Rakharo

De Gelo e Fogo wiki
Ir para navegação Ir para pesquisar

 

Guarda Real.png
Rakharo
Guarda Real.png
Rakharo Jason Jenicke.jpg
Rakharo, por Jason Jenicke. © FFG
Título(s) Ko
Companheiro de sangue de Daenerys Targaryen
Lealdade khalasar de Khal Drogo
Casa Targaryen
Guarda da Rainha[1]
Raça Dothraki
Cultura Dothraki
Aparece
Aparece
Aparece
Apêndice
Aparece
Mencionado

GoT Logo.jpg
Rakharo HBO.jpg
Interpretado(a) por Elyes Gabel
Aparições 1ª Temporada
2ª Temporada
Apareceu em 7 episódios (ver seção)

Rakharo é um Dothraki cavaleiro entre os khas de Daenerys Targaryen que mais tarde se torna um de seus companheiros de sangue. Na adaptação para a televisão Game of Thrones ele é interpretado por Elyes Gabel.

Aparência

Veja também: Imagens de Rakharo

Rakharo é mais velho do que Jhogo, ele tem bigodes pretos caídos.[2] Ao longo da série, Rakharo fica mais alto e musculoso e adiciona quatro novos sinos em sua trança para representar suas vitórias na batalha.[3]

Eventos Recentes

A Guerra dos Tronos

Rakharo é um dos quatro guerreiros Dothraki atribuídos ao khas de Daenerys Targaryen dentro do khalasar de Khal Drogo. Ele acompanha Daenerys durante sua visita ao Mercado Ocidental em Vaes Dothrak, e é desafiado por Quaro para uma disputa de comer.[4] Ele ajuda a impedir uma tentativa de assassinato contra a vida de Daenerys por um vendedor de vinho.[4]

Quando Daenerys tenta curar Drogo com a ajuda de Mirri Maz Duur, seus companheiros de sangue tentam detê-la. Haggo é morto por Rakharo em sua tentativa de impedir Daenerys.[5]

Quando Daenerys chama Rakharo de ko e pede a ele para se tornar um de seus companheiros de sangue ao lado de Aggo e Jhogo, ela oferece a ele o grande arakh[6] que ela ganhou de presente durante seu casamento. Ele fica relutante no início, mas aceita depois que os dragões nascem.[7]

A Fúria dos Reis

Durante sua jornada através do deserto vermelho, Rakharo aconselha Daenerys contra viajar rio abaixo até os três portos da Baía dos Escravos, já que Khal Pono e seu khalasar haviam cavalgado dessa forma para vender milhares de cativos nos mercados de escravos.[6]

Enquanto seu khalasar descansa em Vaes Tolorro após cruzar o deserto vermelho, Daenerys ordena seus três companheiros de sangue para explorar as terras, cada um em uma direção diferente. Rakharo parte para o sul, onde não encontra nada além de terras áridas e o mar. Ele afirma que descobriu os ossos de um dragão tão imenso que cavalgouo através de suas grandes mandíbulas negras.[6] Ele é o primeiro companheiro de sangue a retornar. Daenerys então o encarregou de remover o pavimento da praça a fim de chegar à terra que tinha por baixo, em um esforço para transformá-la em um jardim.[6]

Quando o khalasar mais tarde se estabelece em Qarth, Rakharo é ordenado a escolher vários homens e mulheres de seu grupo e explorar a cidade além do que os líderes querem que Daenerys e sua comitiva vejam.[8] Rakharo protege a retaguarda da procissão durante a visita de Daenerys ao Salão dos Mil Tronos para fazer uma petição aos Puronatos e mostra desprezo pelas palavras que Quaithe usa para aconselhar Daenerys.[2]

Rakharo mais tarde acompanha Daenerys à Casa dos Imortais. Ele ajuda a subjugar Pyat Pree, que tenta assassinar Daenerys.[9] Depois disso, Rakharo é designado por Daenerys para proteger os dragões e seu povo enquanto Aggo e Jhogo vão com ela para o cais de Qarth.[10]

