Ações

Último beijo

O último beijo é um ritual praticado pelos sacerdotes vermelhos de R'hllor. Quando um seguidor do Senhor da Luz morre, os sacerdotes enchem as suas bocas com fogo e sopram as chamas no cadáver,[1], pois acreditam que o fogo purifica,[2] e que o fogo é a brilhante oferta do Senhor da Luz.[3] Harwin e Thoros da Irmandade sem Bandeiras se referem ao termo como beijo da vida.[4]

Eventos recentes

Info Aviso: Esta seção contém revelações sobre o enredo (spoilers).

A Tormenta de Espadas

Thoros de Myr explica para Arya Stark que ele administrou o último beijo em Lorde Beric Dondarrion quando Beric morreu após a Batalha do Vau do Saltimbanco. O beijo reviveu Beric, no entanto, para o choque de Thoros, que nunca tinha visto tal ocorrência antes, e atribui a ressurreição a R'hllor.[1]

O Festim dos Corvos

Thoros conta para Brienne de Tarth que quando a Irmandade sem Bandeiras encontrou o corpo morto de Catelyn Stark, Thoros se recusou a realizar o beijo da vida nela. Beric, em vez disso, tocou seus lábios nos de Catelyn, passando a chama da vida dele para ela.[4]

Citações

Quando seu pobre peito rasgado parou de se mover, dei-lhe o beijo do bom deus para encaminhá-lo. Enchi a boca com fogo e soprei as chamas para dentro dele, através de sua garganta, para pulmões, coração e alma. Chama-se o último beijo, e vi muitas vezes os velhos sacerdotes concedendo-o aos servos do Senhor quando estes morriam. Eu mesmo o tinha dado uma ou duas vezes, como todos os sacerdotes têm de fazer. Mas nunca antes tinha sentido um morto estremecer enquanto o fogo o enchia, nem visto seus olhos se abrirem. Não fui eu quem o convocou, senhora. Foi o Senhor. R'hllor ainda pretende algo dele. A vida é calor, e o calor é fogo, e o fogo é de Deus e só de Deus. [1]
Thoros de Myr, para Arya Stark sobre Beric Dondarrion.

Sobre a página

Esta página utiliza conteúdo baseado em Last kiss, um artigo de A Wiki Of Ice And Fire.

Referências