Osmund Kettleblack

De Gelo e Fogo wiki
Ir para: navegação, pesquisa
Kettleblack.png
Osmund Kettleblack
Guarda Real.png

David Sourwine Ser Osmund Kettleblack.jpg
Osmund Kettleblack - por Fantasy Flight Games©
Apelido(s) Oswald Kettleblack (Osmund é mencionado como Oswald em A Tormenta de Espadas, possivelmente um erro de edição).
Título Sor
Lealdade Casa Kettleblack
Homens Galantes (antigamente)
Guarda Real
Aparece
Aparece
Aparece
Aparece
Mencionado

Sor Osmund Kettleblack é um membro da Casa Kettleblack que afirma ser um cavaleiro andante. Ele é filho de Sor Oswell Kettleblack e tem dois irmãos, Osfryd e Osney. Ele é mencionado erroneamente como Oswald Kettleblack em A Tormenta de Espadas.

Aparência

Veja também: Imagens de Osmund Kettleblack
Osmund Kettleblack, por Тхе Мичо ©

Osmund tem 2 metros de altura, e é só músculos. Tem o nariz de gancho, sobrancelhas espessas e uma barba triangular marrom.[1] Osmund tem bochechas estreitas. Seu peito é coberto por fios negros.[2]

História

Sor Osmund serviu nos Degraus e nas Terras Disputadas com os Homens Galantes lutando porr Lys e por Tyrosh. Ele afirma que foi feito cavaleiro no campo de batalha por Sor Robert Stone, que agora está morto.[3]

Eventos recentes

Info Aviso: Esta seção contém revelações sobre o enredo (spoilers).

A Fúria dos Reis

Para corresponder ao poderio pessoal de Tyrion com mercenários, a Rainha Cersei Lannister secretamente tentou contratar sua própria força mercenária através do primo Lancel. Mas Tyrion força Lancel a espiar Cersei para ele, fica sabendo dos planos da irmã e envia Bronn para achar mercenários que possam trabalhar como agentes duplos ao redor de Cersei.[4] No entanto, Petyr Baelish descobre os planos de Bronn e decide usar a desconfiança entre os membros dos Lannister em sua vantagem. Para isso, ele coloca homens leais a ele ao redor de Cersei, fazendo com que tanto Tyrion quanto Cersei acreditem ter homens fiéis trabalhando por seus próprios interesses. Para isso, Mindinho usa três filhos de seu empregado Oswell Kettleblack, sendo eles Osmund, Osney e Osfryd. Ele ordena que os irmãos Kettleblack partam para Porto Real, para serem contratados por Bronn com o dinheiro de Tyrion, e depois contratados por Cersei através de Lancel.[5] Cersei utiliza as chamadas do Alto Septão no Grande Septo de Baelor como disfarce para suas reuniões com os Kettleblacks, que supostamente deveriam contratar outros mercenários para ela. Osmund e seus irmãos, em troca, deveriam providenciar à Bronn informações sobre os planos de Cersei.[4]

Osmund logo é nomeado para a Guarda Real por Cersei quando Sor Boros Blount é despido de sua capa branca por cometer ato de covardia na Estrada de Rosby. Tyrion acha irônico que Cersei tenha substituído Blount com um homem tão superficial quanto o outro, mas ele fica contente já que a nomeação supostamente lhe dá outro agente trabalhando próximo ao Rei Joffrey I e assume que o Kettleblack não pode ser pior que Blount.[1] Osmund eventualmente é colocado no lugar de guarda pessoal do Rei Joffrey, cargo anteriormente reservado para Sandor Clegane.[6] Ambos Petyr Baelish e Tyrion logo se dão conta que a nova posição subiu à cabeça de Osmund, o que faz ele mais próximo de Cersei e não confiável aos planos individuais de Mindinho e Tyrion.[7][5]

Osmund e seus irmãos se tornam os favoritos na Fortaleza Vermelha, se dando bem tanto com os empregados quanto com os nobres. Tudo por conta de suas personalidades fáceis e maleáveis, e seu senso de humor. Rumores começam a dar conta de que eles se dão melhor com as criadas, apesar da posição de Osmund implicar votos de celibato.[6]

