Alys Rivers

De Gelo e Fogo wiki
Ir para navegação Ir para pesquisar

 

Targaryen.png
Alys Rivers
Targaryen.png
Alys Rivers Aemond Targaryen.jpeg
Alys Rivers e Aemond Targaryen, por naomimakesart ©.
Apelido(s) Rainha bruxa[1]
Rainha Bruxa de Harrenhal[1]
Lealdade Casa Strong
Casa Targaryen
Verdes
Cultura Homens dos Rios
Esposa(o) Príncipe Aemond Targaryen (alegadamente)
Filho(a) Crianças natimortas[2]
Um filho [1] (alegadamente)
Nascimento Em ou antes de 89 d.C.[3]
Outros livros
Mencionada
Mencionada

Alys Rivers foi uma bastarda serva da Casa Strong e companheira de cama do Príncipe Aemond Targaryen.[2] Ela supostamente tinha visões em chamas, habilidade semelhante a exibida por alguns sacerdotes vermelhos de R'hllor.[4]

Aparência

Veja também: Imagens de Alys Rivers

Alys tinha longos cabelos negros.[4] Diz-se que ela parecia mais jovem do que realmente era.[2]

História

Origem

De acordo com o Grande Meistre Munkun e Septão Eustace, Alys era uma bastarda fruto de um relacionamento de Lorde Lyonel Strong com uma mulher desconhecida quando ele era jovem. Munkun afirma que Alys era uma servente com interesse em poções, enquanto Eustace afirma que ela era uma bruxa da floresta. Já o bobo da corte Cogumelo, afirma que Alys era de uma geração mais velha e que serviu como ama de leite aos filhos de Lyonel, Harwin e Larys , e possivelmente até para Lyonel. Cogumelo escreveu que Alys era uma feiticeira que se banhava no sangue de donzelas para permanecer jovem. Seus próprios filhos nasceram mortos.[2]

A Dança dos Dragões

Alys tinha pelo menos quarenta anos de idade durante a Dança dos Dragões, embora parecesse mais jovem. Ela sobreviveu ao assalto a Harrenhal pelo príncipe Daemon Targaryen e os negros.[2]

Depois que os verdes retomaram Harrenhal, o Príncipe Aemond Targaryen ordenou a morte dos membros restantes da Casa Strong no castelo. O cavaleiro de dragão poupou a vida de Alys, entretanto, e tomou a mulher mais velha como sua companheira de cama.[5] Quando informada da derrota dos verdes na Batalha nas margens do lago, Alys evitou que um enfurecido Aemond estrangulasse o escudeiro que trouxe a mensagem a Harrenhal. Eustace discorda da afirmação de Cogumelo de que Alys usou poções para atrair Sor Criston Cole, Senhor Comandante da Guarda Real e o Mão do Rei, além de Aemond.[5]

Criston marchou para o sul ao longo do Olho de Deus e Aemond começou a queimar as terras fluviais com Vhagar. Quando Lady Sabitha Frey tomou Harrenhal indefesa, ela encontrou apenas Alys dentro. A ama de leite afirmou estar grávida de um filho de Aemond. Alys eventualmente escapou com Aemond quando o príncipe voltou para Harrenhal e expulsou Sabitha.[5]

Quando o Príncipe Aemond voou de volta para Harrenhal para lutar contra o Príncipe Daemon e Caraxes, ele levou a grávida Alys com ele. Aemond disse a Daemon que foi Alys quem disse a ele onde encontrá-lo, quando ela teve uma visão nas chamas.[4] Aemond deixou Alys no chão, beijando-a uma última vez, antes que Vhagar e Caraxes se transformassem em um no céu acima do Olho de Deus com seus dragões. A grávida Alys assistiu à Batalha acima do Olho de Deus que se seguiu no topo da Torre da Pira do Rei em Harrenhal. Aemond e Daemon foram ambos mortos em seu duelo em 130 d.C..[5]

