Vargo Hoat

De Gelo e Fogo wiki
Ir para: navegação, pesquisa
Bravos Companheiros.png
Vargo Hoat
Bravos Companheiros.png
Vargo Hoat Amoka.jpg
Vargo Hoat, por Amoka ©
Apelido(s) O Bode
O Aleijador
Título Lorde de Harrenhal
Lealdade Bravos Companheiros
Cultura Qohor
Nascimento Em Qohor
Morte Em 300 d.C.
Mencionado
Aparece
Aparece
Mencionado
Vargo Hoat, por Тхе Мичо ©

Vargo Hoat é o líder dos Bravos Companheiros, uma repugnante companhia de mercenários, também chamada de "Saltimbancos Sangrentos" nos Sete Reinos. Os Saltimbancos são descritos como a escória do mundo; criminosos e párias de muitas nações, com o próprio Hoat vindo de Qohor. Ele é, às vezes, chamado de "o Bode", devido ao seu elmo, esculpido em forma de cabeça de cabra. [1]

Aparência e características

Veja também: Imagens de Vargo Hoat

Vargo é um homem muito alto e magro como um espeto, com uma uma cara repuxada e sem viço que parecia ainda mais longa devido à barba negra e filamentosa que descia desde seu queixo pontiagudo quase até a cintura.[1] Ele tem um elmo de aço negro esculpido em forma de cabeça de cabra.[1] Em torno do pescoço usava uma corrente feita de moedas interligadas, de tamanho, forma e metais diversos de todas as formas e tamanhos, cunhadas e esculpidas, ostentando retratos de reis, feiticeiros, deuses e demônios, e de todos os tipos de animais fantasiosos.[1][2] Ele tem um cavalo era um dos estranhos animais pretos e brancos. Seu brasão apresenta a Cabra Preta de Qohor. [1] Sua língua inchada faz com que ele balbucie e babe ao falar. Apesar disso, Hoat é mais astuto do que ele parece, já que nenhum homem sobrevive sendo o líder dos Bravos Companheiros sem ser cruel e sagaz.[3]

Ele é um sadista que frequentemente tortura seus prisioneiros ao cortar seus pés e mãos, o dando o apelido "o Estropiador". [4]

Eventos recentes

Info Aviso: Esta seção contém revelações sobre o enredo (spoilers).

A Guerra dos Tronos

A companhia de Vargo foi empregada pelo Lorde Tywin Lannister para irem às Terras Fluviais e queimar e pilhar, para tentar sacar e capturar Robb Stark e trocá-lo por Jaime Lannister. [5]

A Fúria dos Reis

Mais tarde, ele se juntou a Tywin em Harrenhal. Sua principal função é pilhagem das redondezas e trazer para o castelo os resultados do seu trabalho. Quando Arya Stark os observa pela primeira vez, ela se pergunta quantos monstros Lorde Tywin Lannister tem. [1]

Existe tensão entre os homens Lannister e os homens de Vargo, o que ocasionalmente levava a violência. Um dessas incidências começa com um arqueiro dos homens de Lorde Lewys Lydden que provocou alguns Bravos Companheiros sobre a incapacidade de capturar o líder da Irmandade Sem Bandeiras, Beric Dondarrion, e em meio a confusão o escudeiro Sor Harys Swyft é assassinado. Depois disso, Lorde Tywin Lannister enforcou o arqueiro e dois dos Bravos Companheiros e assim tanto Vargo Hoat como Sor Harys Swyft se reconciliaram com um beijo. [1]

Lorde Tywin Lannister ordena a saída de suas tropas de Harrenhal para perseguir Robb Stark, que invadiu as Terras Ocidentais. Tywin deixa Sor Amory Lorch como castelão de Harrenhal. No entanto, Amory e Vargo se odiam profundamente e assim Vargo decide virar a casaca. Ele lidera os Bravos Companheiros até o Lorde Roose Bolton, onde Vargo e Lorde Bolton chegam a um acordo: Os Bravos Companheiros providenciam que Harrenhal caisse nas mãos dos Nortenhos, em troca foi prometido a Vargo o título de Senhor de Harrenhal uma vez que Roose e seus homens deixaram o castelo. [6][3]

Como resultado do acordo, juntamente com alguma pilhagem que inclui um enorme urso enjaulado, Vargo traz um grupo de cavaleiros do Norte para Harrenhal, liderado por Robett Glover e Aenys Frey. Ele afirma que são cativos que os Bravos Companheiros tomaram quando repeliram uma tentativa das forças de Lorde Bolton de atravessar o Tridente. Como parte da simulação, os Nortenhos estão acorrentados, com roupas esfarrapadas e muitas feridas falsas. Apesar de seu descontentamento com a grande captura suposta de Vargo, Amory cai no truque e ordena que os cativos sejam levados para um calabouço, ignorando um protesto de Robett de que eles foram prometidos tratamento honorável por Vargo. [6]

Antes que os Bravos Companheiros possam manter sua parte no acordo de liberar os prisioneiros para que eles possam dominar o castelo e os homens de Amory e defender Harrenhal, Arya Stark, sem perceber o que está acontecendo, organiza uma libertação bem-sucedida dos cativos com a assistência de Jaqen H'ghar, Dentadas e Rorge. Os Nortenhos e os Bravos Companheiros, que agora tinham os novos membros, Dentadas e Rorge, então trazem o castelo sob seu controle e na noite seguinte, Roose chega para manter Harrenhal. Vargo e Lorde Bolton observam enquanto os Bravos Companheiros trazem Amory pelado pelo pátio e jogam-no no poço dos ursos. Arya Stark nota que urso lembra Yoren e toma isso como uma vingança. [6]

