Ações

Robar Royce

Royce de Pedrarruna.png
Robar Royce
Guarda Arco-Íris.png
Joshua Cairos - Robar Royce.jpg
Sor Robar Royce, por Joshua Cairós © Fantasy Flight Games
Apelido(s) Robar, o Vermelho
Título Sor
Lealdade Casa Royce
Guarda Arco-Íris
Cultura Homem do Vale
Nascimento Em 277 d.C. (provavelmente), em Pedrarruna[1]
Morte Em 299 d.C., em Próximo de Ponta Tempestade
Aparece
Aparece
Mencionado
Mencionado
Mencionado

Sor Robar Royce, também conhecido como Robar o Vermelho, é um cavaleiro da Casa Royce. Ele é o segundo filho de lorde Yohn Royce.

Aparência

Veja também: Imagens de Robar Royce
Robar Royce, por Тхе Мичо ©

Robar é "agradável de um jeito grosso". Ele é um bom guerreiro de torneios e um ótimo espadachim.[2][3]

Catelyn Tully acha que Sor Robar e a companhia que ele mantém são jovens e tolos porque veem a guerra como um jogo.[4]

Eventos recentes

Info Aviso: Esta seção contém revelações sobre o enredo (spoilers).

A Guerra dos Tronos

Sor Robar participa do Torneio da Mão em Porto Real junto com seu pai, o Lorde Yohn Royce, e seu irmão mais velho, Sor Andar. Os Royces usam armaduras de metal com runas de bronze. Robar derrota Lothor Brune mas é derrotado por Sor Loras Tyrell.[5]

Após lorde Eddard Stark decidir mandar um grupo prender Gregor Clegane, que realizava saques nas Terras Fluviais, ele manda Sor Robar até a mata do Rei para informar Robert I Baratheon e Yohn.[6]

A Fúria dos Reis

Como segundo filho, sem muito coisa para herdar, Robar tinha que fazer seu próprio nome, então ele decidiu apoiar Renly Baratheon em sua reivindicação ao Trono de Ferro. Renly o aponta para sua Guarda Arco-Íris como Robar o Vermelho. Quando Catelyn Stark atende a um banquete em Ponteamarga, Lorde Bryce o Laranja incita-o a uma disputa de punhais de malabarismo. Na véspera da batalha entre Renly e seu irmão Stannis Baratheon, Robar escolta Catelyn do campo de Renly até o septo e de volta.[2]

Logo após o assassinato de Renly, Robar o Vermelho e Emmon o Amarelo entram na tenda e veem o corpo de Renly nos braços de Brienne a Azul. Ambos acreditam que Brienne é a assassina e Sor Emmon e outros a atacam. Catelyn, que testemunhou a morte de Renly, é capaz de convencer Sor Robar de que Brienne é inocente. Robar diz para Catelyn levar Brienne embora e detém os atacantes.[2] Sor Loras Tyrell então mata Sor Robar e Sor Emmon Cuy em um acesso de raiva por eles terem "falhado" em proteger seu rei.[7]

A Tormenta de Espadas

Loras Tyrell lembra que ele matou Robar e Emmon em um momento de raiva.[8][9]

Info Aviso: Terminam aqui as revelações sobre o enredo (spoilers).

Família

 
Yohn Royce
 
Desconhecida
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Andar Royce
 
{Robar Royce}
 
{Waymar Royce}
 
Mychel Redfort
 
Ysilla Royce
 
 

Referências