[4] Sua fama é tamanha que muitos (inclusive Tyrion) o comparam a Sor Leo Espinholongo Tyrell, um dos maiores cavaleiros da história da Casa Tyrell, no entanto, Oberyn Martell não acredita nisso, já que a especialidade do Cavaleiro das Flores é com a lança e o cavalo nas justas.[11] É amado pelos plebeus, especialmente pelas mulheres. Apesar de cortês, ele é impulsivo[7][12] e sedento de glória,[13] o que o torna mau-humorado. Tyrion o considera um rapaz espinhoso.[9] Mas quando em um conversa o assunto se trata de habilidade de batalha, ele é arrogante e vaidoso,[13] além de imprudente e orgulhos.[7] Existem muitas semelhanças entre a personalidade de Sor Loras Tyrell e Jaime Lannister quando este era novo,[12] sendo que o próprio Sor Jaime sente-se como se estivesse falando com ele mesmo quando conversa com Sor Loras.[7] George R. R. Martin frequentemente lista Sor Loras entre os melhores cavaleiros de Westeros da atualidade ao lado de Sor Jaime Lannister, Sor Barristan Selmy, Sor Garlan Tyrell, Sor Gregor Clegane, Sandor Clegane.[14][15] Apesar de suas habilidades, ele não vê problemas em usar de artifícios não cavaleirescos para ganhar, como por exemplo usar uma égua no cio na justa do Torneio da Mão.[3][7]

Sansa Stark possui uma forte atração por Loras,[8][16][17] achando-o gracioso e dono de olhos maravilhosos.[8] Ela acha que ele parece ainda melhor trajando o branco da Guarda Real ao invés do verde e dourado da Casa Tyrell.[8] No entanto, seu irmão, Sor Garlan Tyrell não acha que Sor Loras seria um marido tão bom quando Tyrion Lannister.[17]

De acordo com fontes não canônicas, Sor Loras é apaixonado por Renly Baratheon, [18] e seu pai, Lorde Mace, e sua avó, Senhora Olenna, estão cientes de sua sexualidade.[19]

De acordo com Petyr Baelish e Tyrion Lannister, Loras é o filho favorito de Mace.[20]

Antes de vestir a tradicional armadura da Guarda Real, Sor Loras usava uma fabulosa armadura de prata caprichosamente polida e gravada com uma filigrana de sinuosas trepadeiras negras e minúsculos miosótis azuis, que na verdade eram safiras, além de usar um manto pesado que era feito de miosótis verdadeiros, centenas de flores frescas entrelaçadas numa pesada capa de lã.[10] Sua armadura foi feita por Tobho Mott.[21] Ele também usa cota de malha prateada e um elmo com uma crista de rosas douradas.[4] Mas sem armadura ele parece muito mais jovem do que realmente é a ponto de tanto Lorde Eddard Stark[22] como a Senhora Catelyn Stark[4] se lembrarem de seu filho Robb Stark.

História

Finn Jones como Loras e Gethin Antony como Renly, na série de TV.

Loras nascem em Jardim de Cima em 282 d.C.. Ele tem dois irmãos mais velhos, Willas Tyrell e Garlan Tyrell, e uma irmã mais nova, Margaery Tyrell. Em sua juventude, Loras foi criado em Ponta Tempestade, onde serviu como pajem e escudeiro de Renly Baratheon.[7][23] Supõe-se que foi nesse período que teve início o relacionamento secreto dos dois. Ele foi nomeado cavaleiro aos 15 anos de idade.[24]

Tobho Mott fez sua armadura em Porto Real.[21] Durante o Torneio do Dia do Nome de Joffrey Baratheon em 298 d.C. Sor Loras derrotou Sor Hosteen Frey[25] e Sor Jaime Lannister da Guarda Real nas justas.[26] O irmão de Renly, o Rei Robert I Baratheon, ganhou uma adaga de Aço Valiriano das vitórias de Sor Loras.[27]

Eventos recentes

Info Aviso: Esta seção contém revelações sobre o enredo (spoilers).

