Batalha de Pouso de Gralhas

De Gelo e Fogo wiki
Ir para: navegação, pesquisa
Batalha de Pouso de Gralhas
Sunfyre Vs Meleys by Jordi González.jpg
Aegon II Targaryen e Sunfyre sendo gravemente feridos por Rhaenys Targaryen e Meleys, imagem feita por Jordi Gonzales Escamilla em O Mundo de Gelo e Fogo.
Conflito Dança dos Dragões
Data 129 d.C.
Local Pouso de Gralhas
Resultado Vitória dos Verdes
Beligerantes
Verdes Negros
Comandantes
Sor Criston Cole
Rei Aegon II (ferido)
Príncipe Aemond
Lorde Staunton
Rhaenys Targaryen
Meleys
Forças
Milhares de soldados
Sunfyre
Vhagar
+ 100 soldados
Meleys
Baixas
~ 800 mortos pelo menos 100 mortos

A Batalha de Pouso de Gralhas foi um combate que aconteceu nas Terras da Coroa durante a Dança dos Dragões.

Prelúdio

Sor Criston Cole, o Senhor Comandante da Guarda Real e novo Mão para o rei Aegon II Targaryen, desenharam uma estratégia mais agressiva do que a Mão anterior, Sor Otto Hightower. As forças de Criston, os Verdes, saquearam Valdocaso e planejaram uma armadilha para os Negros no Pouso de Gralhas.

Lorde Staunton fechou os portões de Pouso de Gralhas, mas não conseguiu impedir que os homens de Criston queimassem os campos e matassem o povo comum e o gado da região. Staunton então enviou um corvo para Pedra do Dragão, pedindo ajuda para a rainha Rhaenyra Targaryen.[1]

A Batalha

Nove dias após a mensagem, Rhaenys Targaryen, a Rainha que Nunca Foi, e seu dragão, Meleys, a Rainha Vermelha, chegaram a Pouso de Gralhas para ajudar Lorde Staunton. Contudo, Criston estava preparado e posicionou arqueiros e escorpiões para disparar contra Meleys. Isso, porém, não deu muito certo e Meleys queimou os homens de Criston.

Meleys foi então atacado pelo dragão Sunfyre montado pelo rei Aegon II Targaryen, apoiado por Vhagar montado pelo príncipe Aemond Targaryen. O combate aéreo entre os dois dragões dos Verdes e o dos Negros viu a morte de Rhaenys e Meleys. Contudo, Aegon sofreu severas queimaduras, enquanto o seu dragão, Sunfyre, também foi muito machucado por Meleys.

Após as mortes de Rhaenys e Meleys em combate, Aemond, Criston e os sobreviventes das tropas dos Verdes tomaram Pouso de Gralhas e mataram Lorde Staunton e toda a sua guarnição de 100 soldados, porém sofreram também pesadas baixas no processo.[1]

Consequências

A perda de Rhaenys Targaryen e seu dragão, Meleys, foram duros golpes para os Negros. O marido de Rhaenys, Corlys Velaryon, ficou enfurecido e e culpou a morte da sua amada na rainha Rhaenyra Targaryen, afirmando que se ela tivesse mandado seus filhos e dragões para dar apoio, sua esposa ainda estaria viva. As cabeças de Lorde Staunton e Melys foram levadas a Porto Real.

Sor Criston Cole perdeu pelo menos 800 soldados (boa parte de sua tropa). O rei Aegon II Targaryen ficou incapacitado devido aos seus ferimentos por quase um ano; o príncipe Aemond Targaryen se tornou regente enquanto o rei se recuperava. O dragão de Aegon, Sunfyre, foi deixado para trás ferido no campo de batalha e foi morto e sua carne usada como comida. Lorde Walys Mooton, eventualmente, retomaria Pouso de Gralhas para os Negros, mas depois foi morto por Sunfyre.[1]

Referências