Os Bravos Companheiros continuam a pilhar e devastar sob as ordens de Lorde Bolton e erradicar as forças de Lannister que eles encontrassem no caminho. Vargo divide seu grande grupo em quatro grupos menores, o maior liderado por ele, os outros por seus capitães mais confiáveis, para que possam visitar tantas aldeias quanto possível. O método de identificação de traidores de Vargo é simples: ele simplesmente capturava as pessoas que o ajudaram enquanto ele era empregado por Lorde Tywin e confiscava o dinheiro que receberam por sua assistência. Como resultado, os Bravos Companheiros retornam para Harrenhal com sacos cheios de prata. [7]

Arya Stark, servindo como copeira de Lorde Bolton, descobre que ele vai entregar o controle de Harrenhal para Vargo. Apreensiva de que sem os homens Bolton para pôr os Bravos Companheiros na linha e que ela poderia se tornar um alvo de sua violencia, de Rorge em particular, que repetidamente dizia que ele a estupraria, Arya foge de Harrenhal, tomando Torta Quente e Gendry. [4][7]

A Tormenta de Espadas

Depois de Sor Jaime Lannister e Brienne de Tarth serem capturados por seus homens, Vargo ordena que a mão de Jaime seja cortada como uma mensagem para seu pai. [2] Hoat também espera ganhar a mão de Alys Karstark em casamento, pois isso foi oferecido por Lorde Rickard Karstark para quem trouxesse Regicida até ele e isso lhe daria a chance de se tornar o Senhor de Karhold. Isso desagrada Lorde Bolton, que ainda pretende deixar Harrenhal para Vargo Hoat, embora sabendo que o Senhor Tywin Lannister é obrigado a retomar o castelo e castigar Vargo eventualmente. [3]

Depois de tomar o controle de Harrenhal após a partida de Lorde Bolton, Vargo tenta sexo forçado com Brienne de Tarth, mas ela o morda na orelha esquerda. Ele a joga no poço dos ursos e a luta com uma espada sem fio de torneio e sem armadura. Quando Jaime Lannister volta a resgatar Brienne das mãos dos Bravos Companheiros, ele oferece um resgate por Brienne, mas Vargo diz que se ele quiser, ele deveria ir buscá-la. Sem pensar duas vezes, Jaime Lannister pula na jaula e resgata Brienne com a ajuda de arqueiros de Bolton comandados por Walton Pernas-de-Aço. Em desvantagem numérica, Vargo relutantemente lhes permite deixarem Harrenhal. [8]

Comandado por Tywin para retomar Harrenhal, Sor Gregor Clegane e seus homens chegam ao castelo. Após captur de Harrenhal novamente, as mãos e os pés de Vargo são cortados e ele é torturado cruelmente. [9]

O Festim dos Corvos

Timeon explica para Brienne de Tarth que a orelha de Vargo ficou infeccionada, preta e vazando pus. Naquela época, Urswyck e Rorge disseram para Hoat que os Bravos Companheiros deveriam deixar Harrenhal enquanto podiam, mas Vargo, ainda acreditando que poderia ser Senhor de Harrenhal, ordenou que seus homens a defendessem por ele. Quase todos os Bravos Companheiros abandonaram seu líder em Harrenhal e se dispersaram, permitindo que Sor Gregor Clegane o capturasse facilmente o castelo. Antes de partir para Porto Real para lutar no Julgamento por combate de Tyrion Lannister, Sor Gregor Clegane acabou com Vargo. [10]

Quando Sor Jaime Lannister retorna a Harrenhal no seu caminho para terminar o Cerco de Correrrio, ele ordena que a cabeça de Vargo seja mostrada para ele. Embora a maioria da carne tenha desaparecido e os lábios, os narizes e as orelhas tenham sido cortados, Jaime reconhece que é o Vargo por causa da sua tão característica barba de bode.

Boca de Merda e Raff, o Querido informam a Sor Jaime Lannister que Sor Gregor Clegane encontrou Vargo sentado sozinho em Harrenhal, meio louco de dor e febre da ferida na orelha causada por Brienne de Tarth. Como uma zombaria da maneira que Vargo gostava de torturar seus prisioneiros, Sor Gregor Clegane cortou seus membros parte por parte durante um longo período de tempo enquanto curavam suas feridas para que Vargo ficasse vivo o máximo de tempo possível e então voltavam a torturá-lo. Vargo perdeu as mãos e os pés, depois os braços e as pernas. As partes do corpo de Vargo, foram servidas como alimento para os prisioneiros Nortenhos em Harrenhal, incluindo Sor Wylis Manderly, bem como para o próprio Vargo. Eles diziam que eram pedaços de "cabra assada". [11]

Depois de refletir sobre como a vingança perdeu seu sabor, Sor Jaime Lannister joga a cabeça para seu escudeiro Peck e ordena que ele jogue no Olho de Deus, não aprovando a crueldade de Sor Gregor Clegane. Jaime se pergunta se os prisioneiros sabem o que lhes foi servido como alimento, mas decide que é melhor saber. Quando ele observa o quão gordo está Sor Wylis Manderly mesmo após seu cativeiro, ele conclui que o homem tinha muito "cabra assada".[11] Raff, o Querido tomou a corrente de moedas que outrora pertencera a Vargo Hoat.[11]

Citação

Citações de Vargo Hoat

Regifida .. Vofê é meu catifo. [2]
Vargo Hoat para Sor Jaime Lannister

Citações sobre Vargo Hoat

Hoat é mais astuto do que parece. Nenhum homem comanda por muito tempo uma companhia como os Bravos Companheiros, a menos que tenha alguns miolos [3]
— Conversa entre Sor Jaime Lannister e Lorde Roose Bolton

Sobre a página

Esta página utiliza conteúdo baseado em Vargo Hoat, um artigo de A Wiki Of Ice And Fire.

Referências