Owen Fossoway

De Gelo e Fogo wiki
Ir para navegação Ir para pesquisar

 

Fossoway de Solar de Cidra.png
Owen Fossoway
Fossoway de Solar de Cidra.png
Título(s) Lorde de Solar da Sidra[1]
Lealdade Casa Fossoway de Solar de Sidra
Verdes
Estrepes
Cultura Campina
Morte Em 130 d.C.[1], em Tumbleton[1]
Outros livros
Mencionado
Mencionado

Owen Fossoway foi o Senhor de Solar da Sidra e o chefe da Casa Fossoway durante os reinados dos reis Viserys I e Aegon II Targaryen.[2][1]

História

Durante a guerra civil conhecida como Dança dos Dragões, Lorde Owen foi leal ao Rei Aegon II Targaryen e aos verdes, marchando com a tropa de Lorde Ormund Hightower para a Campina. Após a morte de Lorde Ormund e seu primo, Sor Bryndon Hightower, durante a Primeira Batalha de Tumbleton, a tropa precisava de um novo comandante para liderá-los. O velho Sor Hobert Hightower pensava que o comando deveria passar para o mais antigo Hightower, no caso, ele mesmo. No entanto, quando Hobert assumiu o comando dos homens, ele falhou miseravelmente e os Dois Traidores, Ulf, o Branco e Hugh Martelo, assumiram o comando. Isso desagradou fortemente Sor Hobert, bem como outros nobres, sendo Lorde Unwin Peake o principal deles.

Uma noite, Hobert e Unwin organizaram um encontro secreto com outros senhores e cavaleiros no porão do Estrepe Sangrento, uma pousada em Tumbleton. Os treze nobres reunidos (mais tarde conhecidos como "os Estrepes") debateram a noite toda sobre o que fazer com os Dois Traidores. Lorde Owen foi enviado para acordar o Príncipe Daeron Targaryen e trazê-lo de volta para que os conspiradores pudessem informá-lo de seus planos. Infelizmente, a Segunda Batalha de Tumbleton ocorreu antes que os conspiradores pudessem executar seu plano, e Lorde Owen estava entre as vítimas da batalha.[2][1]

Referências

  1. 1,0 1,1 1,2 1,3 1,4 Fogo & Sangue, A morte dos dragões: Rhaenyra destituída.
  2. 2,0 2,1 A Princesa e a Rainha.


Sobre a página

Esta página utiliza conteúdo baseado em Owen Fossoway, um artigo de A Wiki Of Ice And Fire.