A Guerra dos Tronos

Loras Tyrell participa do Torneio da Mão, vestindo uma armadura coberta com jóias em formas florais e uma capa de rosas tecidas. Entre aqueles que venceu figuram Sor Robar Royce e três membros da Guarda Real. A cada vitória, entrega uma rosa branca para uma bela garota na platéia. Ele entrega para Sansa Stark, a filha da Mão do Rei, uma rosa vermelha, impressionando a garota com sua cortesia, que, desde então, apaixonou-se por ele.[3]

Apesar de ter uma reputação de muito galante, ele cavalga em uma égua no cio contra Sor Gregor Clegane, considerado, por alguns, uma tática espúria. A égua inflama os ânimos do garanhão do enorme cavaleiro, fazendo com que Sor Gregor Clegane perca o controle de seu cavalo na justa contra Loras. Tomado pela fúria, O Montanha que cavalga decapita seu cavalo e parte para cima de Loras com intenção assassina, mas Sandor interpõe-se entre ambos e ataca Sor Gregor, salvando Sor Loras. A luta só tem fim após o Rei Robert Baratheon ordenar. Após o irmão da Montanha, Sandor Clegane, resgatá-lo do ataque, Loras desiste da partida final, dando a vitória ao Cão de Caça.[3]

Renly e Loras planejam secretamente para que o Rei Robert afaste a Rainha Cersei em favor da irmã de Loras, Margaery.[28] Renly mostra a Lorde Eddard Stark um retrato da garota na esperança que se assemelhasse com a irmã de Eddard, Lyanna, mas não foi o caso e isso só causou muita estranheza por parte de Lorde Eddard que não sabia o que pensar sobre Renly.[21]

Quando Ned Stark, sentando no Trono de Ferro no lugar do Rei como Mão do Rei, envia um grupo liderado por Beric Dondarrion para matar Gregor Clegane, Sor Loras fica desapontado por não ter sido escolhido para a missão, mesmo depois de se voluntariar tão fervorosamente e ter sido negado pela Mão, por ser jovem e não temer sua morte pelas mãos de Sor Gregor Clegane.[22]

Loras é mencionado por Petyr Baelish como um possível aliado para Lorde Stark contra Cersei na crise de sucessão após a morte de Robert, mas Ned decide que a ajuda viria da Patrulha da Cidade de Porto Real. Quando Renly foge de Porto Real após Eddard ter recusado sua oferta para tomar o poder, Sor Loras o acompanha em direção ao sul, junto a 50 homens. Varys suspeita que se dirijam a Ponta Tempestade ou a Jardim de Cima.[29] Depois que Joffrey Baratheon é coroado, Loras e Renly são nomeados entre os nobres que ele exige, deve jurar-lhe fidelidade ou ser acusado de traição.[30]

A Fúria dos Reis

Quando Renly apresenta sua reivindicação ao Trono de Ferro, Loras e o resto da Casa Tyrell o apoiam, cimentando este apoio pelo casamento de Margaery Tyrell e Renly, e pela indicação de Lorde Mace como sua Mão do Rei.[31] Seus exércitos reúnem-se em Jardim de Cima, e Renly indica Loras como Senhor Comandante de sua Guarda Arco-Íris, uma versão caprichosamente ostentativa da tradicional Guarda Real. Os dois permanecem inseparáveis mesmo após o casamento de Renly. Durante sua marcha, Renly organiza um grande torneio em Ponteamarga, com cento e dezesseis cavaleiros; Loras é un dos dois combatentes finais, porém perde para Brienne de Tarth, que recebe a última vaga na Guarda do Rei.[4]

Após a fracassada negociação com seu irmão Stannis, em Ponta Tempestade, Renly nomeia Loras como líder da vanguarda na batalha, escolhendo-o sobre Randyll Tarly, Guyard Morrigen, e muitos outros candidatos.[32] Quando os outros estão deixando o pavilhão de Renly, este pede a Loras que fique e ajude-o a orar.[33] Após o assassinato de Renly Baratheon,[33] Loras enlouquece, matando os dois Guardas Arco Íris responsáveis pela proteção do Rei naquela manhã, Sor Emmon Cuy e Sor Robar Royce, e também outro guarda.[20] Ele acredita que Brienne seja a assassina, junto a Catelyn Stark, mas não as consegue capturar. Ele retorna a Ponteamarga com sua família para planejar o destino da Campina; lá, os Tyrell capturam os dois cavaleiros que Stannis Baratheon havia enviado para recrutar a infantaria de Renly,[34]eram eles: Sor Parmen Crane e Sor Erren Florent.[35]

