Ações

Hallis Mollen

Mollen.png
Hallis Mollen
Mollen.png
Apelido(s) Hal
Título Capitão da Guarda de Winterfell
Lealdade Casa Mollen
Casa Stark
Cultura Nortenha
Aparece
Aparece
Mencionado
Apêndice

Hallis Mollen, também conhecido como Hal, é o capitão da guarda de Winterfell, nomeado por Robb Stark. [1]

Aparência e características

Hal é um guarda musculoso com uma barba castanha e quadrada.[1] Hal tem a tendência de falar o óbvio[2] em alta voz.[3] Ele também tem uma língua solta.[4]

Eventos recentes

Info Aviso: Esta seção contém revelações sobre o enredo (spoilers).

A Guerra dos Tronos

Enquanto a Senhora Catelyn Stark está inconsciente após o atentado a vida de Bran, Robb nomeia Hallis o novo capitão dos guardas em Winterfell. [1] Ele substitui Jory Cassel, que acompanhou Lorde Eddard Stark até Porto Real quando Ned foi nomeado Mão do Rei pelo Rei Robert I Baratheon.

Hallis acompanha Robb Stark em visitas a locais distantes durante a ausência de Catelyn Stark, fazendo com que Bran Stark, em seu leito, acreditasse que Robb passa mais tempo agora com Hallis e Theon Greyjoy do que com seus próprios irmãos. Ele também fica de guarda de Robb enquanto ele recepciona Tyrion Lannister após o retorno do anão a Winterfell, após deixar a Muralha.[5]

Após a lesão de Lorde Eddard nas mãos dos guardas da Casa Lannister, liderados por Sor Jaime Lannister, Hallis, Theon e Meistre Luwin aconselham Robb antes de chamar seus vassalos.[6]

Quando Bran faz seu primeiro passeio fora de Winterfell desde sua queda, Hallis designa vários guardas para acompanhá-lo e Robb, o que desagrada Bran, já que ele preferia estar apenas com seu irmão mais velho.[6]

Robb decide liderar o exército indo para o sul para segurar o Gargalo e ajudar os Tullys em sua luta contra os Lannisters. Bran pondera que Robb poderia ter dado o comando das forças a Hallis, Theon ou um de seus vassalos, conforme recomendado por Meistre Luwin, mas Robb decidiu liderar os homens ele mesmo, deixando Bran como Lorde de Winterfell. Quando Grande-Jon ameaça Robb por causa de um desentendimento, Hallis tenta interceptá-lo antes que ele alcance Robb com uma espada desenhada, mas Hallis é derrubado facilmente por Grande-Jon, que é um homem muito maior, mas este é impedido por Vento Cinzento. Hallis carrega a bandeira da Casa Stark quando as forças estão deixando Winterfell. [7]

Durante a Batalha do Bosque dos Murmúrios, Hallis comanda pessoalmente os guardas que protegem a Senhora Catelyn Stark, depois de pedir a honra de fazê-lo. Catelyn observa que ele tem uma tendência a afirmar o óbvio quando identifica os sons usados como sinais para indicar a aproximação das forças lideradas por Sor Jaime Lannister. Quando Sor Jaime é trazido diante dela, Hal o apresenta como o Regicida.[2]

A Fúria dos Reis

Hallis protege Catelyn quando ela vai para o sul para encontrar-se com Renly Baratheon e negociar uma possível aliança. Quando eles se aproximam do acampamento de Renly em Ponteamarga, Hallis percebe o barulho que acaba vindo de uma confusão entre os homens de Renly. Ele fala isso para Catelyn, que novamente nota sua propensão à dizer em voz alta o que é óbvio.[3]

Hallis acompanha Catelyn para uma conversa entre Renly e seu irmão Stannis Baratheon em Ponta Tempestade. Após a discussão não dar em nada, ele joga dados com alguns homens Stark, informando-os sobre o resultado e que haverá uma batalha entre as forças de Renly e Stannis ao amanhecer. Quando Catelyn é questionada sobre isso por Lucas Blackwood, ela confirma as palavras de Hallis, mas nota para si mesma que seu guarda tem uma língua solta.[4]

