Ações

Paul Pequeno

Minigdn.png
Paul Pequeno
Minigdn.png
Small Paul By Paolo Puggioni.jpg
Imagem por Paolo Puggioni
Lealdade Patrulha da Noite
Morte Em 299 d.C., em Além da Muralha
Aparece
Mencionado
Mencionado

Paul Pequeno é um intendente da Patrulha da Noite. Apesar de simplório e do seu apelido, ele é um homem grande, considerado o mais forte da Muralha.[1][2]

Aparência e características

Veja também: Imagens de Paul Pequeno

Paul Pequeno tem um rosto largo e bruto, com um nariz achatado e pequenos olhos escuros, uma matagal de rija barba castanha[1] e com mãos enormes.[2] Ele é um homem muito grande e poderoso, sendo considerado o homem mais forte da Patrulha da Noite, embora seja menos pesado que Samwell Tarly.[1][3] Ele é forte o suficiente para quebrar as costas de um homem com apenas um braço, como assim já fez com um selvagem,[2] além de ser o único capaz de levantar e carregar Samwell Tarly por várias milhas, mesmo quando Grenn, o Auroque, não conseguiu nem sequer erguê-lo a poucos centímetros do chão.[1] Apesar de sua força, ele nunca foi um homem rápido.[3]

Paul é um homem simples, que gosta de animais e quer cuidar do Corvo de Jeor Mormont[2] e ataca em fúria um dos Outros por matar o cavalo de Mawney.[1] Contudo é um homem de raciocínio lento como um caracol e facilmente manipulável.[2]

Eventos recentes

Info Aviso: Esta seção contém revelações sobre o enredo (spoilers).

A Fúria dos Reis

Paul Pequeno participa da Grande Patrulha Para Lá da Muralha liderados pelo Senhor Comandante Mormont.[2]

A Tormenta de Espadas

Ao lado de Chett, Adaga, Pé-Leve, Ollo Mão-Cortada, Doce Donnel Hill, Lark, o homem das Irmãs, Rolley de Vilirmãs, Karl Pé-Torto, Maslyn, Serrote e outros três homens, Paul Pequeno é um dos conspiradores na trama para matar o Senhor Comandante Mormont e outros no Punho dos Primeiros Homens. Paul foi facilmente manipulado por Chett, o líder do plano, para fazer parte da dessa conspiração. Paul seria o responsável por matar o Velho Urso com suas próprias mãos, com a ajuda de Pé-Leve. Paul planeja cuidar do Corvo do Senhor Comandante Mormont. Apesar de todo o planejamento de Chett, a conspiração é frustrada por um ataque inesperado de várias Criaturas zumbis no Punho dos Primeiros Homens.[2]

Após a batalha do Punho dos Primeiros Homens, os sobreviventes tentam voltar para Castelo Negro. Samwell Tarly tem de ser carregado por Paul, visto que este é o único forte o suficiente para fazer o trabalho. Samwell Tarly, Grenn e Paul lentamente tentam fugir mas são alcançados por um Outro e criaturas, como o cavalo zumbi de Mawney. Grenn tem sua espada quebrada por um Outro e Paul acaba sendo morto. Antes de morrer, Paul acaba arrancando a espada de cristal das mãos do Outro e graças a isso Sam consegue, com uma adaga de obsidiana, acertar e matar o Outro antes que ele pudesse acabar com remanescentes. Grenn verifica se Paul está realmente morto e fecha os olhos do cadáver antes de seguir viagem até a Fortaleza de Craster.[1] Paul, contudo, acaba sendo transformado numa das criaturas e, reanimado, parte para Fortaleza de Craster para matar Sam e Goiva, após estes escaparem do local depois do Motim na Fortaleza de Craster. O cadáver ambulante de Paul encontra o casal, então Sam tenta conversar com Paul na esperança de ele ainda ter memórias, mas principalmente para dar tempo para Goiva fugir. Sem qualquer efeito, Paul parte para cima de Goiva e seu bebê, então Sam golpeia-o com a adaga de obsidiana, mas não surte efeito algum e a adaga se quebra ao se chocar na malha de ferro por baixo da lã das roupas de Paul. A criatura começa a estrangular Sam, mas no último momento, Sam ataca com um pedaço de madeira em chamas, enfiando-a na boca do morto-vivo e matando-o através do fogo. Sam nota que os olhos de Paul, quando ele morreu de vez, deixaram de ser azuis (uma característica das Criaturas).[3]

Citações

Citações de Paul Pequeno

Grenn: Consegue carregá-lo?

Paul: Uma vez carreguei um bezerro que era mais pesado do que ele. Levei-o até a mãe, para que ele pudesse beber leite.[1]

— Paul Pequeno falando para Grenn que pode carregarSamwell Tarly
Patrulheiro: Ninguém vai esperar por você, Paul. Deixe o porco para os mortos.

Paul: Ele prometeu que eu podia ficar com um pássaro. Quero ter um pássaro que fale e venha comer milho na minha mão.[1]

— Paul Pequeno salvando Samwell Tarly
Por que fez mal a esse cavalo? Era o cavalo de Mawney.[1]
— Paul Pequeno para o Outro pouco antes de atacá-lo furiosamente

Citações sobre Paul Pequeno

Paul Pequeno, cabeça-dura como a muralha de um castelo[2]
Lark, o homem das Irmãs para Chett
Paul Pequeno era um dos seus; o homem mais forte da Muralha, mesmo que tivesse raciocínio mais lento do que o de um caracol morto. Certa vez, quebrou as costas de um selvagem com um abraço.[2]
Chett em pensamento
Paul Pequeno era grande e poderoso, mas Sam ainda pesava mais do que ele (...)[3]
Samwell Tarly
Movia-se lentamente, mas Paul Pequeno nunca fora rápido, mesmo em vida.[3]
Samwell Tarly
Paul? Paul Pequeno. Reconhece-me? Sou o Sam, o gordo Sam, Sam, o Assustado, salvoume na floresta. Carregou-me quando não consegui dar nem mais um passo. Ninguém mais poderia ter feito isso, mas você fez. Não nos faça mal, Paul. Por favor. Por que quereria nos fazer mal?[3]
Samwell Tarly tentando argumentar com o cadáver ambulante de Paul
As mãos de Paul eram carvão, seu rosto, leite, os olhos brilhavam com um azul amargo. A geada esbranquiçava sua barba e sobre um ombro empoleirava-se um corvo, bicando seu rosto, comendo a carne morta e branca. A bexiga de Sam largou-se, e sentiu o calor que corria pernas abaixo.[3]
Samwell Tarly vê pela primeira vez o cadáver ambulante de Paul
Lembrou-se de Pyp contar, certa vez, como Paul Pequeno era o homem mais forte da Patrulha.[1]
Samwell Tarly

Sobre a página

Esta página utiliza conteúdo baseado em Small Paul, um artigo de A Wiki Of Ice And Fire.

Referências