Cleos Frey

De Gelo e Fogo wiki
Ir para: navegação, pesquisa
Cleos Frey.png
Cleos Frey
Frey.png
Cleos Frey.jpg
Cleos Frey, por Tхе Мичо ©
Título Sor
Lealdade Casa Frey
Casa Lannister
Esposa(o) Jeyne Darry
Morte Em 299 d.C., em Terras Fluviais
Mencionado
Aparece
Aparece
Mencionado

Cleos-Frey.png

Sor Cleos Frey é o filho mais velho do Lorde Emmon Frey e da Senhora Genna Lannister, tendo dois irmãos mais novos, Tywin e Willem, e é casado com Jeyne Darry. Seu brasão pessoal exibe as torres gêmeas da Casa Frey e o leão dourado da Casa Lannister.[1][2][3]

Aparência e características

Veja também: Imagens de Cleos Frey

Cleos puxou o lado Frey e não possui a famosa beleza Lannister.[4] Ele está começando a ficar careca,[5] mas ainda assim seu cabelo é fino[5] e castanho, seu queixo recuado,[4][1] seu rosto é estreito e tem os olhos claros e úmidos.[4] Sor Jaime pensa que Sor Cleos se parece com uma doninha,[6] como a maioria dos Frey, e que ele luta como um ganso e tem a coragem de uma ovelha, além de acha-lo cretino, bajulador e não muito esperto.[1]

História

Sor Cleos nasceu em Rochedo Casterly.[7]

Eventos recentes

Info Aviso: Esta seção contém revelações sobre o enredo (spoilers).

A Guerra dos Tronos

Devido ao seu sangue Lannister, Cleos lutou ao lado dos ocidentais, e foi capturado junto a Sor Jaime Lannister na Batalha do Bosque dos Murmúrios.[4]

A Fúria dos Reis

O Rei Robb I tirou das masmorras de Correrrio, onde ele ficou de frente com o Rei do Norte e temeu seu Lobo gigante, Vento Cinzento, intimidando-o. Rei Robb I enviou-o a Porto Real com seus termos de paz, mas antes prometeu que voltaria a Correrrio como um cativo.[4] No caminho até Porto Real, sua comitiva foi atacada por foras da lei, que mataram três homens e feriram mais seis.[8]

Em Porto Real, Tyrion Lannister, o Mão do Rei, e sua irmã, a Rainha Cersei Lannister, rejeitaram a oferta de paz do Rei Robb. Tyrion Lannister então envia Sor Cleos de volta para Correrrio com uma contra proposta, junto com uma escolta de cem homens juramentados à Casa Lannister, liderados por Vylarr, mas na verdade isso era uma estratagema para liberar Sor Jaime Lannister do cativeiro.[5]

Sor Cleos leva os ossos Lorde Eddard Stark para Correrrio.[9] Depois da chegada de Sor Cleos, a estratagema de Tyrion entra em ação: quatro homens infiltrados entre os cem homens juramentados à Casa Lannister tentam libertar Sor Jaime, mas os planos falham e o Regicida é jogado nas piores masmorras de Correrrio, como punição. Senhora Catelyn Stark envia vinho para Sor Cleos e vai interroga-lo, descobrindo que Sor Cleos nada sabia sobre os planos de Tyrion de libertar seu irmão.[10]

A Tormenta de Espadas

Senhora Catelyn Tully o libertou para ajudar na escolta de Sor Jaime Lannister até Porto Real, junto a Brienne de Tarth para trocá-los por suas filhas Arya e Sansa Stark, assim como novos termos de paz para a Rainha Cersei Lannister.[1] Sor Cleos prometeu enviar corvos assim que Tyrion Lannister liberasse as garotas.[11] Tentando se disfarçar, Sor Jaime Lannister pede a Sor Cleos para raspar sua cabeça. Cleos está presente durante a perseguição de Sor Robin Ryger, e reclama quando Brienne insiste que não podem parar na Estalagem do Ajoelhado.[12] Sor Cleos monta um palafrém quando retorna ao Ramo Vermelho.[12]

Na estrada entre Lagoa da Donzela e Valdocaso,[13] o trio é emboscado por arqueiros fora da lei. Cleos é atingido por flechas, e seu cavalo se assusta e o arrasta pelo chão, matando-o. Sor Jaime usa a espada do falecido Sor Cleos para lutar com Brienne, antes dos Bravos Companheiros capturarem os dois e saquearem o corpo de Sor Cleos. Rorge fica com o sobretudo com brasão pessoal de Sor Cleos.[2]

O Festim dos Corvos

Durante o Cerco de Correrrio, Sor Jaime fala sobre a morte de Sor Cleos para seus pais, Sor Emmon Frey e a Senhora Genna Lannister. Jaime mente sobre muitas coisas referente a morte de Sor Cleos, para poupá-los, dizendo que Sor Cleos foi corajoso e enfrentou os inimigos, mas foi morto no processo e enterrado junto a um riacho.

