King of the Narrow Sea

De Gelo e Fogo wiki
Ir para navegação Ir para pesquisar

 

"King of the Narrow Sea"
Rhaenyra Episodio 1-4.png
Episódio # Temporada 1
Episódio 4
Lançamento 11 de Setembro de 2022
Créditos
Roteiro Ira Parker
Direção Clare Kilner
Duração 63 minutos
Cronologia dos Episódios
← Anterior Próximo →
"Second of His Name" "We Light the Way"
Lista completa de episódios

"King of the Narrow Sea" é o quarto episódio da série de televisão de fantasia medieval da HBO, House of the Dragon. O tempo de execução é de 63 minutos. É escrito por Ira Parker, e dirigido por Clare Kilner. A música foi composta por Ramin Djawadi.

Sinopse oficial

Após Rhaenyra encurta sua turnê por Westeros, Daemon apresenta a princesa a Rua da Seda na calada da noite.[1]

Enredo

Artigo(s) principal(is): Diferenças entre Fogo & Sangue e House of the Dragon

Rhaenyra viaja para Ponta Tempestade, onde, sob a orientação do lorde Boremund Baratheon, ela encontra e rejeita inúmeros pretendentes. Ela retorna a Porto Real assim que o Príncipe Daemon chega dos Degraus em seu dragão, Caraxes. Na sala do trono, na presença do Rei Viserys, Daemon afirma que foi nomeado "Rei dos Degraus e do Mar Estreito" mas ele renuncia esta posição e se submete a Viserys, removendo sua coroa e se ajoelhando perante o seu rei. Enquanto os irmãos reunidos comemoram em um banquete, a rainha Alicent confidencia sua solidão a Rhaenyra, que sente falta de sua amizade. Mais tarde naquela noite, Rhaenyra, disfarçada de menino, foge com Daemon para explorar Porto Real; eles bebem álcool, assistem a uma peça obscena e visitam um bordel. Daemon seduz Rhaenyra e os dois começam a engajar em um ato sexual, mas Daemon abruptamente abandona Rhaenyra. Retornando para a Fortaleza Vermelha, Rhaenyra seduz Sor Criston Cole.

Enquanto isso, os espiões de Sor Otto Hightower informam ele sobre os atos de Daemon e Rhaenyra. Alicent ouve a conversa entre Sor Otto e o Rei. Ela questiona em particular Rhaenyra, que nega ter feito sexo com Daemon. O rei confronta com raiva Daemon, que aparentemente confirma as acusações e propõe que ele se case com Rhaenyra. Viserys diz que Daemon só quer sua filha em casamento porque cobiça o Trono de Ferro para si e então exila seu irmão de volta para o Vale. Para evitar um grande escândalo, Viserys ordena que Rhaenyra se case Sor Laenor Velaryon e ela aceita. Em seguida, o rei dispensa Sor Otto do cargo de Mão, sentindo que Otto sempre o manipulou para seu próprio ganho pessoal. Pouco depois, o rei envia o Grande Meistre Mellos para o quarto de Rhaenyra e dá um chá abortivo por precaução.

Elenco convidado


Recepção

Audiência

De acordo com a revista Variety, a audiência total do quarto episódio de House of the Dragon foi 5% maior em comparação ao terceiro episódio no seu dia de estreia.[2]

Crítica

No site agregador de resenhas Rotten Tomatoes, o episódio recebeu um índice de aprovação de 87% baseado em 111 críticas, com uma nota média de 7,6/10. O consenso do site diz, "Tornando a visualização familiar profundamente desconfortável, "King of the Narrow Sea" troca as chamas de dragão por ligações perigosas e percorre um longo caminho para aprofundar a rede de intrigas de House of the Dragon".[3]

Escrevendo para o site GamesRadar+, Molly Edwards deu ao episódio uma nota 4,5 estrelas (de 5), afirmando: "Após o espetáculo deslumbrante e horrível da semana passada, 'King of the Narrow Sea' é um retorno ao que esta série faz tão bem: jogo sinuoso jogando com motivações ocultas. O episódio habilmente deixa todos os membros do elenco principal em uma situação impossível no momento em que os créditos rolam".[4] Alec Bojalad, do site Den of Geek, deu ao episódio 4 de 5 estrelas, escrevendo que "a abordagem da série ao tempo continua sendo uma faca valiriana de dois gumes. House of the Dragon faz tantas pequenas coisas bem que você gostaria de ter mais tempo para satisfazê-las".[5] Numa crítica escrita para o site The Telegraph, Michael Deacon também deu ao episódio 4 de 5 estrelas e afirmou que este era "o melhor episódio da série até agora".[6]

Jenna Scherer, do The A.V. Club, deu ao episódio uma nota "B+", elogiando o roteiro de Ira Parker, a direção de Clare Kilner, a música de Ramin Djawadi e as performances de Matt Smith e Milly Alcock. Além disso, para Parker e Kilner, Scherer afirmou que os dois criaram com sucesso "uma narrativa e um impulso emocional que House Of The Dragon tem faltado muito. É tenso, sexy, inteligente e até, ouso dizer, divertido".[7] Helen O'Hara, escrevendo para a IGN, chamou o episódio de "Bom", dando uma nota de 7 de 10, afirmando: "Este episódio mais tranquilo, quase sem ação, é mais uma vez focado em questões dinásticas e 'sexposition' após a ação da semana passada. É bem feito, filmado e ritmado, mas seus personagens infelizes e egoístas precisam de um pouco de fermento se quiserem alcançar as alturas de Game Of Thrones". Ela também elogiou a escrita, os valores de produção e as performances dos atores, particularmente a de Paddy Considine.[8] Jeremy Egner, do The New York Times, deu um parecer positivo ao episódio, elogiando as performances dinâmicas na tela de Considine e Alcock.[9]

Links Externos

Referências

  1. HBO.com: House of the Dragon Season 1
  2. "House of the Dragon' Viewership Up 5% With Episode 4". Variety. Página acessada em 14 de setembro de 2022.
  3. "House of the Dragon: Season 1, Episode 4". Rotten Tomatoes. Página acessada em 14 de setembro de 2022.
  4. "House of the Dragon episode 4 review: 'Weaves a tangled web'" Games Radar. Página acessada em 13 de setembro de 2022.
  5. "House of the Dragon Episode 4 Review: King of the Narrow Sea". Denofgeek.com. Página acessada em 13 de setembro de 2022.
  6. "House of the Dragon, episode 4, review: finally, it has some red-hot fire in its belly". The Telegraph. Página acessada em 13 de setembro de 2022.
  7. "House Of The Dragon plays a brilliantly nasty little trick on us". The A.V. Club. Página acessada em 13 de setembro de 2022.
  8. "House of the Dragon - Episode 4 Review". IGN. Página acessada em 13 de setembro de 2022.
  9. "'House of the Dragon' Season 1, Episode 4 Recap: The Full Targaryen". The New York Times. Página acessada em 13 de setembro de 2022.