Alyn

De Gelo e Fogo wiki
Ir para: navegação, pesquisa
Stark.png
Alyn
Stark.png
Alyn de Winterfell Тхе Мичо.jpg
Alyn, por Тхе Мичо/The Mico ©.
Lealdade Casa Stark
Morte Em 298 d.C.
Aparece
Mencionado
Mencionado
Mencionado

Alyn é um membro da guarda doméstica de Lorde Eddard Stark em Winterfell.

Aparência e personalidade

Veja também: Imagens de Alyn

Sansa considera Alyn mais bonito do que Jory Cassel. Ele sonha em se tornar um cavaleiro.

Eventos recentes

Info Aviso: Esta seção contém revelações sobre o enredo (spoilers).

A Guerra dos Tronos

Alyn está entre os guardas que acompanham Lorde Eddard Stark quando ele viaja para o sul para assumir o cargo de Mão do Rei para Robert Baratheon. Na Estrada do Rei, é Alyn quem acorda Eddard na manhã em que Robert leva sua Mão em uma carona pelas planícies para discutir questões de estado.[1]

Assim como toda a guarda Stark, Alyn não pode fazer nada para impedir Sandor Clegane de matar Mycah, o filho do açougueiro. Arya Stark, lembra-se que Alyn vai ser um cavaleiro um dia e ressente-se de sua apatia naquela situação. [2]

Em Porto Real, Alyn permite que Petyr Baelish vá aos aposentos de Eddard Stark, quando Mindinho vem oferecer ajuda em relação à morte de Lord Jon Arryn. Mais tarde, Alyn conduz Ned ao arsenal de Tobho Mott. [3]

Quando Janos Slynt, comandante da Patrulha da Cidade de Porto Real, pede reforços para lidar com a crescente desordem causada pelo torneio da mão, Eddard Stark dá-lhe vinte homens de sua casa sob o comando de Alyn. [4] O próprio Alyn participa do torneio, onde é derrotado por Sor Balon Swann. Lorde Eddard envia Alyn para recrutar Anguy, o campeão de tiro com arco do torneio, mas Anguy recusa a oferta. Mais tarde naquele mesmo dia, Alyn está guardando as escadas na Torre da Mão, quando Varys aparece para falar sobre a morte de Jon Arryn. Eddard está surpreso que Varys passou por Alyn e seus outros guardas, mas é dito que existem caminhos na Fortaleza Vermelha conhecido apenas por fantasmas e aranhas. [5]

Depois que Eddard é atacado na rua por Sor Jaime Lannister, o Regicida, é Alyn que envia um corvo a Winterfell com a notícia do ferimento de Lorde Eddard Stark e das mortes de Jory Cassel, de Wyl, e de Heward. Com Jory morto, Alyn é promovido a comandante da Guarda Doméstica dos Stark. [6]

Quando Lorde Eddard Stark acorda, Alyn informa que o Regicida fugiu da cidade, provavelmente para se juntar a seu pai, Tywin Lannister, no Rochedo Casterly, e que a notícia da Senhora Catelyn Tully ter tomado Tyrion Lannister como cativo tornou-se de conhecimento comum. Ele diz a Eddard que Sansa Stark está orando silenciosamente enquanto Arya Stark está cheio de raiva sobre o que aconteceu. Eddard diz-lhe para manter suas filhas seguras sob qualquer circunstância. Alyn também informa Lorde Eddard que ele deu os corpos dos guardas Stark que morreram para as Irmãs Silenciosas para que possam ser enviados para Winterfell. Eddard aprova todas as ações de Alyn.

Alyn está presente na sala do trono quando Lorde Eddard Stark ordena Lorde Beric Dondarrion para trazer Sor Gregor Clegane à justiça. [7] Lorde Eddard Stark envia vinte de seus próprios guardas sob o comando de Alyn junto com Lorde Beric. Como comandante do contingente de Stark, Alyn carrega a bandeira do Lobo Gigante da Casa Stark. Quando as força de Lorde Beric estão deixando o Fortaleza Vermelha, Alyn cavalga ao lado de Lord Beric. Sansa percebe que ele é mais bonito do que Jory Cassel, e ela acredita que ele vai ser um cavaleiro. [8]

Deitado na cela após sua prisão, Lorde Eddard Stark tenta construir sua esperança no retorno de Alyn e os outros homens Stark depois de eles têm lidado com Sor Gregor Clegane. [9]

Alyn participa da Batalha do Vau do Saltimbanco, onde os homens liderados por Lorde Beric Dondarrion são apanhados numa armadilha montada pelas forças Lannister sob o comando de Sor Gregor Clegane. No final do combate, quando a situação é aparentemente desesperada, Alyn consegue restaurar a ordem às fileiras, e um terço da força consegue se libertar, liderada por Thoros de Myr. [10]

A Fúria dos Reis

Durante a Festa da Colheita em Winterfell, Bran Stark reflete sobre o número de novos rostos na festa deste ano, preenchendo as posições daqueles da família Stark que foram para o sul com Lorde Eddard Stark e morreram. Bran conta Alyn entre os mortos. No entanto, isso é provavelmente apenas uma suposição, como Bran tem pouco conhecimento da Batalha do Vau do Saltimbanco, pois ele também pensa que Harwin está morto, quando na verdade ele está vivo. [11]

A Tormenta de Espadas

Harwin conta a Arya Stark sobre a Batalha do Vau do Saltimbanco e como as ações de Alyn ajudaram na fuga de um terço da força liderada por Lorde Beric Dondarrion, incluindo o próprio Harwin, Lorde Beric Dondarrion e Thoros de Myr. [10]

Quando Sandor Clegane é posto em julgamento pela Irmandade Sem Bandeiras, Tom de Seterrios lista Alyn entre as mortes Sandor para o qual supostamente é responsável. Alyn está morto, mas não está claro se Alyn morreu na Batalha do Vau do Saltimbanco ou em um conflito posterior com os homens Lannister. [12]

A Dança dos Dragões

Durante o casamento de Ramsay Bolton e Arya Stark em Winterfell, Theon Greyjoy pensa nos antigos companheiros que morreram na época em que os Stark eram senhores de Winterfell antes da Guerra dos Cinco Reis começar, ele inclui Alyn "com seus sonhos de cavalaria". [13]

Sobre a página

Esta página utiliza conteúdo baseado em Alyn, um artigo de A Wiki Of Ice And Fire.

Referências