Sua morte não foi muito lamentada, seja por Sor Jaime[2] ou seus pais. Jaime usa a espada de Cleos para lutar com Brienne antes dos dois serem capturados pelos Bravos Companheiros.[14]

Citações

Citações de Cleos Frey

A Senhora Brienne ouviu tais mentiras de Catelyn Stark, certamente. Os Stark não têm esperança de derrotá-lo com espadas, sor, portanto, agora fazem a guerra com palavras envenenadas. (...) Qualquer homem que acredite que um Irmão Juramentado da Guarda Real seria capaz de fazer mal a uma criança não conhece o significado da honra.[1]
— Sor Cleos Frey para Sor Jaime Lannister

Citações sobre Cleos Frey

Catelyn refletiu que o homem não parecia um leão. Este Sor Cleos Frey era filho da Senhora Genna, irmã de Lorde Tywin Lannister, mas não possuía nada da afamada beleza dos Lannister, nem o cabelo claro e os olhos verdes. Em vez disso, herdara as viscosas madeixas castanhas, o queixo recuado e o rosto estreito do pai, Sor Emmon Frey, o segundo filho do velho Lorde Walder. Seus olhos eram claros e úmidos, e pareciam não ser capazes de parar de piscar, mas talvez fosse só por causa da luz.[4]
— Senhora Catelyn Stark
Sor Cleos parecia uma doninha, lutava como um ganso e tinha a coragem de uma ovelha particularmente ousada.[1]
— Sor Jaime Lannister
Sob o manto, Sor Cleos usava um sobretudo esquartelado com as torres gêmeas da Casa Frey e o leão dourado dos Lannister.[1]
— Brasão pessoal de Sor Cleos Frey
Encontraram Cleos ainda preso ao estribo. Tinha uma flecha espetada no braço direito e uma segunda no peito, mas fora o chão que dera cabo dele. O topo da cabeça estava empastado de sangue e mole ao toque, e pedaços de osso partido moviam-se por baixo da pele, sob a pressão da mão de Jaime.[2]
— Sor Jaime Lannister
(...) enquanto os outros Saltimbancos despiam Cleos Frey até a pele e dividiam entre si as suas posses. Rorge ganhou o sobretudo manchado de sangue, com seus orgulhosos quartos Lannister e Frey. As flechas tinham aberto buracos tanto nos leões como nas torres.[2]
Rorge fica com o sobretudo com o emblema pessoal de Sor Cleos
Genna: (...) Sobrinho, fale-nos de nosso filho Cleos e do modo como morreu.

Jaime: Fomos emboscados por um bando de fora da lei. Sor Cleos os fez dispersar, mas isso custou-lhe a vida

Emmon: O rapaz tinha coragem, eu sempre disse. Estava em seu sangue.

Genna: Seus ossos deviam ser enterrados sob o Rochedo, no Salão dos Heróis. Onde ele foi posto em repouso?

Jaime: Junto a um riacho. Quando esta guerra terminar, encontrarei o lugar e o mandarei para casa.[14]

— Sor Jaime mentindo para Sor Emmon Frey e Senhora Genna Lannister sobre a morte de seu filho Cleos, para poulá-los da dor

Família

 
Walder
 
{Perra
Royce}
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Emmon
 
Genna
Lannister
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
{Cleos}
 
Jeyne
Darry
 
Lyonel
 
Melesa
Crakehall
 
{Tion}
 
Walder
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Tywin
 
Willem
 
 
 
 
 

Veja também

Sobre a página

Esta página utiliza conteúdo baseado em Cleos Frey, um artigo de A Wiki Of Ice And Fire.

Referências

  1. 1,0 1,1 1,2 1,3 1,4 1,5 1,6 A Tormenta de Espadas, Capítulo 1, Jaime.
  2. 2,0 2,1 2,2 2,3 2,4 A Tormenta de Espadas, Capítulo 21, Jaime.
  3. The Citadel. Heraldry. Personal Arms
  4. 4,0 4,1 4,2 4,3 4,4 4,5 A Fúria dos Reis, Capítulo 7, Catelyn.
  5. 5,0 5,1 5,2 A Fúria dos Reis, Capítulo 25, Tyrion.
  6. O Festim dos Corvos, Capítulo 30, Jaime.
  7. Na seção de Cleos Frey do guia complementar disponível como um aplicativo para dispositivos móveis iOS e Android chamado A World of Ice and Fire ou George R. R. Martin's A World of Ice and Fire — A Game of Thrones Guide de Elio M. García e Linda Antonsson com a contribuição de George R. R. Martin.
  8. A Fúria dos Reis, Capítulo 20, Tyrion.
  9. A Fúria dos Reis, Capítulo 39, Catelyn.
  10. A Fúria dos Reis, Capítulo 45, Catelyn.
  11. A Tormenta de Espadas, Capítulo 35, Catelyn.
  12. 12,0 12,1 A Tormenta de Espadas, Capítulo 11, Jaime.
  13. O Festim dos Corvos, Capítulo 9, Brienne.
  14. 14,0 14,1 O Festim dos Corvos, Capítulo 33, Jaime.