Criston Cole

De Gelo e Fogo wiki
Ir para: navegação, pesquisa
Cole.png
Criston Cole
Guarda Real.png
CristonCole.png
Arte por Enife
Apelido(s) O Fazedor de Reis
Título Sor
Senhor Comandante da Guarda Real
Mão do Rei
Lealdade Casa Cole
Guarda Real
Os Verdes
Morte Em 130 d.C., em sul do Olho de Deus
Livro(s) The Rogue Prince (Mencionado)
Mencionado
Outros livros
Mencionado
Mencionado

Sor Criston Cole era o Senhor Comandante da Guarda Real à época da morte do Rei Viserys I Targaryen e convenceu seu filho, Aegon a assumir o governo dos Sete Reinos, desafiando o desejo de Viserys, que queria que sua filha, a Princesa Rhaenyra Targaryen, o sucedesse. Isso fez eclodir a Dança dos Dragões, uma guerra civil entre Aegon II e Rhaenyra. O ato de Criston o tornou conhecido na História como o Fazedor de Reis.

História

Veja também: Imagens de Criston Cole

Os motivos para Criston ter apoiado Aegon II permanecem obscuros: alguns dizem que ele agiu por ambição, já que Aegon era mais manipulável do que sua voluntariosa meia-irmã Rhaenyra, o que poderia ser comprovado com o fato de Aegon II ter feito de Sor Criston sua Mão do Rei. Também dizem que Cole teve um caso com Rhaenyra; antes de ele vestir o manto branco da Guarda Real, ele usou o favor dela no torneio de 111 d.C., no qual derrubou do cavalo Sor Gwayne Hightower, irmão mais jovem da principal rival da Princesa Rhaenyra, a Rainha Alicent Hightower. O caso dos dois teria terminado mal, adicionando uma dimensão pessoal ao conflito. Outros alegam que o motivo de Cole baseava-se apenas em defender o antigo costume ândalo no qual os direitos de herança cabiam ao filho masculino primogênito. De qualquer forma, muitos lordes sabiam do desejo do Rei Viserys de que Rhaenyra o sucedesse, e eles a apoiaram na guerra civil.

Durante o encontro do pequeno conselho após a morte do rei, Cole degolou Lorde Lyman Beesbury, o único membro do conselho que falou pela Princesa Rhaenyra ao invés do Príncipe Aegon. O restante dos membros eram Verdes. Criston posteriormente coroou Aegon II com a coroa de aço e rubi de Aegon, o Conquistador. Rhaenyra, em Pedra do Dragão, se recusou a aceitar a coroação de Aegon, no entanto, iniciando um conflito armado que envolveu todos os Sete Reinos e ficou conhecido como Dança dos Dragões.

A inércia de sua Mão e avô, Sor Otto Hightower, permitiu que os Negros reunissem suas forças, de modo que Aegon II decidiu destituí-lo do cargo para colocar Sor Criston Cole no lugar. Tomando a ofensiva, Cole tomou rapidamente Valdocaso e Pouso de Gralhas, cercando o último. Quando a Princesa Rhaenys tentou levantar o cerco, ele a enfrentou com bravura até a chegada do Rei Aegon II e do Príncipe Aemond Targaryen. Os dois venceram a Princesa, mas o Príncipe Aemond teve de substituir Aegon II devido aos ferimentos deste, tornando-se Protetor do Território e Príncipe Regente. Criston permaneceu como Mão.

Aemond e o Fazedor de Reis lideraram um exército de 4.000 Verdes de Porto Real para retomar o castelo de Harrenhal nas Terras Fluviais, que era mantido pelo Príncipe Daemon Targaryen. Astuto, Daemon esvaziou o castelo antes que Criston e Aemond chegassem. Após ouvir sobre a derrota dos Lannister na Batalha da Margem do Lago, Aemond decidiu incendiar as Terras Fluviais enquanto Cole marchou com seus 3.600 homens restantes para o sul, atravessando as praias ocidentais do Olho de Deus, querendo se juntar ao exército de Lorde Ormund Hightower. No entanto, as forças do Fazedor de Reis foram emboscadas pelos Lobos do Inverno e pelos cavaleiros das Terras Fluviais no sul do Olho de Deus, e ele morreu na batalha subsequente.

Eventos recentes

Info Aviso: Esta seção contém revelações sobre o enredo (spoilers).

O Festim dos Corvos

Tentando atrair Sor Arys Oakheart em sua conspiração para coroar Myrcella Baratheon, Arianne Martell disse que Lorde Anders Yronwood era Criston Cole renascido.

Enquanto mostrava a Sor Loras Tyrell o Livro Branco da Guarda Real, o Senhor Comandante Jaime Lannister mencionou o polêmico Criston Cole.

Citações

Que os Sete salvem este reino se um bastardo se sentar no Trono de Ferro. Eles transformarão a Fortaleza Vermelha num bordel. Nenhuma filha estará a salvo, nenhuma esposa. Nem mesmo os garotos… nós sabemos o que Laenor foi.”
— Sor Criston Cole declarou ao Pequeno Conselho, logo após a morte do Rei Viserys I Targaryen.

Citações sobre Criston

Minha nova Mão é uma manopla de aço.
— Rei Aegon II Targaryen, logo após nomear Sor Criston Cole sua nova Mão do Rei.