Com Renly morto, o Pequeno Conselho do Rei Joffrey Baratheon envia Petyr Baelish até a Ponteamarga com intenção de formar uma aliança.[20] Petyr vai até Ponteamarga e depois Jardim de Cima onde ele negocia a Alianças das Casas Lannisters e Tyrell, onde ele persuadi Lorde Mace Tyrell a nomear Loras como um membro da Guarda Real, sem nem mesmo Lorde Mace notar isso.[12] Lá ele também faz vários planos secretos com Olenna Tyrell para o futuro da Casa Tyrell.[12] Enquanto isso alguns cavaleiros que vieram de Ponteamarga informaram a Lorde Tywin Lannister sobre a Aliança Lannister-Tyrell e este foi ao encontro do exército de Mace Tyrell e eles se encontraram perto da nascente da Água Negra.[36]

Quando os Tyrell juntam-se a causa dos Lannister contra Stannis, Loras luta ao lado de seu irmão Garlan Tyrell, que veste a armadura de Renly (que era grande demais para Loras) para se passar pelo falecido Rei na Batalha do Água Negra.[7] Após a batalha, Sor Loras é indicado para um posto na Guarda Real do Rei Joffrey,[37] que era justamente a intenção de Petyr Baelish.[12]

A Tormenta de Espadas

Loras é indicado para a Guarda Real a pedido de seu pai, para proteger sua irmã Margaery Tyrell, quando ela se tornasse Rainha.[16] A indicação também permite a Loras evitar casamento, um aspecto complicado de sua ambígua sexualidade, e seu contínuo luto por Renly Baratheon. Ele rapidamente torna-se popular entre os cidadãos de Porto Real. Quando Tyrion Lannister pergunta porque ele se tornou um membro da Guarda Real, Loras diz que ele tinha poucas chances de herdar qualquer coisa, já que era o terceiro filho e quando o anão pergunta sobre um futuro amor ou casamento ele responde que depois que o sol se põe, a luz de uma vela não pode substituí-lo, fazendo referência a morte de Renly Baratheon.[9]

Sor Loras vai até Sansa Stark para levá-la como convidada de Olenna Tyrell e durante o caminho eles conversam. Sansa fica encantada com sua aparência e sua gentileza, mas quando menciona que ele deu uma rosa para ela após derrotar Sor Robar Royce no Torneio da Mão, Sor Loras se lembra imediatamente de ter matado Sor Robar Royce, culpando-o por não conseguir proteger Renly Baratheon da morte e depois disso todo o calor de sua voz acaba e a conversa fica mais seca.[8]

Durante suas celebrações de casamento com Tyrion Lannister, Sansa dança com o irmão de Loras, Sor Garlan. Embora Sansa não esteja feliz com o casamento, Sor Garlan diz que Tyrion seria um marido melhor do que Loras.[17]

Loras participa do casamento de Joffrey e sua irmã, Margaery Tyrell. Depois que Joffrey morre durante a festa do Casamento Púrpura, Rainha Cersei Lannister ordena que a Guarda Real prenda Tyrion.[38]

Quando Sor Jaime Lannister, o ausente Senhor Comandante da Guarda Real, retorna à capital, Loras reconhece Brienne entre seus companheiros e a confronta imediatamente a respeito da morte de Renly. Sob ordens de Jaime, Brienne é presa para salvá-la da fúria de Loras.[39] Quando Jaime conversa pessoalmente com Loras e outros membros da Guarda Real na Torre da Espada Branca, Sor Loras acredita que Sansa Stark é a culpada pela morte de Joffrey Baratheon. Loras também revela a Jaime que foi seu irmão Garlan quem usou a armadura de Renly Baratheon na Batalha da Água Negra, já que a armadura ficava grande demais para Loras usar. O Senhor Comandante da Guarda Real, Sor Jaime Lannister consegue convencer Loras conversar com Brienne de Tarth pessoalmente e escutar suas palavras sobre a morte de Renly Baratheon, para que a julgue com justiça, pois Sor Jaime acredita na inocência dela.[7] Após a conversa, Loras já não tem mais tanta certeza que Brienne é culpada.[40]

