Ações

Patrek da Montanha do Rei

Patrek da Montanha do Rei.png
Patrek
House Baratheon of Dragonstone by Narwen and Lord Evermore.png
Apelido(s) Patrek da Montanha do Rei
Título Sor
Lealdade Casa Baratheon de Pedra do Dragão
Homens da Rainha
Morte Em 300 d.C., em Muralha
Aparece

Sor Patrek da Montanha do Rei é um cavaleiro das Terras da Tempestade ao serviço do Rei Stannis Baratheon. Ele é um dos Homens da Rainha.

Aparência e personalidade

Patrek é imberbe e tem a pele queimada. Suas vestes de cavaleiro são brancas, azuis e prateadas. Sua capa é composta da várias estrelas de cinco pontas espalhadas.

História

Patrek perdeu suas terras quando foi ao Norte com o Rei Stannis.

Eventos Recentes

Info Aviso: Esta seção contém revelações sobre o enredo (spoilers).

A Dança dos Dragões

Patrek permanece com a Rainha Selyse em Atalaialeste-do-Mar quando Stannis Baratheon parte para retomar Bosque Profundo. Quando Selyse deixa Atalaialeste em direção ao Fortenoite, Patrek a acompanha a Castelo Negro.[1] Ele comanda os cinquenta cavaleiros e homens-de-armas que ficaram para trás para guardar a Rainha Selyse e a Princesa Shireen Baratheon. Ele acredita que teria sido um marido melhor para Alys Karstark do que Sigorn, e está embevecido por Val. Quando Selyse sugere que Patrek deveria se casar com Val, Jon Snow declara que mulheres selvagens devem ser roubadas, em uma demonstração de força do homem, ao que Patrek responde, "Nenhum homem jamais teve motivo para questionar minha coragem. Nenhuma mulher jamais terá."[2] Ele posteriormente é morto na Torre de Hardin, onde Val está, pelo gigante Wun Weg Wun Dar Wun.

Info Aviso: Terminam aqui as revelações sobre o enredo (spoilers).

Inspiração externa

Patrek da Montanha do Rei tem seu nome em homenagem a um amigo de George R. R. Martin, Patrick St. Denis, de Montreal. Patrick é torcedor do time de futebol americano Dallas Cowboys (cujo brasão é uma estrela azul), enquanto George torce pelos New York Giants. [3]


Referências