Ao lado de Meryn Trant, Osmund guarda pessoalmente o Rei Joffrey durante a Batalha do Água Negra. Quando Joffrey resolve catapultar os Homens Chifrudos na Torrente da Água Negra, Tyrion adverte Osmund a manter o rei seguro sob qualquer circunstância, mas para também mantê-lo entre os defensores da cidade, dando moral.[8] No entanto, Cersei é informada sobre o progresso da batalha pelos irmãos de Osmund. Quando Osney conta que os Portão de Lama está sendo atacados, ela emite uma ordem para que Osmund traga o rei de volta para a Fortaleza Vermelha. Quando Osney diz que Tyrion irá se opor a essas ordens, Cersei ameaça enviar os Kettleblacks para o meio da batalha se não lhe obedecerem.[6] Os Kettleblacks então fazem o que Cersei exige. A fuga do rei do campo de batalha faz com que membros da Patrulha da Cidade provoquem um motim no meio da luta. No entanto, Osmund é o primeiro a trazer a notícia de que os defensores foram salvos por forças combinadas entre as casas Lannister e Tyrell.[9]

Após a batalha, Sor Osmund e os membros restantes da Guarda Real passam horas distribuindo títulos de cavaleiro para mais de seiscentos homens.[10]

A Tormenta de Espadas

Sor Osmund é um dos membros da Guarda Real responsáveis por trazer Sansa Stark ao septo para casar-se com Tyrion Lannister; diferente de seu colega, Sor Meryn Trant, cujo mero olhar demonstra violência, Osmund fala gentilmente com Sansa, convencendo-a cumprir o dever em silêncio.

Osmund é chamado como testemunha de acusação no julgamento do Tyrion pela morte do Rei Joffrey I, mas seu testemunho é inventado.[11]

O ausente Senhor Comandante da Guarda Real, Sor Jaime Lannister, retorna para a cidade e convoca reunião com os Irmãos Juramentados na Torre da Espada Branca. Discutindo a morte de Joffrey, Osmund brinca acusando o Alto Septão de assassinato. Jaime pergunta por quê nunca ouviu falar de Osmund em seus torneios e batalhas, e o pressiona a revelar como conseguiu seu título de cavaleiro, questionando se Sor Robert Stone jamais existiu. Jaime se pergunta por qual motivo Cersei o nomeou à ordem, mas aceita a habilidade de Osmund com armas.[3]

Quando Jaime ajuda Tyrion a escapar das celas negras, Tyrion descobre que sua primeira esposa, Tysha, não era uma prostituta, e era como lhe disse - a inocente e órfã filha de um caseiro. Em sua fúria, uma das coisas que Tyrion diz a Jaime é que Cersei mantinha relações sexuais com Osmund.[12]

O Festim dos Corvos

Sor Osmund e Sor Boros Blount levam à Cersei notícias do falecimento de Lorde Tywin Lannister. Osmund e seus irmãos são ordenados pela rainha a se livrar do cadáver de Shae. O que eles irão fazer com o corpo da garota não é do interesse de Cersei, mas a presença dela na Torre da Mão deve ser mantida em segredo.[13]

A Dança dos Dragões

Sor Osmund, e seu irmão Osfryd, são jogados nas masmorras por Kevan Lannister quando Cersei admite ter se deitado com os três irmãos Kettleblack. Kevan planeja enviá-los para a Muralha, se admitirem culpa. Caso contrário, terão que enfrentar Sor Robert Forte em um julgamento por combate.

Citações

Citações sobre Osmund

Osmund tornou-se especialmente indigno de confiança desde que entrou para a Guarda Real. Acho que aquele manto branco faz coisas aos homens. Até a homens como ele.[5]

Petyr Baelish

Família

 
 
 
Oswell
 
Esposa
Desconhecida
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Osmund
 
Osfryd
 
Osney
 
 
 
 
 


Sobre a página

Esta página utiliza conteúdo baseado em Osmund Kettleblack, um artigo de A Wiki Of Ice And Fire.

Referências