Nos Dedos, Petyr revela para Sansa Stark que durante a negociação com a Casa Tyrell em Jardim de Cima ele plantou secretamente a idéia de Lorde Mace Tyrell exigir um lugar para Sor Loras na Guarda Real, pois sabia que este tinha um temperamento semelhante a de Sor Jaime Lannister e sabia que a futura relação entre Sor Loras, Margaery Tyrell e Joffrey Baratheon seria catastrófica, já provavelmente Sor Loras mataria o Rei Joffrey por qualquer coisa que Joffrey fizesse a Margaery. Mindinho também sabia que Olenna Tyrell não permitiria que qualquer mal acontecesse a Loras e Margaery. Assim junto com Olenna, eles planejaram a morte do Rei Joffrey para que Margaery pudesse se casar com Tommen Baratheon.[12]

O Festim dos Corvos

Sor Loras permanece em vigília com Sor Jaime sobre o corpo do Lorde Tywin Lannister.[13] Mais tarde, Jaime percebe que Loras está treinando hábilmente e tenta educar o jovem sobre a história da Guarda Real.[13] Cersei se opõe à oferta de Loras de treinar o jovem Rei Tommen nos caminhos de um cavaleiro armado.[23] Quando Jaime parte para as Terras Fluviais, ele sugere que Loras comande a Guarda Real em seu lugar em Porto Real, o que perturba Cersei.[41] O rei Tommen fica impressionado com as ações e o comportamento de Loras e começa a idolatrá-lo. O Cavaleiro passa a maior parte do tempo com sua irmã, a Rainha Margaery.[42]

Quando Euron Greyjoy invade as Ilhas Escudo, Loras e Margaery exigem que Cersei libere a frota Redwyne para que possam expulsar a Frota de Ferro. Cersei nega dizendo que não fará isso até que Cerco de Pedra do Dragão tenha um fim, então Loras abruptamente diz vai por fim no cerco. Cersei se aproveita da impulsividade de Loras e o manipula, dando-lhe o comando do Cerco de Pedra do Dragão, dizendo-lhe que assim que a fortaleza cair, a frota será liberada.[43] Loras parte da cidade, recebendo a ovação de muitos admiradores.[44]

Aurane Waters fala para Cersei Lannister que Sor Loras tomou Pedra do Dragão. Depois que o Castelão de Stannis, Sor Rolland Storm, recusou a proposta do combate singular, Sor Loras liderou o assalto a Pedra do Dragão. Após uma batalha encarniçada, Pedra do Dragão cai, mas Loras é atingido por óleo fervente e fica gravemente ferido.[44] Seu estado de saúde ainda não é claro.

A Dança dos Dragões

Loras está em Pedra do Dragão, e os relatos são de que está gravemente ferido.[45] Seus homens procuraram por todo castelo, mas não encontrou ouro, pedras preciosas ou ovos de dragão.[46]

Info Aviso: Terminam aqui as revelações sobre o enredo (spoilers).

