Ações

Larys Strong

Strong.png
Larys Strong
Strong.png
Larys Strong-Os Verdes-by Enife.png
Larys Pé Torto, por Enife ©.
Apelido(s) Larys Pé Torto
O Pé Torto
Título Senhor de Harrenhal
Mestre dos Sussurros
Senhor Confessor
Lealdade Casa Strong
Os Verdes
Cultura Terras Fluviais
Nascimento Em 91 d.C. ou antes
Morte Em 131 d.C., em Porto Real
Outros livros
Mencionado
Mencionado
Mencionado
Mencionado

Lorde Larys Strong, também conhecido como Larys Pé Torto, foi o chefe da Casa Strong e o senhor de Harrenhal, servindo ainda como Mestre dos Sussurros durante o reinado dos reis Viserys I e Aegon II Targaryen.[1][2]

Aparência e Personalidade

O Pé Torto raramente falava, preferia ouvir. Quando falava, era descuidado ou compartilhava palavras de grande importância. Tal como acontece com a maioria dos mestres do sussurros, ele era enigmático e astuto.[1]

História

Em 105 d.C., Larys foi levado a corte pelo pai, Lorde Lyonel Strong, ao lado de seu irmão mais velho, Harwin, e duas irmãs. Larys juntou-se aos confessores do rei Viserys I Targaryen,[3] uma posição que ele ainda detinha em 120 d.C..[4]

Em 120 d.C., O pai de Larys e irmão mais velho morreram em um incêndio em Harrenhal, deixando Larys para herdar o assento de seu pai, e seu título. Embora a causa do incêndio nunca tenha sido determinada, uma das sugestões apresentadas foi a de que Larys havia causado o incêndio.[3][4][5] Outros culpados sugeridos foram o Príncipe Daemon Targaryen, Lorde Corlys Velaryon, o próprio Rei Viserys I, e a maldição de Harren Negro.[3][4]

Larys tornou-se Senhor Confessor e mestre dos sussurros em 129 d.C., quando o Rei Viserys I morreu. Larys era parte da facção dos verdes na corte e deu seu apoio ao rei Aegon II Targaryen durante a Dança dos Dragões. Quando a meia-irmã mais velha de Aegon II Rhaenyra tomou Porto Real em 130 d.C., Larys escapou da captura ao lado do Rei Aegon II, que ainda estava se recuperando de ferimentos graves, e dos dois filhos restantes do rei, Maelor e Jaehaera. Eles fugiram da Fortaleza Vermelha através de uma passagem secreta que os levou para fora da cidade.[1] Larys insistiu que o grupo se separasse. Ele ordenou que dois irmãos juramentados da Guarda Real de Aegon II os assegurassem: Primeiramente, Sor Rickard Thorne levaria o Príncipe Maelor para Lorde Lyonel Hightower em Vilavelha, e depois Sor Willis Fell faria a escolta da Princesa Jaehaera ao Lorde Borros Baratheon em Ponta Tempestade. Enquanto isso, o Rei Aegon usaria disfarce de um plebeu e seria enviado para Pedra do Dragão sob cuidados do cavaleiro bastardo, Sor Marston Waters, acreditando que sua própria fortaleza seria o último lugar que Rhaenyra Targaryen pensaria em procurar por seu irmão.[1][6]

Após o envenenamento do Rei Aegon II Targaryen, Larys foi uma das vinte e duas pessoas acusadas e posteriormente presas pelo assassinato do rei por Lorde Cregan Stark. Durante o Julgamento do Lobo, Lorde Cregan presidiu o julgamento de Larys. Larys escolheu a morte na Muralha e foi posteriormente executado. Como ele era o último de sua linha, sua morte pôs fim a Casa Strong.[7]

Citações

"Um homem que coleciona sussurros também pode espalhá-los." [8]
— Anotações de Cogumelo

Referências

  1. 1,0 1,1 1,2 1,3 A Princesa e a Rainha.
  2. Fogo & Sangue, Herdeiros do dragão: Uma Questão de Sucessão.
  3. 3,0 3,1 3,2 O Príncipe de Westeros.
  4. 4,0 4,1 4,2 O Mundo de Gelo e Fogo, Os Reis Targaryen: Viserys I.
  5. O Mundo de Gelo e Fogo, Os Sete Reinos: As Terras Fluviais, Casa Tully.
  6. O Mundo de Gelo e Fogo, Os Reis Targaryen: Aegon II.
  7. O Mundo de Gelo e Fogo, Os Reis Targaryen: Aegon III.
  8. Fogo & Sangue, A Morte dos Dragões - Rhaenyra Triunfante.


Sobre a página

Esta página utiliza conteúdo baseado em Larys Strong, um artigo de A Wiki Of Ice And Fire.