Balerion (gato)

De Gelo e Fogo wiki
Ir para navegação Ir para pesquisar

 

Balerion, o Gato, e Tommen Baratheon, por Joshua Cairos ©.
Balerion, o Gato, por Jordi Gonzalez Escamilla ©.

Balerion é um gato que um dia pertenceu a Rhaenys Targaryen e seu nome foi uma homenagem ao Dragão Balerion. Depois que ela morreu em 283 d.C., não se sabe o que aconteceu com Balerion.[1]

Muitos leitores acreditam que Balerion é o gato negro de uma orelha só que ainda vive na Fortaleza Vermelha,[2] o que já foi confirmado por George R. R. Martin, de certa forma.[3][4]

Aparência e características

Veja também: Imagens de Balerion (gato)

Balerion é um velho gato preto esfarrapado com uma orelha tão roída[5][6] e rasgada[7] que parecia ter uma só orelha.[2] Balerion possui olhos cautelosos e é “mais velho que o pecado e duas vezes mais maldoso”,[2] possuindo um temperamento mal-humorado.[7] Mesmo sendo um gato velho, Balerion é extremamente ágil e difícil de ser capturado. Ele costuma não só caçar ratos, mas também come os corvos no viveiro dos Meistres.[7] Por causa de sua ousadia, os Mantos Dourados brincam que ele é o verdadeiro rei do castelo.[2]

História

Balerion foi um pequeno gatinho da Princesa Rhaenys Targaryen, cujo o nome foi dado em homenagem ao Dragão Balerion, o Terror Negro, e gostava de brincar na Fortaleza Vermelha que o gatinho realmente era o fabuloso dragão do Rei Aegon, o Conquistador,[1] mas depois da morte da Princesa Rhaenys, ele permaneceu nas rendosas da Fortaleza Vermelha.

Certa vez, Balerion invadiu um banquete organizado pelo Rei Robert Baratheon em homenagem ao Lorde Tywin Lannister e saltou para a mesa e roubou uma codorna assada justamente das mãos de Lorde Tywin, o que fez o Rei Robert rir tanto que quase explodiu.[2] Certa vez, Balerion também arranhou o Príncipe Joffrey Baratheon.[7]

Eventos recentes

Info Aviso: Esta seção contém revelações sobre o enredo (spoilers).

A Guerra dos Tronos

Arya persegue Balerion, por Sir-Heartsalot ©.

Arya Stark foi ordenada por Syrio Forel para pegar todos os gatos na Fortaleza Vermelha como forma de treinar sua agilidade, e ela conseguiu pegar todos, exceto por um gato preto de uma orelha. Ela o persegue por metade do castelo antes de finalmente pegá-lo e beija sua testa enquanto o gato tenta arranhá-la. Príncipe Tommen Baratheon, sua irmã Princesa Myrcella, e seus acompanhantes observam aquele momento, e pensam que Arya é um camponês qualquer que não pertence àquela parte do castelo. Então, os Guardas Lannisters tentam agarrá-la, mas Arya escapa.[2]

Lorde Varys fala com o Lorde Eddard Stark quando ele está aprisionado nas celas negras da Fortaleza Vermelha, e fala sobre a Princesa Rhaenys Targaryen e seu gatinho.[1]

A Fúria dos Reis

Sansa Stark, visitando o Bosque Sagrado da Fortaleza Vermelha tarde da noite, encontra Balerion. Ele roça a perna dela, depois bufou para ela e afastou-se com um salto.[5]

O Festim dos Corvos

Rainha Margaery Tyrell presenteia o Rei Tommen Baratheon com três gatinhos pretos, mas sua mãe, a Rainha Cersei Lannister, gostaria que eles não fossem negros, se lembrando do que aconteceu com a Princesa Rhaenys Targaryen e como supostamente o seu gato negro deu azar para a princesa.[8]

Arya Stark encontra muitos gatos, um dos quais lembra o gato de apenas uma orelha que ela havia perseguido na Fortaleza Vermelha.[6]

A Dança dos Dragões

O Rei Tommen Baratheon diz a seu tio, Lorde Kevan Lannister, que o “gato mau” estava fora de sua janela na noite anterior, mas seu gatinho Sor Salto havia sibilado para o “gato mau”, afugentando-o. Rainha Cersei explica sobre o velho gato preto, que uma vez atacou seu filho, o Príncipe Joffrey.[7]

Citações

Balerion, o Gato, e Balerion, o Terror Negro, por Joshua Cairós ©.



Rhaenys também era uma criança. Filha do Príncipe Rhaegar. Uma coisinha preciosa, mais nova que suas meninas. Tinha um pequeno gatinho negro a quem chamava Balerion, sabia? Sempre senti curiosidade em saber o que lhe teria acontecido. Rhaenys gostava de fingir que ele era o verdadeiro Balerion, o Terror Negro de outrora, mas imagino que os Lannister lhe tenham ensinado rapidamente a diferença entre um gatinho e um dragão no dia em que lhe arrombaram a porta.[1]
—— Lorde Varys



Este é o verdadeiro rei do castelo que aí está. Mais velho que o pecado e duas vezes mais maldoso. Certa vez, o rei organizou um banquete em honra do pai da rainha, e este bastardo preto saltou para a mesa e roubou uma codorna assada justamente dos dedos de Lorde Tywin. Robert riu tanto que quase explodiu.[2]
—— Soldado dos Mantos Dourados



A escada em espiral enrolava-se à sua frente, riscada por linhas de luz tremeluzente, vinda de janelas estreitas mais acima. Sansa arquejava quando chegou ao topo. Correu por uma colunata sombria e encostou-se com força na parede para recuperar o fôlego. Quando algo roçou em sua perna, quase saltou para fora da sua pele, mas era apenas um gato, um macho preto esfarrapado com uma orelha roída. A criatura bufou para ela e afastou-se com um salto.[5]
—— Sansa Stark



“(…) Seu favorito era um velho magricela com uma orelha mastigada, que a lembrava de um gato que ela uma vez havia perseguido por toda a Fortaleza Vermelha. Não, aquela era uma outra garota, não eu.[6]
—— Arya Stark



Tommen: O gato mau estava do lado de fora da minha janela noite passada, mas Sor Salto sibilou para ele e ele fugiu pelo telhado.

Kevan: O gato mau?

Cersei: Um velho gato preto com uma orelha rasgada. Uma coisa imunda e mal-humorada. Arranhou a mão de Joff uma vez. Os gatos mantêm os ratos afastados, eu sei, mas esse aí... ele é conhecido por atacar os corvos no viveiro.[7]

Sobre a página

Esta página utiliza conteúdo baseado em Balerion (cat), um artigo de A Wiki Of Ice And Fire.

Referências