Citação

Citação de Loras

Depois de o sol se pôr, não há vela que possa substituí-lo.[9]
— Loras

Citações sobre Loras

Sor Loras é tão Tyrell que mija água de rosas
Cersei Lannister
Os cabelos do jovem eram uma massa de grandes caracóis castanhos, seus olhos eram como ouro líquido [3]
Sansa Stark
Sor Loras Tyrell era esbelto como um junco, vestido numa fabulosa armadura de prata polida até cegar, gravada com uma filigrana de sinuosas trepadeiras negras e minúsculos miosótis azuis. A plebe percebeu, no mesmo instante que Ned, que o azul das flores provinha de safiras; um suspiro escapou de um milhar de gargantas. Dos ombros do rapaz pendia o manto pesado. Era tecido de miosótis, miosótis verdadeiros, centenas de flores frescas entrelaçadas numa pesada capa de lã. [10]
Eddard Stark em pensamento
Sem a armadura, Sor Loras Tyrell parecia ter menos ainda do que os seus dezesseis anos. Trajava seda azulclara, e o cinto era uma corrente de rosas douradas, o símbolo de sua Casa [22]
Eddard Stark em pensamento
De sua posição elevada, Loras Tyrell parecia quase tão novo como Robb.[22]
Eddard Stark em pensamento
Ele até parecia um herói leal, tão magro e belo, com rosas douradas em volta do peito esguio e os ricos cabelos castanhos caindo sobre os olhos. [5]
Sansa Stark
Não conhecera Sor Loras Tyrell, mas, mesmo no longínquo norte, ouviam-se histórias sobre a maestria do jovem Cavaleiro das Flores [4]
Catelyn Stark
Quando tiraram seu elmo, Catelyn ficou surpresa ao ver como ele era novo. Não podia ser dois anos mais velho do que Robb.[4]
Catelyn Stark
Era de fato tão bonito como Catelyn suspeitara que poderia ser. Quando não estavam vidrados, seus olhos eram vivos e inteligentes, e o cabelo, um despretensioso emaranhado de caracóis castanhos que muitas donzelas teriam invejado. [4]
Catelyn Stark
(…) Sor Loras interpunha seu escudo verde entalhado, adornado com três rosas douradas[4]
Catelyn Stark nota o emblema pessoal de Sor Loras
O Cavaleiro das Flores é a chave disso. Mace Tyrell tem dois filhos mais velhos, mas Loras sempre foi seu preferido. Conquiste-o, e Jardim de Cima será seu. [20]
Petyr Baelish tentando trazer a Casa Tyrell para a causa do Rei Joffrey Baratheon
As covinhas nos cantos da boca quando sorria. A doçura de seu riso, o calor de sua mão.[8]
Sansa Stark
Dezessete, belo, e já uma lenda. Metade das garotas dos Sete Reinos querem dormir com ele, e todos os rapazes querem ser ele.[9]
Tyrion Lannister
Senhora, vi como olha para meu irmão. Loras é valente e bonito, e todos o amamos muito... mas o seu Duende será melhor marido. Ele é um homem maior do que parece, penso eu.[17]
Garlan Tyrell consolando Sansa Stark enquanto dançavam em seu casamento com Tyrion Lannister
Tyrion: Há quem diga que Sor Loras é melhor do que Leo Grande-Espinho jamais foi.

Oberyn: A rosinha de Renly? Duvido.

Tyrion: Duvide quanto quiser, mas Sor Loras derrotou muitos bons cavaleiros, incluindo meu irmão Jaime. [11]

Tyrion Lannister e Oberyn Martell
Esguio como uma espada, ágil e em forma, Sor Loras Tyrell usava uma túnica de linho branca como a neve e calções brancos de lã, com um cinto dourado em volta da cintura e uma rosa de ouro prendendo seu manto de seda fina. Os cabelos eram um suave desarranjo castanho, e os olhos eram também castanhos, e brilhantes de insolência. [7]
Jaime Lannister
Ele sou eu. Estou falando comigo mesmo tal como era, cheio de uma arrogância convencida e de cavalaria sem base. Isso é o que acontece quando se é bom demais e novo demais. [7]
Jaime Lannister
Ele respondeu honestamente. É orgulhoso, imprudente e cheio de mijo, mas não é falso. Ainda não.[7]
Jaime Lannister
Sor Loras é tão temperamental quanto Jaime Lannister. Atire Joffrey, Margaery e Loras numa panela, e tem os ingredientes para um guisado de regicida. A velha compreendeu também outra coisa. O filho estava decidido a fazer de Margaery uma rainha, e para isso precisava de um rei... mas não precisava de Joffrey. [12]
Petyr Baelish
O Cavaleiro das Flores ainda era meio rapaz, arrogante e vaidoso, mas tinha capacidade para ser grande, para realizar atos dignos do Livro Branco. [13]
Jaime Lannister
Sor Loras era um ano mais velho do que a irmã, mas tinha os mesmos grandes olhos castanhos, os mesmos densos cabelos castanhos que lhes caíam em grandes cachos até os ombros, a mesma pele lisa e imaculada. Uma bela colheita de espinhas lhe ensinaria alguma humildade. Loras era mais alto e tinha uns traços de macia penugem castanha no rosto, e Margaery tinha formas de mulher, mas, fora isso, eram mais parecidos do que ela e Jaime. Isto também a aborreceu.[6]
Cersei Lannister

