Uthor Underleaf

De Gelo e Fogo wiki
Ir para navegação Ir para pesquisar

 

Uthor Underleaf by Lord Evermore.png Uthor Underleaf Uthor Underleaf by Lord Evermore.png
Apelido(s) O Caracol
Título(s) Sor
Nascimento Em Entre 181 d.C. e 183 d.C.
(Aparece)

Uthor Underleaf.png

Sor Uthor Underleaf, às vezes chamado o Caracol por seu emblema pessoal, foi um cavaleiro de torneios durante o reinado de Aerys I Targaryen. Seu escudeiro se chama Will.[1]

Personagem

Uthor Underleaf foi um cavaleiro de torneios, que ganha a vida de apostar em justa e de resgates que ganhou para suas vitórias. Ele preferiu não se tornar um campeão do torneio, pois ele não queria se tornar famoso, mas fica satisfeito com o prêmio concedido aos cavaleiros que ficam em segundo lugar ou próximos da liderança. Sor Uthor suborna o mestre dos jogos para que ele enfrentasse os oponentes que ele prefere enfrentar (homens grandes, campeões mais antigos após o seu auge e "heróis de aldeias") onde as chances pareceriam estar contra ele.[1]

Como seu emblema, o caracol, Uthor "esconde-se em sua concha", desfrutando de conforto que conseguir em sua posição. O exterior da sua tenda era muito simples, mas dentro estava decorado com tapetes de Myr, um mobiliário ornamentado e de plumas. Ele era ganancioso, prático e cavalheiresco.[1]

Uthor Underleaf é um homem pálido e sombrio de olhos eram pequenos e astutos, sob sobrancelhas finas e arqueadas, tem barba bem-feita que emoldura sua boca e o cabelo que retrocedia, pois estava ficando careca. Ele veste roupas na cor cinza e verde de tecido bom, limpo e bem cuidado, mas de corte simples. Usa um broche de prata com o formato de um caracol em seu manto.

História

Sor Uthor assistiu ao casamento de Lorde Ambrose Butterwell e a Senhora Frey. Ele participou do Torneio de Alvasparedes em comemoração do casamento. Ele não fazia parte da conspiração para começar a Segunda Rebelião Blackfyre, apenas participando do torneio pelo dinheiro que ele planejava ganhar.[1]

Em sua primeira vez, ele desmontou Sor Duncan, o Alto na primeira partida com apenas um golpe na cabeça. Em sua segunda justa, ele derrotou Sor Addam Frey.

Depois, Dunk chegou à tenda de Uthor para dar seu cavalo e armaduras, pois perdeu a justa. Ele viu Uthor castigar seu escudeiro Will por aceitar o "ouro do traidor", um dragão com o rosto de Daemon I Blackfyre. Uthor preferiria receber um resgate pelas posses de Dunk ao invés das posses em si, mas Dunk não tinha dinheiro para pagar. Uthor fez a uma proposta a Dunk: ele não pegaria suas posses, mas Dunk deveria ficar à seu serviço, como alguém que parece ser um cavaleiro temível, que teria excelentes chances quando confrontados com Uthor em pequenos torneios em Westeros, assim eles ganharam dinheiro suficiente para comprar um Ovo de dragão com as apostas. Dunk recusou a oferta. Uthor também revelou a história do título de cavaleiro de Sor Glendon Flowers e o fato de que Dunk tem um inimigo secreto que subornou Uthor para matá-lo na justa.

Sor Uthor então derrotou Sor Theomore Bulwer em sua próxima justa. Para sua próxima justa, ele deveria enfrentar Sor Tommard Heddle, uma partida que pegou ele de surpresa (Lorde Gormon Peake subornou o mestre dos jogos com uma oferta melhor do que a de Uthor, para se certificar de que Uthor não enfrentaria Sor John, o Violinista ou vencer o torneio). No entanto, O torneio foi então interrompido pelo roubo do Ovo de Dragão de Lord Butterwell].

Após a fracassada Segunda Rebelião Blackfyre, Egg convenceu Brynden Rivers a emprestar Dunk o ouro para pagar o resgate de Uthor e recuperar suas posses. [1]

Referências e notas

Notas