Depois que Renly foi assassinado e seu acampamento está em alvoroço, Hallis pergunta a Catelyn sobre a batalha, ela responde de que não haverá. Catelyn ordena sua escolta para levar ela e Brienne de Tarth para fora do acampamento o mais rápido possível, antes que os homens de Renly comecem a procurar as duas mulheres que estavam com seu rei quando ele morreu.[8]

Após seu retorno a Correrrio, Hallis nota os homens Lannister que foram enforcados em sua ausência com seus corpos pendurados nas paredes do castelo agora. Eles se revelaram homens que escoltaram Sor Cleos Frey quando ele retornava de Porto Real com os termos de paz estabelecidos por Tyrion Lannister; eles foram enforcados por tentar ajudar o Sor Jaime Lannister a escapar. Sor Cleos também trouxe os restos mortais do Senhor Eddard Stark com ele. Catelyn dá ordens para transportá-los para Winterfell, sob a escolta de Hallis, e enterrá-los nas Cripta de Winterfell.[9]

Sem o conhecimento de Catelyn, os Homens de Ferro liderados por Victarion Greyjoy já tinham ocupado o Fosso Cailin e Theon Greyjoy está a caminho para tomar Winterfell também, impedido a passagem de Hallis e os ossos de Lorde Eddard Stark.[10][11]

A Tormenta de Espadas

Enquanto estava a caminho do casamento do Senhor Edmure Tully com Roslin Frey nas Gêmeas, a força liderada por Robb Stark enxergam através de Bosque dos Murmúrios. Observando alguns esqueletos de soldados que morreram na batalha anterior, Catelyn se pergunta o que aconteceu com os restos de seu marido depois que ela enviou Hallis com uma guarda de honra para o Norte com eles. Ela não sabe se Hallis e seus homens conseguiram chegar em casa ou não antes que os Homens de Ferro tomassem Fosso Cailin e Winterfell.[12]

A Dança dos Dragões

Senhora Barbrey Dustin conta para Theon Greyjoy que se os ossos de Ned saírem do Gargalo, as escoltas serão impedidas de irem para o norte até Winterfell por intervenção de Vila Acidentada.[13]

Citações

Quando Hallis Mollen se aproximara para refreá-lo, atirara-o ao chão, virara uma mesa e desembainhara a maior e mais feia espada longa que Bran jamais vira.[7]
Jon Umber derrubando Hal facilmente
Viu a maneira como ele atirou o Hal ao chão, como se não fosse maior que Rickonf Deuses, fiquei tão assustado. E Grande-Jon não é o pior dentre eles, é só o mais barulhento.[7]
Robb Stark contanto a Bran Stak como Hal foi derrubado facilmente por Jon Umber
Estou grata por seus serviços, irmãs, mas devo atribuir-lhes outra tarefa. Lorde Eddard era um Stark, e seus ossos devem ser postos em repouso sob Winterfell. Assegurem-se de que as irmãs tenham cavalos descansados, e qualquer outra coisa de que necessitem para a viagem. Hal Mollen vai escoltá-las de volta a Winterfell, é tarefa dele como capitão dos guardas. Deixem-me agora, todos vocês. Desejo ficar a sós com Ned esta noite.[9]
Catelyn Stark ordena que trasportem os ossos de Eddard Stark até Winterfell para que seja enterrado nas criptas, junto de outros Starks
Isso fez com que se interrogasse sobre o local onde Ned acabou por descansar. As irmãs silenciosas tinham levado seus ossos para o Norte, escoltadas por Hallis Mollen e uma pequena guarda de honra. Teria Ned conseguido chegar a Winterfell, para ser enterrado ao lado do irmão Brandon nas criptas escuras sob o castelo? Ou teria a porta se fechado em Fosso Cailin antes de Hal e das irmãs conseguirem passar? [12]
Catelyn Stark curiosa sobre o paradeiro dos ossos de Eddard Stark

Sobre a página

Esta página utiliza conteúdo baseado em Hallis Mollen, um artigo de A Wiki Of Ice And Fire.

Referências