Rainha Bruxa

Em 132 d.C. durante a regência de Aegon III, um número grande de homens quebrados e bandidos começaram a se reunir em Harrenhal sob o governo de uma rainha feiticeira. Sor Tyland Lannister, a Mão do Rei, tinha o dever de retomar o castelo. Com auxílio de Sor Regis Groves da Guarda Real e Sor Damon Darry, marcharam para Harrenhal com cem homens. A suposta rainha bruxa foi revelada ser Alys, que alegou ser a viúva do príncipe Aemond Targaryen. Ela apresentou um menino como seu filho legítimo e o rei legítimo, em desafio a Aegon III Targaryen. Sor Regis morreu abruptamente após insultar Alys. Alguns afirmam que ela usou magia para estourar seu crânio, enquanto outros afirmam que ele foi morto por besteiros. A turba de Alys então cavalgou de Harrenhal e oprimiu os homens do rei, com Damon liderando trinta e dois homens de volta ao Castelo Darry.[1]

Alys enviou um lealista capturado a Darry como mensageiro no dia seguinte. O sobrevivente alegou que havia sido amaldiçoado por Alys para que morresse se alguém risse de sua história. Ele disse que Alys o havia instruído que qualquer homem que se aproximasse de Harrenhal sem se submeter aos seus ocupantes morreria. O homem também insistiu que tinha visto um dragão dentro do castelo. Apesar da garantia de Damon de que ninguém riria da história do mensageiro, um curioso o fez. O mensageiro então morreu sufocado em instantes, com alguns dizendo que viram as marcas dos dedos de uma mulher em sua garganta. Lorde Unwin Peake não acreditou em Damon quando ele falou sobre dragões e magia, e os regentes concluíram que precisariam reunir uma força maior para recapturar Harrenhal. No entanto, seus planos foram interrompidos pela Febre do Inverno em 133 d.C..[1]

Citações por Alys


O bastardo do dragão está dentro de mim. Sinto suas chamas lambendo meu útero.[5]
—— Alys para Sabitha Frey



Alys: Ajoelhe-se perente seu rei.

Regis: Eu não me ajoelho para bastardos, menos ainda o filhote ilegítimo de um assassino de parentes e de uma vaca leiteira.[1]

—— Alys e Regis Groves

Citações sobre Alys


Ela era na verdade uma bruxa que se deitava com demônios e gerava filhos mortos como pagamento pelo conhecimento que eles lhe davam? Era só uma vagabunda de pouca inteligência, como Eustace acredita? Uma devassa que usava seus venenos e poções para atrair homens para si, de corpo e alma?[2]
—— escritos de Gyldayn



Daemon: Quem lhe disse onde me encontrar?

Aemond: Minha senhora. Ela o viu em uma nuvem de tempestade, em um lago de montanha ao entardecer, na fogueira que acendemos para cozinhar nosso jantar. Ela vê muito, minha Alys. [5]

Família

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Strong
desconhecido
 
Esposa
desconhecida
 
Simon
 
Esposa
desconhecida
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Mulher
desconhecida
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Lyonel
 
3 esposas
 
Strong
desconhecido
 
Desconhecido
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Homem
desconhecido
 
Alys Rivers
[Note 1][Note 2]
 
Aemond
Targaryen
 
Harwin
 
Larys
 
2 filhas
 
Netos
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Crianças
natimortas
 
Filho
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Notas:
  1. Tanto o Grande Meistre Munkun e Septão Eustace acreditavam que Alys Rivers era a filha bastarda de Lorde Lyonel Strong.
  2. Em 132 d.C., Alys afirmou ter se casado com o Príncipe Aemond antes de sua morte.


Referências

  1. 1,0 1,1 1,2 1,3 1,4 1,5 Fogo & Sangue, Sob os regentes: A Mão encapuzada.
  2. 2,0 2,1 2,2 2,3 2,4 2,5 Fogo & Sangue, A morte dos dragões: Um filho por um filho.
  3. Veja o cálculo de Alys Rivers.
  4. 4,0 4,1 4,2 A Princesa e a Rainha.
  5. 5,0 5,1 5,2 5,3 5,4 5,5 Fogo & Sangue, A morte dos dragões: Rhaenyra triunfante.