Ações

Lhazarenos

Os Lhazarenos são um povo pacífico de pastores de Lhazar no continente de Essos.

Sobre

Estabelecidos em Lhazar, sudoeste de Vaes Dothrak, os campos Lhazarenos são frequentemente invadidos em buscas de escravos pelos Dothraki, que se referem a eles como haesh rakhi ou Homens Ovelhas. Espelhando a importância do pastoreio de ovelhas na cultura Lhazarena, sua deidade é conhecida como o Grande Pastor.

Os Lhazarenos têm pele cor de cobre e olhos em formato de amêndoas, semelhante ao Dothraki, mas são mais atarracados e de rosto achatado, com os cabelos negros cortados curtos de forma estranha. Eles são pastores de ovelhas e comedores de vegetais. Sua língua é aguda e cantante.[1]

Os Dothraki acreditam que eles se deitam com ovelhas.[1]

Eventos Recentes

A Guerra dos Tronos

Uma cidade Lhazarena é encontrada no mar Dothraki por Khal Ogo e também Khal Drogo. A cidade é destruída por Drogo, e seu povo é tomado como escravo.[1]

A Dança dos Dragões

Sob domínio da Rainha Daenerys Targaryen, Meereen faz uma aliança com Lhazar.[2] Lutadores de Lhazar estão entre os que chegam à Meereen para lutar na Arena de Daznak.[3]

Um antigo escravo Lhazareno, Cordeiro Vermelho, entra em treinamento na Grande Pirâmide para tornar-se um cavaleiro, além de ser escudeiro de Sor Barristan Selmy.[4] Até o final do livro, ele se torna um cavaleiro recém-feito.[5]

Frases

Os senhores dos cavalos chamam aos lhazarenos Homens Ovelha. Quando são tosquiados limitam-se a balir. Não são um povo marcial.[2]

- Xaro Xhoan Daxos zombando da aliança de Meereen com Lhazar

Referências