Na série de televisão

Veja também: Imagens de Loras Tyrell em Game of Thrones

Aparições

Aparições na 1ª Temporada de Game of Thrones
Winter Is Coming The Kingsroad Lord Snow Cripples, Bastards, and Broken Things
You Win or You Die The Pointy End Baelor Fire and Blood
Aparições na 2ª Temporada de Game of Thrones
The North Remembers The Night Lands
The Old Gods and the New A Man Without Honor The Prince of Winterfell
Aparições na 3ª Temporada de Game of Thrones
Walk of Punishment And Now His Watch Is Ended
The Bear and the Maiden Fair The Rains of Castamere Mhysa
Aparições na 4ª Temporada de Game of Thrones
Two Swords Breaker of Chains Oathkeeper
Mockingbird The Mountain and the Viper The Watchers on the Wall The Children
Aparições na 5ª Temporada de Game of Thrones
The House of Black and White Kill the Boy
The Gift Hardhome The Dance of Dragons Mother's Mercy
Aparições na 6ª Temporada de Game of Thrones
The Red Woman Home Oathbreaker The Door
Blood of My Blood The Broken Man No One Battle of the Bastards

Família

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
{Luthor}
 
Olenna
Tyrell
 
 
 
 
 
 
 
Gormon
 
 
 
 
 
 
 
Garth
 
 
 
 
 
 
 
Moryn
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Mace
 
Alerie
Hightower
 
Jon
Fossoway
 
Janna
 
Paxter
Redwyne
 
Mina
 
Garse
Flowers
 
Garrett
Flowers
 
{Luthor}
 
Elyn
Norridge
 
Leo
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Garlan
 
Leonette
Fossoway
 
 
Loras
 
Horas
Redwyne
 
Hober
Redwyne
 
Desmera
Redwyne
 
Theodore
 
Lia
Serry
 
Leo
Blackbar
 
Olene
 
Medwick
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Willas
 
Margaery
Tyrell
[47]
 
{Renly I
Baratheon}
 
{Joffrey I
Baratheon}
 
Tommen I
Baratheon
 
 
 
Alyn
Ambrose
 
Elinor
 
Luthor
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
{Quentin}
 
 
 
 
 
 
Normund
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Victor
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Olymer
 
Lysa
Meadows
 
 
 
 
 
 
 
 
{Jon
Bulwer}
 
Victaria
 
 
 
 
Leo
 
Alys
Beesbury
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Raymund
 
 
Rickard
 
 
Megga
 
 
 
 
 
