Alayne I (Os Ventos de Inverno)

De Gelo e Fogo wiki
Ir para navegação Ir para pesquisar


Alayne I
Capítulo de Os Ventos de Inverno
SemCapa.png
PDVSansa Stark
LocalPortões da Lua, Vale
PáginaPT-BR Leya (Outras versões)
Cronologia dos capítulos (Todos)
Alayne II
O Festim dos Corvos
 ← Alayne I → 


Alayne Stone se encontra com Harrold Hardyng antes do torneio em homenagem a Irmandade dos Cavaleiros Alados.[1]

Sinopse

Alayne Stone lê uma história para Robert Arryn, quando Mya Stone os interrompe. Ela informa Alayne que os estandartes da Casa Waynwood foram vistos na estrada, e que Harrold Hardyng Os acompanha. Robert está irritado com a vinda deles, que ele nunca solicitou, e discute com Alayne sobre o futuro casamento dela com Harrold. A criança então mostra ciúmes, e declara que deseja se casar com Alayne, ao que ela responde que prejudicaria a casa Arryn se uma bastarda se casasse com um lorde. Ela adiciona que seu pai, Petyr Baelish, certamente sofreria. Com raiva, Robert, tendo prometido que faria voar todos os que se manifestassem contra sua vontade, entra em uma crise que a garota consegue conter.

A discussão sobre o casamento é retomada, mas Robert parece perturbar Alayne ao mencionar bastardos. Alegando ter sido ofendida, ela sai da sala para tentar encontrar Lorde Baelish.

Ao descobrir seus aposentos vazios, ela percebe que a janela está aberta e que papéis estão espalhados pela sala. Entre eles, ela encontra a lista de sessenta e quatro justas que serão realizadas durante torneio organizado para estabelecer uma nova Irmandade dos Cavaleiros Alados. Os oito primeiros se tornariam os protetores de Robert Arryn por um período de três anos. A idéia original do torneio, que cultivará os ideais de fraternidade e retribuição entre as famílias do Vale, foi de Alayne. Ela observa que Mindinho incorporou e organizou tudo o que ela sugeriu.

Ela se junta ao pátio interno onde os jogos acontecerão. Lá, ela vê cavaleiros vestindo escudos com brasões. Os membros da Casa Belmore usam sinos, os da Casa Lynderly víboras verdes, os da Casa Breakstone uma maça vermelha, e os da Casa Tollett, em seus campos dentados de cinza e preto. Ela conhece Myranda Royce, com dois cavaleiros que ela considera particularmente chatos, sor Uther Shett e sor Ossifer Lipps. Entendendo a situação, Alayne propõe a Myranda que a acompanhe em sua caminhada. A conversa entre as duas garotas aos poucos revela como se tornaram amigas, como Alayne a Harry tornaram-se prometidos, e como Myranda possui grande interesse nele. Elas então assistem Sor Lyn Corbray machucar seu companheiro de treinamento. Sor Lyn explica que seu irmão, lorde Lyonel Corbray, não pôde vir porque sua esposa está grávida, uma situação que parece incomodá-lo, pois ele perderia seu status de herdeiro da Casa de Corbray, se Lady Corbray der à luz uma criança com boa saúde. As palavras do cavaleiro deixam Alayne desconfortável e, quando sai, ela fica cara a cara com sor Ombrich, que parecia estar olhando para ela.

O corno soa para anunciar a chegada de Lady Anya Waynwood e seu protegido. As meninas então embarcam em uma corrida frenética para recebê-las, chegando vermelhas e sem fôlego. Este momento traz de volta lembranças felizes para Alayne, com sua amiga Jeyne Poole em Winterfell. Lady Waynwood é acompanhada por seu filho mais novo Wallace e seu neto Roland. Durante o encontro, Harrold é rude com ela, insistindo em seu status de bastarda. Conseguindo manter-se firme apesar dos insultos, Alayne os deixa e vai em busca de seu pai.

Perto da masmorra, ela encontra sor Brown Lothor, que parece ter uma opinião ruim de Harry, o Herdeiro, chamando-o de Harry, o Cretino. Ele diz a ela que seu pai está com Lorde Benedar Belmore e Lorde Gerold Grafton inspecionando as reservas de grãos de Lorde Nestor Royce. Ela os surpreende durante uma conversa, enquanto eles especulam sobre a escassez de alimentos do inverno, planejando aumentar os preços dos mantimentos. Alayne informa a seu pai a presença de Lady Waynwood e Harry e não esconde dele que Harry a desagrada. Petyr Baelysh tranquiliza-a, dá-lhe dicas de sedução e convence-a a agir durante o banquete da noite, que reunirá todos os participantes do torneio.

Após a refeição, os cavaleiros se amontoam em torno de Alayne e competem por sua atenção. Ela dança com uma dúzia de convidados antes que Hardyng peça que ele acompanhe. A princípio, Alayne recusa. Harrold, envergonhado, pede para ser perdoado por seu comportamento. Essas desculpas não são suficientes para ela, e Harrold se mostra quase implorando. Ela finalmente concorda com a dança. Durante o cortejo, ela o questiona sobre seus filhos bastardos (uma menina de dois anos Alys Stone, e o futuro filho ainda não nascido de outra mulher, Saffron). Enquanto continua a dançar, Alayne encanta seu cavaleiro e recebe a promessa de devolver Saffron quando eles se casarem. No final da dança, Sor Harrold, apaixonado, solicita o favor de usar suas cores durante o torneio; Alayne recusa, argumentando que ela os reserva para outra pessoa.

Notas e Referências

  1. The Winds of Winter, Alayne's sample chapter, made available on George R. R. Martin's website as of April 2, 2015