Ações

A Dança dos Dragões - Capítulo 22

Tyrion VI
Capítulo de A Dança dos Dragões
A Dança dos Dragões.jpg
PDVTyrion Lannister
LocalSelhorys, Cidades Livres, Essos
Página241-254 PT-BR Leya (Outras versões)
Cena. (Série HBO)
Cronologia dos capítulos (Todos)
Tyrion V
Jon V ← Tyrion VI → Daenerys IV

Tyrion VII

Tyrion convence Jovem Griff a ir direto para Westeros. Ele é sequestrado por Jorah.

Resumo

Tyrion está sonhando com seu pai e com o Senhor da Mortalha, o Príncipe dos Sofrimentos, líder dos Homens de Pedra. No sonho, os dois são a mesma pessoa. Ele acorda com a boca seca, sentindo o gosto de sangue, e com o coração acelerado.

Tyrion descobre que depois da luta com os Homens de Pedra ele foi salvo por Jon Connington, e que o príncipe proibiu a tripulação de atirá-lo na água, quase morto. Tyrion é tratado com vinagre, para reduzir o risco de uma infecção por escamagris.

Príncipe Aegon também está a bordo e irritado com tudo; no entanto, seus companheiros insistem em mantê-lo seguro, já que Selhorys, onde a Donzela Tímida está ancorada, teme o ataque de um khalasar dothraki que está se aproximando, e eles não querem ficar no meio do caos. Para passar o tempo, Tyrion convence Aegon a jogar um bom cyvasse com ele, usando isso como uma oportunidade para conseguir informações do garoto. Aegon pergunta a Tyrion sobre seu verdadeiro pai, mas Tyrion não tem muito o que dizer sobre ele, já que só viu Rhaegar uma ou duas vezes antes da Rebelião de Robert, e era apenas um menino escondido em Rochedo Casterly quando o Rhaegar morreu no Tridente.

Aegon revela que a criança morta por Gregor Clegane durante o Saque a Porto Real foi uma criança que Varys comprou na Curva do Mijo, e usou para substituir Aegon no berço. Depois do Saque, Varys levou o bebê para Illyrio Mopatis, do outro lado do Mar Estreito, e Mopatis cuidou da educação de Aegon. Tyrion brinca que isso dará uma boa canção quando ele retornar a Westeros, presumindo que Daenerys Targaryen aceite o rapaz como seu consorte.

Aegon fica aturdido com isso, pois claramente nunca havia considerado a possibilidade de ser rejeitado por Daenerys. Tyrion aponta que ela é uma mulher determinada, orgulhosa e feroz, que dificilmente apreciaria um sobrinho que fosse mendigar a ela. Especialmente se o sobrinho em questão tiver uma pretensão maior ao Trono de Ferro. Aegon furiosamente nega ser um pedinte, afirmando que seu exército é a Companhia Dourada. Tyrion responde que Daenerys tem um exército maior que o de Aegon, e que não deve nada à ele. Aegon protesta, confiante de que Lorde Connington poderá convencê-la. Tyrion o chama de tolo, e oferece o seguinte conselho:

“Talvez você devesse ser o bobo no meu lugar. Não acredite em ninguém, meu príncipe. Nem no seu meistre sem correntes, nem em seu falso pai, nem no galante Pato, nem na adorável Lemore, nem nesses outros amigos que o viram crescer. E, acima de tudo, não acredite no queijeiro, nem na Aranha, nem nessa pequena rainha dragão com quem quer casar. Toda essa desconfiança vai azedar seu estômago e deixá-lo acordado durante a noite, é verdade, mas é melhor do que o longo sono que não tem fim.”

Tyrion então sugere um curso de ação diferente: Ir para Westeros ao invés do leste, chegar por Dorne e tirar vantagem de todos os problemas causados pela Guerra dos Cinco Reis. No Norte só existe caos, as terras fluviais estão devastadas, enquanto Stannis mantem Ponta Tempestade e Pedra do Dragão. O inverno vai matar todos de fome. Tommen é apenas um menino e todos os potenciais regentes só querem saber de seus próprios problemas. Jaime Lannister rejeitará governar, Kevan Lannister é nascido para seguir líderes, ele só tomará o poder se alguém mandar. Mace Tyrell terá uma dura luta com os Lannisters para ter o poder e a falta de popularidade do Stannis o transforma em uma opção pouco viável. Isso nos deixa com apenas um candidato: Cersei.

Tyrion tira um barato da habilidade da irmã em governar e garante que sua paranoia e impaciência vai desfazer todas as alianças que seu pai conseguiu. E que uma boa saída, seria Aegon agir rápido o suficiente para pegar todos nesse caos antes que alguém mais competente tome o lugar da sua irmã.

Aegon não acredita muito nesse plano sem um dragão, mas Tyrion diz que ele não precisa conquistar os sete reinos, apenas conquistar algumas vitórias, não agindo como um pedinte, mas sim como um verdadeiro herdeiro da Casa Targaryen. Quando isso acontecer Daenerys vai o conhecer como um igual! Tyrion tenta convencer que ela voaria para seus braços no final.

Mais tarde, Haldon e Tyrion vão em busca de informação onde eles descobriram que a Daenerys ainda não deixou Meereen e que um Alto Sacerdote do Deus Vermelho chamado Benerro está dando suporte à Dany dizendo que Volantis será destruida se a cidade não a apoiar. Outra coisa que descobrem, é que Khal Pono está a caminho de Volantis.

Tyrion convence Haldon a deixá-lo num bordel onde ele espera encontrar Tysha, mas lá ele é encontrado por um homem que aparenta ser de Westeros e que o toma como prisioneiro dizendo que irá o entregar a Rainha.

Links externos

Sobre a página