Alysanne
Bulwer
 
Lyonel
 
Alla
 
Lucas
 
Lorent
 
Leona

Referências

  1. Assim Falou Martin nº 6: março e abril de 1999
  2. The Citadel. Heraldry. Personal Arms
  3. 3,0 3,1 3,2 3,3 3,4 3,5 3,6 A Guerra dos Tronos, Capítulo 29, Sansa.
  4. 4,00 4,01 4,02 4,03 4,04 4,05 4,06 4,07 4,08 4,09 4,10 A Fúria dos Reis, Capítulo 22, Catelyn.
  5. 5,0 5,1 5,2 A Guerra dos Tronos, Capítulo 44, Sansa.
  6. 6,0 6,1 6,2 6,3 6,4 O Festim dos Corvos, Capítulo 12, Cersei.
  7. 7,00 7,01 7,02 7,03 7,04 7,05 7,06 7,07 7,08 7,09 7,10 7,11 7,12 7,13 A Tormenta de Espadas, Capítulo 67, Jaime.
  8. 8,0 8,1 8,2 8,3 8,4 8,5 A Tormenta de Espadas, Capítulo 6, Sansa.
  9. 9,0 9,1 9,2 9,3 9,4 A Tormenta de Espadas, Capítulo 12, Tyrion.
  10. 10,0 10,1 10,2 A Guerra dos Tronos, Capítulo 30, Eddard.
  11. 11,0 11,1 A Tormenta de Espadas, Capítulo 38, Tyrion.
  12. 12,0 12,1 12,2 12,3 12,4 12,5 12,6 A Tormenta de Espadas, Capítulo 68, Sansa.
  13. 13,0 13,1 13,2 13,3 13,4 O Festim dos Corvos, Capítulo 8, Jaime.
  14. Gelo e Fogo: Quem são os melhores guerreiros de Westeros?
  15. 'Game of Thrones' creator George R.R. Martin joins podcast, talks sports
  16. 16,0 16,1 A Tormenta de Espadas, Capítulo 16, Sansa.
  17. 17,0 17,1 17,2 17,3 A Tormenta de Espadas, Capítulo 28, Sansa.
  18. So Spake Martin: To Be Continued (Chicago, IL; May 6-8, May 6, 2005]
  19. So Spake Martin: Loras, Robert Arryn, the Clegane Sister, and a Sword, April 14, 2008
  20. 20,0 20,1 20,2 20,3 A Fúria dos Reis, Capítulo 36, Tyrion.
  21. 21,0 21,1 21,2 A Guerra dos Tronos, Capítulo 27, Eddard.
  22. 22,0 22,1 22,2 22,3 A Guerra dos Tronos, Capítulo 43, Eddard.
  23. 23,0 23,1 O Festim dos Corvos, Capítulo 24, Cersei.
  24. George R. R. Martin's A World of Ice and Fire, Loras Tyrell
  25. A Guerra dos Tronos, Capítulo 59, Catelyn.
  26. A Guerra dos Tronos, Capítulo 18, Catelyn.
  27. A Fúria dos Reis, Capítulo 55, Catelyn.
  28. A Guerra dos Tronos, Capítulo 32, Arya.
  29. A Guerra dos Tronos, Capítulo 49, Eddard.
  30. A Guerra dos Tronos, Capítulo 57, Sansa.
  31. A Fúria dos Reis, Apêndice.
  32. A Fúria dos Reis, Capítulo 31, Catelyn.
  33. 33,0 33,1 A Fúria dos Reis, Capítulo 33, Catelyn.
  34. A Tormenta de Espadas, Referência errada.
  35. A Fúria dos Reis, Capítulo 42, Davos.
  36. A Tormenta de Espadas, Capítulo 14, Catelyn.
  37. A Fúria dos Reis, Capítulo 64, Arya.
  38. A Tormenta de Espadas, Capítulo 60, Tyrion.
  39. A Tormenta de Espadas, Capítulo 62, Jaime.
  40. A Tormenta de Espadas, Capítulo 72, Jaime.
  41. O Festim dos Corvos, Capítulo 27, Jaime.
  42. O Festim dos Corvos, Capítulo 28, Cersei.
  43. O Festim dos Corvos, Capítulo 32, Cersei.
  44. 44,0 44,1 O Festim dos Corvos, Capítulo 36, Cersei.
  45. A Dança dos Dragões, Capítulo 54, Cersei.
  46. A Dança dos Dragões, Epílogo.
  47. Margaery Tyrell se casou primeiro com o Rei Pedinte Renly I, mas ele foi morto por uma criatura das sombras. Então, um pouco depois, para selar um novo pacto entre os Tyrell e os Lannisters, ela se casou com o Rei Joffrey I. Porém, ele morreu no dia do casamento dois, e então para poder firmar o pacto, ela se casou com o Rei Tommen I, o irmão de Joffrey.

Sobre a página

Esta página utiliza conteúdo baseado em Loras Tyrell, um artigo de A Wiki Of Ice And Fire.