A Tormenta de Espadas

Rakharo guarda os navios enquanto Daenerys discute a compra de escravos Imaculados. Como um dos três companheiros de sangue de Daenerys, Rakharo é frequentemente solicitado a lhe fazer companhia para evitar que Jorah Mormont se aproxime dela quando estiver sozinha.[11]

Na noite anterior à queda de Astapor, Daenerys o viu afiar seu arakh em preparação para o derramamento de sangue. Rakharo protege a retaguarda da liteira ao lado de Jhogo e mata vários Bons Mestres e escravistas Astapori com seu arakh no dia da batalha. Ele pessoalmente mata Grazdan com uma flecha na boca.[12]

Na marcha para Yunkai, Rakharo e seus companheiros de sangue também são feitos kos por Daenerys e são encarregados de comandar os 30 e poucos membros restantes do khalasar para ela, deixando suas funções de guarda para Arstan Barba-Branca e Belwas, o Forte. Rakharo mais tarde participa da batalha de Yunkai, liderando com sucesso os guerreiros montados Dothraki em formação de cunha, contra o inimigo.[13]

Durante o cerco de Meereen, Rakharo quase se desentende com Aggo e Jhogo sobre quem lutaria com Oznak zo Pahl, o Herói de Meereen; Daenerys finalmente impede que seus companheiros de sangue lutem, considerando-os corajosos, mas muito jovens e valiosos para perdê-los. Mais tarde, ele expressou aborrecimento com a decisão de Dany de enviar Belwas.[14]

A Dança dos Dragões

Rakharo, Aggo e Jhogo são comandados por Daenerys a usar seu khalasar para subjugar os sertões de Meereen e acabar com a escravidão lá.[15] Mais tarde, Sor Barristan relata que os companheiros de sangue perseguiram com sucesso os escravistas das colinas, arrancaram os grilhões dos escravos, e estão plantando e trazendo colheitas para o mercado de Meereen.[16]

Daenerys mais tarde lembra Rakharo e seus outros companheiros de sangue de volta para Meereen. Após seu retorno, Daenerys observa que Rakharo ficou mais alto e musculoso, elevando-se sobre Aggo e Jhogo, e tem quatro novos sinos adicionados à sua trança. Ambas Irri e Jhiqui agora o desejam e discutem sobre quem ele prefere, mas Daenerys ordena que parem de lutar pelo sangue dela.[3] Rakharo mais tarde expressa desgosto pelo canibalismo dos sobreviventes refugiados e doentes da queda de Astapor. Ele e Jhogo são enviados por Daenerys para ajudar os sofredores do fluxo sangrento ajudando-os a se banharem no oceano próximo.[3]

Rakharo lidera um grupo de batedores além do Skahazadhan. Ele informa Daenerys sobre homens de um khalasar que estão com escravos para serem vendidos nos mercados yunkaítas fora de Meereen.[17] Mais tarde, ele acompanha Daenerys até a Arena de Daznak como parte da guarda da procissão real.[18]

Rakharo e Aggo partem de Meereen e lideram grupos de busca eno Skahazadhan para localizar Daenerys quando ela desaparece com Drogon.[19] Ambos lideram dez cavaleiros escolhidos, e cada homem tem três cavalos cada um, para que a encontrem o mais rápido possível.[20]

Citações por Rakharo


Farei como pede, sangue do meu sangue.[8]
—— Rakharo, para Daenerys Targaryen

Game of Thrones

Na segunda temporada de Game of Thrones, Rakharo não retorna vivo de sua patrulha no deserto vermelho. Seu cavalo retorna ao khalasar de Daenerys com a cabeça decepada em um alforje; presumivelmente ele foi morto por outro khal.

Na série de TV, o papel deste personagemm na verdade corresponde ao personagem de Jhogo, e ele foi renomeado para Rakharo para evitar confusão fonética com Khal Drogo.[21].

Aparições

Aparições na 1ª Temporada de Game of Thrones
Winter Is Coming The Kingsroad Cripples, Bastards, and Broken Things The Wolf and the Lion
Aparições na 2ª Temporada de Game of Thrones
The Night Lands What is Dead May Never Die Garden of Bones The Ghost of Harrenhal
The Old Gods and the New A Man Without Honor The Prince of Winterfell Blackwater Valar Morghulis


Referências