Syrax

De Gelo e Fogo wiki
Ir para: navegação, pesquisa
Syrax
Syrax HBO 1.png
Rhaenyra Targaryen montada em Syrax.
Conteúdo suplementar do blu-ray da quinta temporada de Game of Thrones.
Lealdade Rhaenyra Targaryen
Morte Em 130 d.C., em Fosso dos Dragões
Livro(s) O Mundo de Gelo e Fogo (mencionada)
O Príncipe de Westeros (mencionada)
A Princesa e a Rainha (aparece)
A Dança dos Dragões (mencionada)

Syrax foi uma dragão-fêmea. Ela foi montada exclusivamente por Rhaenyra Targaryen. Seu nome veio de uma deusa de Valíria.[1]

Sobre

Veja também: Imagens de Syrax

Syrax tinha escamas amarelas. Ela era enorme e formidável, mas não tão temível ou experiente em batalha como Caraxes.[2] Ela foi mantida em correntes e extremamente bem alimentada. A dragão não havia caçado por anos na época da guerra civil.

História

Rhaenyra tomou Syrax como uma montaria pela primeira vez em 104 AC, quando a princesa tinha sete anos de idade. Syrax foi descrita como uma "jovem" dragão-fêmea na época, e a própria Rhaenyra nomeou-a "Syrax" (em homenagem a uma deusa valiriana) - sugerindo fortemente que Syrax não tinha tido cavaleiro anterior.[1]

Syrax colocou "várias" ninhadas de ovos durante o reino de Viserys I. Sua última ninhada foi produzida pouco antes da guerra civil.[1] Um dos ovos dessa última ninhada foi dado a Rhaena, a enteada de Rhaenyra.

Seguindo seu parto difícil no início da guerra, Rhaenyra recuperou forças suficientes para voar em Syrax, junto com seus outros dragões, quando eles assaltaram e capituraram Porto Real.

Em Porto Real Syrax foi mantida dentro das muralhas da Fortaleza Vermelha em um estábulo na ala externa que havia sido esvaziado de cavalos e cedido para seu uso. Correntes pesadas amarraram-na ao chão. As correntes eram longas o suficiente para permitir que ela se movesse do estábulo para o pátio, mas a impedia de voar sem cavaleiro. Os outros três dragões pertencentes aos negros foram mantidos no Fosso dos Dragões junto com Dreamfyre dos verdes.

Syrax foi morta no rescaldo do Assalto ao Fosso dos Dragões. O príncipe Joffrey tentara montá-la para cavalgar até o Fosso dos Dragões, para salvar os outros dragões, e talvez montar seu próprio dragão, Tyraxes, ali. Mas dragões não são cavalos, e eles só aceitam uma montaria de cada vez. No meio do vôo, Syrax deslizou Joffrey de seu torso, que caiu para a morte. Atraído pelo derramamento de sangue, Syrax continuou no Fosso dos Dragões. Arquimeistre Gyldayn notou que Syrax poderia simplesmente ter ficado no ar e corrido na multidão com suas chamas, mas ao invés disso ela desceu ao chão, matando dezenas com seus dentes e garras. Há numerosos e contraditórios relatos sobre como especificamente Syrax morreu, e Gyldayn não os detalha. O que é certo é que Syrax acabou morrendo lutando contra os revoltosos.[1]

Notas

Em A Dança dos Dragões, Uma História Verdadeira, Meistre Munkun escreve que Vhagar queimou Sor Byron Swann quando ele tentou matá-la, se esgueirando por trás de seu escudo para que o dragão pudesse ver apenas seu reflexo - enquanto Serwyn do Escudo Espelhado matava Urrax. No entanto, de acordo com Tyrion Lannister, Grande Meistre Munkun erra, pois o dragão era de fato Syrax.[3]

Que foi Syrax faz muito mais sentido do que a versão de Munkun, já que Sor Byron Swann era o filho de um senhor da marca, e Ponta Tempestade era de Aegon. Vhagar foi montado pelo príncipe Aemond, irmão de Aegon e membro dos Verdes.

O livro A Princesa e a Rainha, ou, Os Negros e os Verdes de Aquimeistre Gyldayn não esclarece mais sobre o assunto, pois não dá conta da tentativa de Sor Byron Swann de matar um dragão.

Cavaleiros de dragão de Syrax

Sobre a página

Esta página utiliza conteúdo baseado em Syrax, um artigo de A Wiki Of Ice And Fire.

Referências