Ações

Cortnay Penrose

Penrose.png
Cortnay Penrose
Penrose.png
Apelido(s) Cortnay Penrose
Título Sor
Lealdade Casa Penrose
Cultura Terras da Tempestade
Nascimento Em Pergaminhos
Morte Em 299 d.C., em Ponta Tempestade
Aparece
Mencionado

Sor Cortnay Penrose é um cavaleiro da Casa Penrose. Ele é nomeado Castelão de Ponta Tempestade por Renly Baratheon

Aparência e personalidade

Cortnay é completamente calvo com uma barba vermelha (cor de ferrugem), em forma de pá e um rosto desgastado. [1]

Eventos recentes

Info Aviso: Esta seção contém revelações sobre o enredo (spoilers).

A Fúria dos Reis

Após a morte de Renly Baratheon, Cortnay envia corvos com suplicando ajuda para quebrar o Cerco de Ponta Tempestade por parte de Stannis Baratheon, oferecendo dobrar o joelho a quem quer que o enviasse a ajuda. [2] Ele exige ver o cadáver para que ele possa ter certeza da morte de Renly antes de virar o castelo para Stannis

Depois de uma oferta de rendição, uma conferência sob as paredes de Ponta Tempestade é feita e Stannis Baratheon exige que Cortnay abra os portões do castelo castelo, mas quando é exigido que entregue Edric Storm, o bastardo de Robert Baratheon, Cortnay se recusa teimosamente, jogando sua luva em Stannis e desafiando-o para um Combate Singular. Stannis recusa e Cortnay diz a ele para eleger um campeão, insultando aqueles que abandonaram Renly para se juntar a Stannis.

Após a conferência, Stannis diz a Davos Seaworth que Melisandre viu a morte de Cortnay nas chamas. Naquela noite, Stannis envia Davos e Melisandre para assassinar o castelão através de uma sombra assassina de Melisandre (mesma magia utilizada para matar Renly Baratheon). Após a morte de Cortnay, Lorde Elwood Meadows, desiste imediatamente do castelo e de Edric Storm.

Citações

Citações de Cortnay Penrose

Um homem que troca de reis e de deuses como eu troco de botas. Tal como esses outros vira-casacas que vejo à minha frente. [1]
— Cortnay Penrose para Alester Florent
E de que vale isso? Usa seu manto de muitas cores, pelo que vejo. Aquele que Renly lhe deu quando jurou com sua palavra protegê-lo. Se ele está morto, como é que você permanece vivo? Podia perguntar-lhe o mesmo, Sor Guyard, o Verde, não é? Da Guarda Arco-íris? Que jurou dar a vida pela do rei? Se eu tivesse um manto desses, teria vergonha de usá-lo. [1]
— Cortnay Penrose para Sor Emmon Cuy e para Sor Guyard Morrigen


É da justiça de sua causa que duvida, senhor, ou da força de seu braço? Tem medo que eu mije em sua espada flamejante e a apague? [1]
— Cortnay Penrose para Stannis Baratheon


Que os Outros comam o cu do seu Senhor da Luz e limpem-no com esse trapo que você transporta. [1]
— Cortnay Penrose para Melisandre

Citações sobre Cortnay Penrose

Stannis: Um contrabandista deve ser bom em julgar os homens. O que pensa desse Sor Cortnay Penrose?

Davos: E um homem teimoso.

Stannis: Com fome de morte, diria eu. Jogou meu perdão na minha cara. Sim, e joga a vida fora ao mesmo tempo, com as vidas de todos os homens que estão dentro daquelas muralhas. Combate singular? Certamente confundiu-me com Robert.

Davos: É mais provável que estivesse desesperado. Que outra esperança tem?

Stannis: Nenhuma. O castelo cairá. [1]

— Conversa entre Stannis e Davos

Referências