Ações

Rickard Stark (TV)

Se você está procurando pelo personagem nos livros, veja Rickard Stark. Disambig.png

Stark.png
Rickard Stark
Stark.png
RickardTV.png
Temporada(s) 1ª Temporada (apenas mencionado)
Títulos Senhor de Winterfell
Protetor do Norte
Senhor Supremo do Norte
Lealdade Casa Stark
Raça Primeiros homens
Cultura Nortenha
Status Morto
Morte Queimado vivo pelo Rei Louco

Rickard Stark é o pai de Eddard Stark e seus irmãos. Quando os eventos da série começam, ele já está morto. Não se espera que ele apareça na série. Rickard Stark foi o Senhor de Winterfell e chefe da Casa Stark. Ele foi morto pelo Rei Louco, Aerys II Targaryen.

História

Rickard Stark era o chefe da Casa Stark e Senhor Supremo do Norte. O Norte é uma das regiões que constituem os Sete Reinos e a Casa Stark é uma das Grandes Casas do reino. A Casa Stark governa a região em Winterfell, sua sede, e Rickard também detinha o título Senhor de Winterfell. Ele também era o Protetor do Norte.[1]

Ele serviu ao Rei Aerys II (conhecido como o Rei Louco). Ele é pai de Brandon, Eddard, Lyanna e Benjen Stark. Ele providencia o noivado de sua filha Lyanna Stark com Robert Baratheon, o Senhor Supremo das Terras da Tempestade. Ele também arruma o noivado de seu filho e herdeiro Brandon Stark com Catelyn Tully, a filha de Hoster Tully, Senhor Supremo do Tridente. Ambos os noivados foram quebrados quando o príncipe Rhaegar Targaryen sequestra Lyanna. Brandon protesta contra as ações de Rhaegar e o Rei Aerys respondeu seus protestos o prendendo e convocando Rickard em Porto Real.

Morte de Rickard e seu filho.

Rickard concordou, supondo que o assunto seria resolvido através de um julgamento. Em vez disso, Aerys queimou Lorde Rickard vivo, e ao mesmo tempo fazia Brandon estrangular-se, assistindo seu pai sendo queimado.[2] O sequestro de Lyanna e o assassinato a sangue frio de Rickard e Brandon Stark na frente de toda a Corte Real fez o novo Lorde de Winterfell, Eddard Stark, declarar guerra contra os Targaryen, apoiado pelo noivo de Lyanna, Robert Baratheon, e os poderosos senhores Hoster Tully e Jon Arryn. Isso provocou o início da guerra civil conhecida como Rebelião de Robert, o que levou à quase destruição da Casa Targaryen e sua remoção do Trono de Ferro.[3]

Ao chegar em Porto Real, Lorde Eddard Stark é cumprimentado por Sor Jaime Lannister na sala do trono, que se lembra de ouvir o pai e o irmão de Eddard gritando com centenas de pessoas assistindo-os morrer. Ele sugere que assassinato do Rei Louco foi um ato de justiça, mas Eddard entende como se fosse uma auto-justificação insignificante para quebrar seus solenes votos da Guarda Real.[4]

Família

 
 
 
 
 
 
 
 
{Rickard}
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
{Brandon}
 
{Wylla}
 
{Eddard}
 
{Catelyn
Tully}
 
{Lyanna}
 
Benjen
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
{Jon Snow}
 
{Robb I}
 
{Talisa
Maegyr}
 
Ramsay
Bolton
 
Sansa
 
Arya
 
Bran
 
Rickon
 
 
 
 


Referências